Desobsessão pública ou privada ?

05/03/2003 - Gostaria de saber por que nos Centros Espíritas não se faz trabalho de desobsessão na presença da assistência, mas somente em dias diferentes das palestras e com pessoas escolhidas para o trabalho. Por que e que mal há em uma pessoa da assistência ouvir os médiuns darem a comunicação?

As sessões mediúnicas, onde se manifestam espíritos sofredores, obsessores, são feitos privativamente para não expor os espíritos à curiosidade pública. Uma sessão espírita é algo muito delicado, necessitando de um ambiente equilibrado, asséptico espiritualmente falando.

As pessoas que participam das sessões das desobsessão precisam ter conhecimentos doutrinários e da mediunidade em profundidade. Além disso, espera-se que não sejam desequilibrados, perturbados, viciados ou imorais.

Com a presença de público nessas sessões, o controle se torna mais difícil. Mesmo que as pessoas não sejam moralmente desequilibradas, nem mal intencionados, há o problema dos pensamentos. É prejudicial as pessoas presentes às sessões ficarem solicitando favores dos espíritos, como limpeza espiritual em suas casas, ajuda a parentes perturbados, prejudicam muito a sessão.

O ideal para as pessoas participarem das sessões é o conhecimento espírita e a boa formação moral. Sabemos que você poderá perguntar se todas as pessoas que participam dessas sessões preenchem esses requisitos? A resposta é não. Nem todas. Muitas preenchem parcialmente e não muitos, inteiramente.