Sexo - artigo de compra e venda

Vera Lucia Vaz Favilla

Todos sabemos das condicoes cármicas de um espírito que, muitas vezes, reencarnação apos reencarnação, permanece preso a uma condição como o vicio e a prostituição, seja feminina ou masculina. Este ultimo, que em termos percentuais acredito ter crescido muito nos últimos anos, refletindo uma mudança no comportamento masculino de dominação, como encontramos de forma instintiva em todos os grupos de animais. (Seria esse afastamento do instinto uma coisa positiva, mesmo que manifestada desta forma?)

A cristalização do espírito em determinada situação, como a prostituição, aliada ao trabalho dos sicários, que os dominam trabalhando muito no conceito de culpa e pecado, e, talvez, perdição eterna, muito arraigados ao pensamento católico que ainda domina esta parte do planeta, faz com que estes espíritos ainda imaturos e sem subsídios intelectuais, como crianças mimadas que permanecem em determinada atitude, por mera questão de manha, acreditem profundamente que estão condenadas a perdição eterna e ao desamor, pois antes de tudo são pessoas que perderam ou esqueceram as verdadeiras dimensões do amor, traumatizadas por choques vida apos vida, em conexão intima com espíritos inferiores que reforçam esta disposição mental do ser incapaz de amar, do ter medo de amar, da certeza de não poder ser amada, de que o amor e ficção, coisa de tolos sonhadores, que mais adiante serão enganados... Desta forma, esses espíritos encarnados sofrem interiormente e, cada vez mais, cristalizam-se nesta postura de sofrimento.

Devido a prisão nas dimensões materiais, e, para isso necessitam cada vez mais de dinheiro. Muitas prostitutas dizem que o dia em que amealharem bastante, deixarão esta vida... Muitas dessas pessoas procuram outras seitas religiosas de cunho espiritualista, tentando negociar com as entidades que ali trabalham para conseguir mais e mais dinheiro... Por mais que você tente argumentar com essas pessoas, a cristalização e tão poderosa que não aceitarão de imediato.

Apesar de ser medica e conhecer muito da AIDS, ou seja, das informações que dispomos no meio cientifico, e, pela vivencia que tive com pacientes aidéticos, acredito, ou melhor, tenho certeza da origem cármica desta doença, gerada sem duvida alguma por desordens perispirituais severas, ligadas ao sistema imunitário (vale a pena lembrar o papel fundamental do timo, neste processo), acho que e, antes de tudo, oportunidade bendita de reflexão para essas pessoas, que finalmente compreendem que os bens materiais nada valem, uma vez que nenhum dinheiro "deste mundo" consegue comprar sua saúde, alem do mais a profunda solidão e isolamento em que se encontram faz com que valorizem aspectos religiosos ate então esquecidos e as famílias de portadores de AIDS que aceitam o problema de seus filhos, sensibilizados pelo seu sofrimento, normalmente sublimam-se em amor e ajuda, crescendo todo aquele núcleo familiar.

Porem, prostituição tem um conceito mais amplo do que a venda do corpo, acredito ser pior aquela dos políticos corruptos que tiram ou desviam, por exemplo, os recursos da saúde para a realização de enriquecimento pessoal, ou para campanhas políticas que aumentem seu poderio, para no futuro tornarem-se causadores de catástrofes como a que ocorreu este ano com o desabamento de um prédio na Barra. Esses homens não são ignorantes, tiveram acesso a cultura, ao intelecto, muitos ate passaram pelo espiritismo, e, mesmo assim ao contrario das damas da noite, que muitas vezes são analfabetas, persistem no mesmo tipo de atividade, cristalizados, em seus carmas. Mas todos tem seu livre arbítrio, nos espíritas tentamos alertá-los, e, mesmo que não consigamos nada agora, persistiremos sempre.

Muita paz e luz para todos do GEAE e muito obrigado por criarem este fórum aberto a busca da luz.

12-6-98

(Publicado no Boletim GEAE Número 298 de 23 de junho de 1998)