Um Mundo Encantado

Humberto Pazian

A luta travada entre a razão e a emoção tem atravessado os séculos. Acumula-se conhecimento, a tecnologia e as modernas máquinas levam-nos além do nosso planeta para amenizar nossa sede de conhecimento.

Descortinam-se novas e amplas barreiras da física deslumbrando-nos novos mundos e muita, mas muita coisa ainda há por vir. Mas, e a emoção, esse estranho sentimento que nos leva ao riso e às lágrimas de um momento para o outro?

Já foi dito “que homem que é homem não chora”, já foi dito também o contrário, disseram que a mulher é “muito sensível” e por isso chora demais, já disseram tantas coisas...

A verdade é que quando não encontramos uma explicação plausível (racional) para algumas situações da vida, envolvemo-nos na emoção e é ela que nos “alivia” .

Quando me preparo para falar ou escrever algum texto, gosto de passar o que sinto no momento, o que penso, o que me alegra ou o que me entristece e hoje ao preparar-me para escrever, por acaso, vasculhando alguns papéis, achei este texto que vou transcrever para vocês. É uma cartinha que recebi da clínica veterinária onde minha cachorrinha , (que esteve conosco por dezoito anos) se tratava.

Para alguns, os da “razão”, pode ser um grande desperdício de papel, mas talvez para outros, os da “emoção” quem sabe não será algo para reflexão? De qualquer forma, se algum de vocês tiver algum irmãozinho (entenda como animalzinho) de estimação, procurem aproveitar os bons momentos que partilharem.

A Ponte do Arco-íris:

“Neste lado do paraíso existe um lugar chamado Ponte do Arco-íris. Quando um animal morre, aqueles que foram especialmente queridos por alguém, vai para a ponte do arco-íris.

Lá existem campos e colinas para todos os nossos amigos especiais, pois assim eles podem correr e brincar juntos. Lá existe abundância de comida, água e raios de sol, e nossos amigos estão sempre aquecidos e confortáveis.

Todos os animais que já ficaram doentes e velhinhos estão renovados e com saúde e vigor; aqueles que foram machucados e mutilados estão perfeitos e fortes novamente, exatamente como nós nos lembramos deles nos nossos sonhos, dos dias que já se foram.

Os animais estão felizes e alegres, exceto por uma coisinha: Cada um deles sente saudades de alguém que foi deixado para trás. Todos eles correm e brincam juntos, mas chega um dia, quando um deles pára de repente e olha fixo na distância. Seus olhos brilhantes estão atentos; seu corpo fica impaciente começa a tremer levemente. De repente, ele se separa do grupo, voando por sobre a grama verde, mais e mais rápido.

Você foi visto e quando você e seu amigo especial finalmente se encontrarem ficarão unidos num reencontro de alegria, para nunca mais se separarem. Os beijos de felicidade vão chover na sua face; suas mãos vão novamente acariciar tão amada cabecinha, e você vai olhar mais uma vez dentro daqueles olhos cheios de confiança, que há muito tempo haviam partido da sua vida, mas que nunca haviam se ausentado do seu coração. Então vocês, juntos, cruzarão a ponte do arco-íris”

(Autor desconhecido)

A clínica sente muito pela perda, mas sabemos que durante sua vida, ela teve um tratamento de princesa e, agora, deve estar na ponte do arco-íris brincando e pulando como sempre fez na sua breve existência.

Um abraço pesaroso.

Clínica Veterinária