Curiosidades

Antonio Paiva Rodrigues

“O rio tem um caminho, um ponto de chegada. Esse ponto de chegada determina o sentido de correr das águas, a direção na qual o rio se move. Pessoas também precisam de um sentido para sua vida. Quem não para que vive, acaba vivendo muito mal, mesmo quando parece que tem tudo”.

(Dom Helder Câmara).

A qualidade de vida de cada pessoa depende da educação. Educar significa desenvolver-se, expor as capacidades de cada um. Sendo o objetivo, o que de há mais importante e nele enquadramos a ajuda, pois ajudar cada um a viver e a conviver, numa vida repleta de construções positivas, só eleva. Os que entendem de educação afirmam que este processo três fatores são primordiais: Limites, Afeto e Independência.

Limites: a experiência mostra que crianças e adultos que crescem sem respeitar limites, sem reconhecer o certo e o errado, não são felizes nem criam um excelente ambiente em volta. Afeto: todos nós podemos nos tornar melhores e ter mais vontade de fazer o que é bom quando somos amados, quando há quem valorize o que somos e realizamos. Mas amar não é satisfazer todos os desejos de uma pessoa, é querer o seu bem e felicidade em todas situações. Independência: cada ser deve aprender a tomar decisões próprias, escolher seus caminhos, de acordo com o nível de maturidade de cada fase da vida. Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razoes para viver.

Deus: toda e qualquer tentativa de elucidar a magna questão da Divindade redunda sempre inócua, senão infrutífera, traduzindo esse desejo à vã presunção humana, na incessante faina de tudo definir e entender. “Onde se pode encontrar a prova da existência de Deus? Num axioma que aplicais às vossas ciências. Procure a causa de tudo o que não é obra do homem e a vossa razão responderá”. Para crê-se em Deus, basta se lance o olhar sobre as obras da criação. O universo existe, logo tem uma causa.

Duvidar da existência de Deus é negar que todo efeito tem uma causa e avançar que o nada pode fazer alguma coisa.(Allan Kardec).

Universo: É de todos os tempos o empenho audacioso do homem, no sentido de interpretar o Universo, entender o mecanismo das galáxias, e, da vida, no campo da forma. Anaxágoras, quinhentos anos antes de

Jesus cristo, informava que “tudo quanto vemos é uma visão do invisível”, introduzindo nos seus estudos filosóficos o espírito, e facultando às elucubrações do pensamento seguro dados para observações rigorosas no campo da forma. “É dado ao homem conhecer o principio das coisas? “Não, Deus não permite que ao homem tudo seja revelado neste mundo”. “Penetrará o homem um dia o mistério das coisas que lhes são ocultas? “O véu se levanta a seus olhos, à medida que ele se depura; mas, para compreender certas coisas, são-lhe precisas faculdades que ainda não possui”. “Não pode o homem, pelas investigações cientificas, penetrar alguns dos segredos da Natureza. “A ciência lhe foi dada para seu adiantamento em todas s coisas; ele, porém, não pode ultrapassar os limites que Deus estabeleceu”.

Do mesmo modo, o Universo, nascido do Eterno, remonta aos períodos inimagináveis do infinito, ao Fiat lux! Do inicio.

Espírito: Individualidades inteligentes, incorpóreas, que povoam o Universo criado por Deus independente da matéria. Prescindindo do mundo corporal, agem sobre ele, e, corporificando-se através da carne, recebem estímulos, transmitindo impressões, em intercâmbio expressivo e continuo.

Perispírito: Parte essencial do complexo humano o perispírito ou psicossoma se constitui de vários fluidos que se agregam, decorrentes da energia universal primitiva de que se compõe cada Orbe, gerando uma matéria hiperfísica, que se transforma em mediador plástico entre o Espírito e o corpo físico. Graças a sua existência, a dualidade ancestral, Espírito e Matéria, se transformaram em organização trina, em considerando a essencialidade de que se faz objeto, na sustentação da vida vegetativa e orgânica, de que depende o soma, como veículo da alma, e, simultaneamente, pelas impressões que envia as centelhas encarnadas, que as transforma em aquisição valiosa, decorrente da marcha evolutiva.

