Psicografias

Valdomiro Halvei Barcellos

Fazer o quê? Perguntas! Fazer o Bem inicialmente a ti mesmo, após o que, ao próximo mais próximo no momento e ou no instante. Assim estarás amando, o em que pensas tanto: ame, ame muito em pensamentos, palavras e atos, mas ame e exercites este sentimento que por enquanto é pouco depurado nesta faze de tua existência, porém que irás burilando ao sol da dor, do sofrimento não necessariamente, mas ao ritmo do trabalho prazeroso no bem, que atualmente é a maior felicidade na terra, o trabalho no bem de si, e do semelhante. Não olhes para trás. Os que conviverem contigo estão na tua economia psicológica e um dia vocês se encontrarão. 27 10 03.


Caminha coração a vida é bela e deve ser vivida com denodo e busca constante do aprimoramento individual. O crescimento próprio deve ser o Objetivo principal de tua existência. Estamos nesta Terra abençoada para crescer em Inteligência e em Moral.

A Inteligência é aquela capacidade de interlegere, ler entre. Busques absorver todo e qualquer ensinamento e conhecimentos para que possas utilizá-los quais letras do alfabeto, construindo dessa forma pensamentos como constróis palavras com som, estrutura e significado.

A Moral verdadeira é a Lei de Deus. Quanto mais nos aproximarmos de Deus, isto é tivermos capacidade e condições de viver seguindo e cumprindo a Lei Divina, mais livres e com maior condições estaremos de exercitar a nossa capacidade intelectiva, pois que estaremos abertos para aurir conhecimentos superiores, por enquanto inabordáveis para nós outros uma vez que se expressam com palavras inefáveis a todos. 28 10 03.


A compreensão que o amor propicia conduz à solidariedade nos momentos difíceis.

O medo, a culpa, a mágoa constituem vapores morbíficos que intoxicam o ser, transformando-se em ferrugem corrosiva nas engrenagens da alma, que emperram, dificultando a finalidade da evolução, para a qual todos se encontram incursos nos Estatutos da Vida.


Estamos incursos nos Estatutos da Vida para evoluir. As possibilidades nos foram dadas através dos talentos natos e adquiridos através das inúmeras encarnações que explicam as nossas possibilidades.

Mesmo assim ainda retardamos, para não dizer teimamos em não desenvolver os talentos.

Quisesse o ser humano crescer e encontraria sempre aqueles orientadores que lhe proporcionariam as condições dentro do seu nível.

Quando o trabalhador esta pronto o serviço aparece, também quando o aluno está pronto outro mestre aparece e assim vamos progredindo pela da Vida, em ciência e em moral que nos facultam alar para Deus.


Irradia, irradia Alma querida e bela a tua bondade interior. A sociedade está carente de atenção e paciência que são donativos da alma, a melhor caridade.

Quando temos atenção para com o nosso próximo o valorizamos e quando temos paciência ele cresce em si mesmo.

Atenção faz com que se sinta estimulado a progredir com segurança e conta própria.

Paciência lhe proporciona calma e paz interiores.


A cada instante refletes o Teu Interior. Os pensamentos colorem a Tua Aura e vincam em Tua face às marcas do sofrimento ou o brilho da felicidade.

As Tuas palavras são materializações do Teu inconsciente próximo e passado. As Tuas reações exteriorizam o Teu subconsciente e o Teu estado de ânimo momentâneo. Os Teus Projetos demonstram o Teu nível e posição evolutiva. Os Teus atos do dia-a-dia na convivência comum atestem atmosfera em que respiras normalmente. Os sorrisos que ensejas refletem a Tua Luz. As aproximações mostram o Teu magnetismo. À distância que procuram manter de Ti identificam o Teu hálito. As Tuas obras Te dão a conhecer; e, seus frutos mostrarão a Tua Verdade.


Não te sintas incapaz Alma querida e bela, de realizar os teus ideais. Coloca sempre em recomendações luminosas as Orientações do Cristo de Deus; o autoaperfeiçoamento; o desenvolvimento espiritual.

"Ousa saber". As vias do conhecimento são diversificadas, não te detenhas e nem esperes tanto. Começa simplesmente e os Mestres aparecerão tão logo reconheçam o teu progresso e Boa Vontade!

Com votos de Muita Paz e Otimismo!

Valdomiro Halvei Barcellos