Chico Xavier, Homem da Paz

Raul Franzolin Neto

chico-xavier.gif Há alguns anos atrás tive a oportunidade de ir a Uberaba em Minas Gerais e fui informado que me encontrava num dia em que o nosso querido irmão Chico Xavier iria estar presente no Centro Espírita da Prece como o fazia rotineiramente ao longo de sua vida. Após várias paradas para perguntar sobre o caminho a ser percorrido, cheguei no Centro, onde já se encontravam centenas de pessoas. Eram cerca de 19 horas. Entrei na fila e fiquei aguardando ansioso o desenrolar dos acontecimentos, conversando com diversas pessoas. Após algum tempo, o Chico chegou acompanhado de seu filho e várias pessoas. Houve uma prece de abertura, seguida de uma palestra. Saí da fila que estava na parte externa do Centro e cheguei até a janela, de onde pude avistar o nosso ilustre iluminado, sentado junto à mesa dos trabalhos. Continuei aguardando, e finalmente, por volta das 23 horas, entrei no local e fiquei aguardando sentado no banco. Tirei algumas fotos. De repente, chegou a vez das pessoas que estavam no mesmo banco que eu caminharem em direção ao Chico que cumprimentava a todas. Sentia ali pequenino, emocionado e feliz. Chegou a minha vez, caminhei lentamente em sua direção. Peguei-lhe em sua mão e olhando em seus olhos disse-lhe: "...Deus o abençoe..." e ele me respondeu "...obrigado...". A emoção foi muito grande e pude sentir de perto toda a sua humildade e bondade. O fluido de alta vibração vindo de seu nobre espírito e da espiritualidade superior circulava em todo ambiente e facilmente pude senti-lo sobre meu corpo. Algumas pessoas choravam emocionadas. Saí em silêncio e muito feliz. Comprei alguns livros e fui embora.

Fiquei e continuo sempre pensando comigo: Chico Xavier me agradeceu pessoalmente, assim como a milhares de pessoas que também tiveram a oportunidade de visitá-lo. Quanta humildade!! Nós é que lhe agradecemos tão belo exemplo de vida em favor da humanidade

Ao redigir este pequeno texto, resolvi dar uma breve pausa para averiguar a data correta do dia dessa visita em minha agenda antiga. Ao procurá-la em minha estante, tive acesso a um livro de Chico Xavier(*) e acabei abrindo-o em uma página que julguei de interesse em reproduzi-la aqui, já que podemos sentir toda a sua simplicidade e humildade numa resposta dada na famosa entrevista do programa de televisão denominado Pinga-Fogo, levado ao ar pelo Canal 4, TV Tupi em 1971. Dessa forma, esclareço que não fiz uma revisão bibliográfica sobre o nosso homenageado, o qual a literatura é rica, mas creio que isso possa ter ocorrido pelo plano espiritual, sendo acionado pela intuição.

Em meio ao programa, um telespectador se identifica e faz a seguinte pergunta. "...O nosso irmão Chico Xavier, do qual sou admirador, afirmou que a única salvação, é Jesus Cristo. Eu sou Cristão. No entanto, eu perguntaria a ele e aqui presente mesmo eu reconheço a presença de muitas pessoas que não são cristãs, são de varias religiões, aqueles do mundo, da humanidade, que não são cristãs, então, não alcançarão a salvação? Assim como por exemplo 800 milhões de chineses e outros tantos? A salvação só está em Jesus Cristo?". Vejamos a resposta dada por Chico Xavier: "... Há tempos uma senhora nos procurou e alegou que o esposo não tinha religião, que era um homem reto e bom, mas na condição de companheira dele ela sentia falta da religião no marido e pedia ao nosso Emmanuel que se externasse com respeito ao assunto, já que ela desejava fosse o marido portador da fé cristã. Então disse o nosso Emmanuel que a Providência Divina tem pressa de que o homem seja bom, mas acreditar, isso fica para quando o homem possa realizar em si mesmo o campo da sua própria fé. Deus é pai de misericórdia. Não deserda filho algum e nós precisamos adaptar a nossa fé cristã às dimensões do mundo de hoje, em que nós todos aceitamos como filhos de Deus, para termos uma vida de respeito recíproco. Temos as nossas idéias díspares, os nossos pontos-de-vista tradicionais em religião, o conceito de salvação sofre no mundo de hoje uma certa diferença. Quando dizemos: O navio foi salvo. Foi socorrido e foi salvo. A casa foi salva do incêndio pelo Corpo de Bombeiros. A casa foi salva para ser novamente habitada. O navio foi salvo para trabalhar. A salvação quer dizer reequilíbrio, reestruturação da nossa vida em Cristo Jesus, para que nós possamos servir a Cristo, servindo-nos uns aos outros. Agora, o Senhor naturalmente que não tem os pensamentos de critica nem de vingança contra nós, quando nós não possamos ter uma fé. Se nós nos amarmos nós teremos realizado o prodígio da felicidade humana, com a benção dele. E amando-nos nós vamos descobri-lo em nós mesmos."

