Textos Bíblicos Bíblia

Tamanho
do Texto

OS ESPÍRITOS SANTOS BÍBLICOS E O DOGMÁTICO

 Já abordamos o assunto desta coluna de hoje em outras colunas. Mas voltamos a ele em atenção aos leitores novatos de O TEMPO e aos que ainda querem um melhor esclarecimento sobre ele.

 Primeiramente, lembremos que, na Língua Grega, em que, geralmente, foi escrito todo o Novo Testamento, não existe o artigo indefinido ‘um’, mas apenas o definido “ho” (o). E, assim, nas frases em português e outras línguas, em que existe esse artigo indefinido, ele deve ser colocado normalmente nas traduções.

 Ademais, se numa tradução, colocarmos o artigo definido ‘o’ antes de um substantivo, onde o correto seria o indefinido ‘um’, adultera-se o sentido do texto. E foi exatamente esse erro que os tradutores bíblicos para o português e outras línguas cometeram. Eles colocaram o artigo definido ‘o’ no lugar do indefinido ‘um’. E a consequência principal desse erro está relacionada com o Espírito Santo dogmático da Terceira Pessoa Trinitária. Em vez de ‘um’, eles colocaram erradamente “o” Espírito Santo, o que confirma o dogma do Espírito Santo da Terceira Pessoa Trinitária, que respeitamos, mas que não é bíblico. Aliás, ele virou dogma justamente porque não é bíblico e, pois, polêmico. São Jerônimo, o primeiro tradutor da Bíblia para o latim, a língua de todo o Império Romano, por volta do ano de 400, na sua tradução “Vulgata Latina”, no lugar de o Espírito Santo, ele colocou um espírito bom (“spiritus bonus”). E um detalhe, o latim, como o grego, não tem o artigo indefinido ‘um’ e, ao contrário do grego, não tem também o definido ‘o’. Com isso, a coisa se complicou mais ainda. E surge a pergunta: os tradutores se valeram disso para ocultar, conscientemente, seus erros de tradução, ou erraram inconscientemente? Cremos que os dois tipos de erros ocorreram.

 Para deixarmos clara essa questão, recorremo-nos ao doutor em Bíblia em Roma e professor de grego Carlos Torres Pastorino. Segundo ele, quando se trata do Espírito Santo da Terceira Pessoa Trinitária, é obrigatório o uso do artigo indefinido ‘um’ nos textos bíblicos traduzidos para o português e outras línguas. A exceção é para o Deus Pai da Primeira Pessoa Trinitária, quando se diz corretamente ‘o Espírito Santo’ ou o Santo Espírito. Mas tratando-se da Terceira Pessoa Trinitária, o correto é ‘um espírito santo’, que é um espírito humano (“Sabedoria do Evangelho”). E isso está de acordo com São Paulo, em 1 Coríntios 6: 19: “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que está em vós, o qual tendes da parte de Deus e que não sois de vós mesmos? E, então,  a tradução correta é: Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário ‘de um’ espírito santo (a alma ou centelha divina) que está em vós, o qual tendes da parte de Deus e que não sois de vós mesmos?

Hoje, podemos discordar de um dogma, pois ninguém mais vai morrer na fogueira!

Autor: José Reis Chaves

PS: Palestras e seminários espíritas com este colunista: (31) 3373-6870

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior