A pedra angular da igreja

José Reis Chaves

A Psicologia Espiritualista e Transpessoal divide o ser humano em espírito (Eu Interno, self junguiano, mente, id de Freud, eu divino, Cristo interno, centelha divina, eu imortal que reencarna e ressuscita) e ego (pessoa, eu carnal, eu mortal). Com esta matéria, agradável aos ortodoxos, protestantes e evangélicos, não pretendo denegrir a Igreja.

Para os judeus, Jesus era um dos antigos profetas ressuscitado (reencarnado), como, por exemplo, Jeremias (Mt 16, 13-14). Daí ter Ele perguntado aos apóstolos o que eles pensavam disso. Pedro respondeu de cara: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo” (Mt 16,16). E Jesus lhe disse: “O que disseste não foi carne e sangue (ego) que to revelou, mas meu Pai que está nos céus” (Mt 16, 17). E Jesus ensinou que o Pai (Eu divino) estava Nele (Jo 14,10). Mas São João afirma que o Pai (Eu divino) está também em nós e nós estamos no Pai (1 Jo 4,13). E Paulo o confirma: “Não sou eu (ego) que vivo, mas o Cristo (Eu divino) é que vive em mim” (Gl 2,20). Aliás, os céus (reino de Deus) estavam em Pedro e estão em nós (Lc 17,21). “Não sabeis vós que sois santuário de Deus?” (1 Co 3,16). E foi ao Eu divino de Pedro que Jesus se referiu, quando disse: “Tu és Pedro ou Pedra (Kepha em Aramaico) e sobre esta Pedra edificarei minha Igreja”, e não à pessoa (ego) de Pedro. Pouco depois, o Mestre chamou Pedro (ego) de satanás. “Vai de retro, Satanás”. Stº Agostinho ensina que Jesus não edificou sua Igreja sobre “o Pedro da confissão”, mas sobre “a confissão de Pedro” (Huberto Rohden, ex-Jesuíta, citando a Ordem dos Beneditinos, “Filosofia Cósmica do Evangelho”, página 115, Ed. Martin Claret, SP). E entre outras afirmações do santo herege, eis uma sobre esse assunto: “Super me aedificabo te, non me super te” (“Sobre mim te edificarei, não me edificarei sobre ti”). Pela Bíblia e relatos históricos, não temos Pedro como fundador da Igreja de Roma ou como seu bispo. Eusébio escreveu apenas que São Pedro pregou e foi morto em Roma.

Se Jesus tivesse edificado a sua Igreja sobre a pessoa (ego) de Pedro, as portas do inferno a teriam destruído.E a Pedra Angular da Igreja (Ef.2,20) é o Cristo Interno de Jesus, Pedro e de todos nós, o qual não pode ser herdado por ninguém nem ter ninguém como sucessor!