O Estudo do Evangelho no Lar

Antônio Devanir Leite

O diálogo, como instrumento de educação, sempre foi importante. Hoje, porém, é imprescindível como o ar que respiramos. O conceito de educação mudou. A imposição já não tem mais espaço. Os direitos de cada um têm que ser respeitado.

No clã familiar reina mais liberdade. Mas para que essa liberdade seja exercida com responsabilidade é preciso ter muito diálogo entre os componentes da família. Para facilitar essa tarefa os pais ou qualquer um do conjunto familiar pode implantar o estudo do Evangelho no Lar uma vez por semana. Este é um método didático de educar pessoas, tendo por Mestre Jesus e melhor ainda se suas lições forem interpretadas à luz da Doutrina Espírita. O estudo do Evangelho é facílimo.

A família, ou os interessados se aquietam, ainda que seja apenas uma pessoa em qualquer lugar da casa, faz-se uma prece, abre-se o Evangelho ao acaso ou em seqüência, tanto faz, lê-se um trecho e todos, de preferência, fazem, um por vez, uma reflexão sobre a leitura, procurando os conceitos aplicáveis às situações reais de hoje. Faz-se uma prece e encerra-se a reunião.

Este hábito nos traz oportunidades de reflexões inumeráveis, que pouco a pouco vão nos transformando para melhor. O grupo familiar ganha, a Sociedade ganha e o mundo ganha, porque a transformação do homem é a transformação do mundo.

Experimente e viva feliz.

(Publicado no Correio Fraterno do ABC Nº 365 de Junho de 2001)