Manoel Araripe de Faria

Anuário Espírita - 1979

Nasceu no dia 28 de outubro de 1879, em Fortaleza, Ceará. Foi General do Exército Nacional, formado em Engenharia militar e Bacharel em Ciências Físicas e Matemáticas.

Conforme sua declaração na “Revista Espírita do Brasil”, já extinta, órgão da ex-Liga Espírita do Brasil, tornou-se espírita pela dor. - “Não precisei de fatos para alicerçar a minha crença. Transpus as fronteiras da Doutrina, pela dor, mas, no seu território, me mantenho pela força da razão. Como filosofia, a Doutrina Espírita é a mais sublime e a mais confortadora, porque explica a evolução do espírito e a Justiça Divina, pela Lei de Causa e Efeito, através das reencarnações. Deus só se nos apresenta em toda a sua Justiça e Bondade, por essa Lei. Outra, não justificaria a sua condição de Pai Universal”.