O que esperar do Centro Espírita

Aylton Paiva

Grande maioria das pessoas procura o Centro Espírita porque sente algum tipo de problema físico, de relacionamento humano ou espiritual.

É necessário que o Centro Espírita esteja preparado para atender as pessoas que o procuram com a diversidade de problemas que apresentam.

Desta maneira, num primeiro momento, aqueles que chegam na Casa Espírita estão na situação de assistidos. Para elas deve se oferecer a orientação fraterna, baseada na Doutrina Espírita, o passe (energias espirituais), a água fluidificada (energias espirituais), a assistência espiritual (Sessão de Desobsessão), quando necessário e as orientações básicas do Espiritismo

É preciso que, também, o Centro Espírita ofereça a oportunidade do aprofundamento do estudo do Espiritismo. Para isso, é indispensável que o Centro Espírita ofereça o estudo sistematizado. O assistido passará, então, para uma nova fase: estudante da Doutrina Espírita.

No entanto, o próprio Espiritismo afirma que a evolução do espírito humano somente se faz através da ação no bem, ou seja, pelo trabalho a próprio benefício e beneficio do próximo. Devidamente reequilibrada, a pessoa, após a fase de recebimento da assistência e do estudo, está apta a ser uma cooperadora do Centro Espírita ou de qualquer instituição voltada para fazer o bem ao próximo e à sociedade.

Nesse estágio é que, realmente, o freqüentador do Centro Espírita começará a dinamizar o seu processo de evolução em direção à Sabedoria e ao Amor que lhe propiciarão a plena felicidade.

Por isso, analise em que fase você se encontra e procure avançar às etapas mais adiantadas, embora por toda a vida física estejamos, com mais ou menos intensidade, submetidos às fases anteriores, pois o processo é dinâmico e não estático.

Alertou o Espírito Verdade, que coordenou a codificação do Espiritismo: "Espíritas: amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo". Também afirmou: "Fora da Caridade não há salvação".

(Jornal Mundo Espírita de Dezembro de 1997)