“Somente faremos notar que no conhecimento do perispírito está a chave de inúmeros problemas até hoje insolúveis”.

Corpo Somático: genericamente, corpo é toda e qualquer quantidade de matéria, limitada, que impressiona os sentidos físicos, expressando-se em volume, peso etc. Aglutinação de moléculas; orgânicas e inorgânicas que modelam formas animadas ou não, ao impulso dos princípios vitais, anímicos e espirituais.

Viver são as mais diversas conceituações em torno do fenômeno da vida, variando de uns para outros autores, sempre ávidos de novas afirmações ou estribados em conquistas mais recentes. Morrer, a problemática da morte é decorrência do desequilíbrio biológico e físico-químico essenciais à manutenção da vida. Fenômeno de transformação, mediante o qual se modificam as estruturas constitutivas dos corpos que sofrem ação de natureza química, física e microbiana determinantes dos processos cadavéricos e abióticos, a morte é o veículo condutor encarregado de transferir a mecânica da vida de uma para outra vibração. Morrer não é consumir-se, o espírito se ausenta da sua condição de encarnado, para retornar à situação primeira da sua existência, despido do corpo material.

A vida começa a perecer desde o momento em que se agregam as células para a mecânica do viver. Os egípcios, conceituando ao corpo sob a paixão do imediato, transformaram em palácios, colocando tesouros e alimentos para os viandantes do vale das sombras não padecessem necessidades quando da volta.

A Arte e a Literatura, a Poesia e a Religião contribuíram incalculavelmente para tornarem a morte a megera desventurada, portadora da infelicidade e do horror. “Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente”.

“Ser jovem é ter de nascer a cada dia e embrulhar as fossas no celofane do não-faz-mal”. Quando alguém se sente angustiado e ameaçado de perder a alegria de viver, várias reações diferentes aparecem em seu corpo material.

Os que ficam agressivos, os passivos e os que têm uma reação positiva, olham a dificuldade, como um desafio para desenvolver suas melhores qualidades e busca o lado bom de tudo o que lhes acontece. Existem também os que querem fugir dos problemas, esquecer e qualquer maneira que eles existem. Caem nas drogas, na bebida, se prostituem e acabam criando problemas para si e para outrem.

Não se pode livrar um prisioneiro do cárcere enquanto ele não estiver consciente de que está na prisão.

Reencarnação: conhecida como palingenesia entre os povos da antiguidade e ora denominada Metensomatose pelos modernos investigadores, a reencarnação significa o retornar do espírito ao corpo tantas vezes quantas se tornem necessárias para o autoburilamento, libertando-se das paixões e adquirindo experiências superiores, sublimando as expressões do instinto ao tempo em que desenvolve a inteligência e penetra nas potencialidades transcendentes da intuição. É o renascimento do corpo físico. A mais excelente demonstração da Justiça Divina, em relação aos infratores das Leis, na trajetória humana, facultando-lhes a oportunidade de ressarcirem numa os erros cometidos nas existências passadas. “Se tens autodomínio e avanças pelo mundo controlando os teus sentidos, estás liberto de apegos e ódios e alcançarás a serenidade da mente.” Estas poucas mais oportunas verdades, estou repassando para os que gostam de estudar e conhecer o que é de mais valioso na vida do ser humano, o conhecimento. Não quero jamais ser o dono da verdade, porém gosto de fazer alguns esclarecimentos que são sempre oportunos e não custa nada aceitá-los.

Aceitar ou não, vai depender da consciência de cada um, somos imperfeitos criados simples e “ignorantes”, nem por isso deixaremos de ir buscar nossa evolução nos ensinamentos diários da vida, no convívio de nossos amigos, irmãos, família, nas escolas e universidades.

A evolução faz parte da vida hominal, ler e escrever são excelentes atributos que nos trazem excelentes benefícios, a ociosidade é uma praga para a humanidade, o homem ocioso sofre todas as mazelas do mundo. Vamos mudar, todo material está a nossa disposição, basta força de vontade e a compreensão do Pai Divino nos fortalecerá.