Observemos que essa entrevista foi realizada há mais de 30 anos e perceberemos que a verdade é eterna e, portanto, é sempre atual. Quero ressaltar nessa passagem, que reestruturar a nossa vida em Cristo Jesus, significa caminharmos nos ensinamentos deixados pelo Mestre, ou seja, tudo com base no princípio "amar e respeitar ao próximo como a ti mesmo". Seguir no caminho do bem e do amor, independente de nossa fé religiosa é caminhar rumo à felicidade eterna.

Provavelmente nunca mais terei outra oportunidade como esta. Homem iluminado, Espírito da paz. Marco na história da evolução espiritual do planeta Terra. Muita gente ainda não se deu conta do nível evolutivo que o Chico se encontra e muitas gerações futuras irão reverenciar essa época de reencarne de um Espírito Crístico entre nós. São muitos anos e anos de evolução, através de reencarnação em reencarnação, em vários mundos, frente a seara do bem. O exemplo de vida humilde o coloca na condição, não apenas de o Mineiro do Século, mas do Espírito da Paz e da fraternidade universal. A sua humildade foi tamanha que até mesmo os milagres foram programados para serem humildes e discretos. Caso desejasse, e se assim fosse os desígnios maiores, ele poderia ter movido montanhas. Mas isso não se fez necessário e fundamental. Os tempos são outros...A evolução é sempre progressiva e infinita. A humanidade foi definitivamente marcada como antes e depois dessa sua etapa na Terra. A sua reencarnação fez parte do projeto Terra regenerada, cujo processo foi realizado com êxito e sucesso plenos. O espiritismo no Brasil, hoje, certamente não seria o mesmo sem a vinda desse nosso irmão iluminado, definido pela Espiritualidade Maior sob a coordenação de Jesus e, graças a isso, os ensinamentos espíritas se expandem dia a dia pelo resto do mundo, promovendo o apoio necessário a todo aquele que procura consolação a suas aflições com a estruturação de sua vida no rumo da melhor jornada terrena a ser seguida, aquela que é capaz de maximizar a sua felicidade e minimizar o seu sofrimento.

Foram muitos anos de trabalho mediúnico e de solidariedade a toda humanidade com muito esforço, dedicação, superação e amor constantes imensuráveis, cuja capacidade cabe a tão poucos espíritos iluminados que passaram pela Terra durante todo o tempo de vida nesse maravilhoso planeta. O trabalho foi profícuo, tanto quantitativa quanto qualitativamente, de ação direta, com seu trabalho pessoal na assistência social e atendimento particular, como de ação indireta por meio de sua publicação servindo de elo tradutor da espiritualidade maior. Quem teve a oportunidade de ler qualquer linha deixada por Chico, compreende a importância de sua obra para busca do equilíbrio necessário a vida neste planeta. Não nos esqueçamos que o Mestre Jesus nos informou que iria rogar ao Pai para que enviasse o Consolador (Doutrina Espírita) e com ele os anjos santos (Espíritos Superiores). Obrigado Senhor!

Rendamos graças ao Divino Pai pelas benções de ter concedido a reencarnação de Chico Xavier em nosso planeta e em nosso Brasil, Coração do Mundo e Pátria do Evangelho, que foi concretizada conforme as Suas Leis dentro dos ajustes que se fizeram necessários.

Finalmente, agradeço também a Deus pela oportunidade de estar vivenciando esta nova era aqui neste pedaço de matéria entre os infinitos outros universais, neste tempo de vida junto ao HOMEM DA PAZ, paz verdadeira que haverá de existir em todo o planeta, cuja construção foi semeada por Cristo e amplificada com o cultivo cuidadoso e dedicado desenvolvido por esse nosso humilde e nobre irmão. Só lamento não poder ter tido a capacidade de expressar nestas palavras o pequeno raio de luz que representa o real estado de luminosidade da estrela maior que é CHICO XAVIER....Que Deus o abençoe...

(*) Literatura citada: Francisco Candido Xavier/ Emmanuel. Chico Xavier - dos hippies aos problemas do mundo, LAKE, 2a. ed., 1973.

Raul Franzolin Neto
rfranzol@geae.inf.br

(Publicado no Boletim GEAE Número 441 de 30 de julho de 2002)