A importância das palestras

Joaquim Ladislau Pires Júnior

Normalmente o primeiro contato com a Doutrina se dá através do livro, do passe ou das palestras. Todavia, é através da palestra que a casa espírita apresenta o Espiritismo de maneira mais clara e direta para o público.

Assim, deve ser priorizada tal atividade na seara espírita, formando palestrantes com bom conhecimento doutrinário, mas que também tratem de continuamente se aperfeiçoarem no uso da palavra na tribuna.

Os palestrantes também têm que buscar se afinizar com os modernos recursos audiovisuais, sabendo utilizá-los, fazendo com que a mensagem seja melhor oferecida, sendo mais atraente.

Toda exposição na tribuna espírita deve procurar sempre envolver o tríplice aspecto do Espiritismo. Deve ser evitada qualquer forma de pregação religiosa, como se fosse um sermão, mas recorrer à boa argumentação que traga a filosofia, a ciência e a proposta ético-moral da Doutrina Espírita, no consórcio permanente da razão com a fé esclarecida.

De preferência os temas devem ser previamente escolhidos e divulgados, para um melhor aprofundamento dos estudos, orientando os participantes sobre o que será abordado.

Deve sempre ser dada a oportunidade de reservar, pelo menos, 15 minutos para a realização de perguntas pela assistência, pois às vezes o palestrante deixou de abordar algum assunto dentro do tema ou quem ouviu quer um esclarecimento a mais.

Deve ser dada a chance também para que em um determinado dia a assistência escolha o tema que quer ouvir, proporcionando a interatividade, otimizando o fluxo de idéias com a democratização da divulgação doutrinária.

Resta dizer que os responsáveis pela escala das palestras, ou o encarregado do departamento doutrinário, devem conhecer o palestrante, sua formação espírita, possuindo referências do mesmo, evitando que a tribuna seja lugar de pessoas sem compromisso com o Espiritismo e até de aventureiros. E o palestrante tem que conhecer a casa, buscando informações sobre a mesma, entrando em contato com os seus dirigentes, a fim de que o seu mister seja bem desempenhado. Se não puder comparecer, que avise com antecedência, providenciando substituto, evitando embaraços de última hora.