Tamanho
do Texto

O DIA DO PERDÃO UNIVERSAL

O dia 25 de Julho, no Calendário Gregoriano, nosso calendário, está sincronizado com o dia fora do tempo do CALENDÁRIO MAIA, sendo considerado o DIA VERDE ou O DIA DO PERDÃO UNIVERSAL. É um dia especial.

Neste dia, VOCÊ, poderá estar se conectando com a egregora MAIA para atrair as Forças Cósmicas do PERDÃO / CAMINHO  e do VERDE / CURATIVO.

É uma evocação aos SERES VERDES interestelares que dominam e dirigem a essência espiritual das arvores, das plantas e das flores. Com esta conexão Você estará perfumando / abrandando seu olhar / atitude.

Elimine a cultura da doença e o campo de energias do julgamento e inicie um novo tempo, o ano Maia, com novas atitudes e uma nova cultura, dentro do raio da Regeneração, da Coragem, esse processo lhe permitirá canalizar e desenvolver talentos para a organização e prática de uma vida, com saúde, paz e alegria.

Plante algo, dê uma flor de presente, pense verde e imagine-se perdoando tudo e todos.

PERDÃO: Uma conexão com o Universo

O que me incomoda não é o que fizeram com você, mas o que você está fazendo com aquilo que fizeram para você, diz Jean Paul Sartre.

Importante esse pensamento. Indico sempre a aplicacao dele em sua vida diaria. A dor que voce sente quando alguem “pisa no seu calo”, desaparece com o tempo. No entanto, se voce guarda dentro de voce aquela situacao, ela dirigira suas atitudes futuras e em qualquer momento voce recuara seus pes diante da presenca de alguem.

Agora, pegue esse exemplo, um simples pisao no pe e observe o efeito de palavras ofensivas. Se voce as diluir do seu coracao, agira livremente. Se ao contrario, guarda-las em seu pensamentos,,podera recuar diante de seus projetos e sonhos ou mesmo se afastara de pessoas, realizando bloqueios muito mais nocivos, do que aquela simples ofensa. Pense nisso!

Realizar o perdão não fragiliza a criatura. Observe isso: o perdão não implica em abrir mão de sua defesa; nem da justiça; nao elimina seu amor próprio.

O perdão significa a utilização do Livre Arbítrio. Voce estara expressando a sua liberdade de agir como o principio inteligente do Universo. Você tem o direito de exercer a sua escolha, removendo esta montanha de mágoas, medos, culpas e lembranças de sua mente, para realizar sua vida de acordo com a sus vontade e inteligencia.

Oração do perdão

Sinceramente. Eu perdôo a todas as pessoas, a tudo e a todo o meu passado no universo.
Todas as pessoas, tudo e todo o meu passado no universo me perdoam.
e eu me perdôo infinitamente do centro de minha essência atemporal.
Toda a minha paz. Todo o meu amor universal. Toda a minha gratidão e alegria
pela oportunidade de servir.

A Andarilha do Senhor

Corrie Tem Boon, escreveu O Refúgio Secreto e Andarilha para o Senhor.

De família holandesa, vivia na Alemanha e protegia judeus fugitivos. Sua família foi presa e mandada para os campos de concentração. Um oficial de Hitler foi o responsável pela morte do seu pai e de sua irmã.

Ela sobreviveu. Após a guerra incorporou-se a igreja, transformando-se em missionária evangélica, desenvolvendo atividades humanitarias na comujidade.

Um dia, estava no púlpito terminando uma palestra sobre o perdão, quando um homem se levantou no fundo da sala e veio na direção dela. Naquele instante ela sente um frio na espinha, remiiscencias do,passado tomam conta do seu cerebro, o coracao bate forte.

Eestá diante do seu passado, suas dores, suas perdas. Esfria seu corpo, como se estivesse morta. O homem vem em sua direção, sem a identificar, afinal foram tantas execucoes que as feicoes nao ficaram registradas em sua mente. Ela era apenas uma na multidão. Ao contrario, para ela, a figura dele estava muito clara. Ele ele era o algoz.

O confronto está realizado, o sincronismo se deu. Deus trazia aquela alma, para a redencao! Ela recorre à sua fé, respira fundo, rele coo nm flasch, as palavras da Biblia: todos sao filhos de Deus!

E Corrie Tem Boon encontra forças para PERDOAR e abençoar o irmão que se dobra de joelhos a sua frente. Estende suas maos e o acolhe!

A saga de duas almas

O padre Marcelo Rossi revelou, tempos atrás na TV, que até os seus 25 anos de idade não beijava o pai. A relação entre ambos era tumultuada, com bloqueios entre os dois.

Um dia, ele estava numa Igreja assistindo a missa e ouviu uma comovente confissão de um drogado, que se convertera e abolira o vício de sua vida.

O depoimento o tocou espiritualmente. Saiu dali direto para a sua casa a procura do pai.

Ele estava no banheiro se barbeando. Marcelo entrou no banheiro e diante do olhar apalermado de seu pai deu-lhe um beijo no rosto e disse que o amava.

Um grande peso saiu de seus ombros, naquele instante. Sua alma estava limpa, seus pensamentos se iluminaram. A partir daquele momento ele tinha absoluta certeza do que queria e o que fazer com sua vida. Foi para o quarto e chorou copiosamente.

Enquanto isso, no banheiro, o pai se desmanchava em lágrimas e sentia-se levitando. A opressão do peito que tanto o incomodava sumira. Sentia-se amado e amava o filho querido. Com esta atitude Marcelo abriu seu caminho rumo a uma grande missão: tornar-se missionário de Deus.

Exercício do Perdão

Eu me perdôo
Eu o perdôo
Nós nos perdoamos
Deus me perdoa
Deus o perdoa
Deus nos perdoa.
Obrigado, Senhor.

Autor; WILSON FRANCISCO

Comentários

logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_uniespirito logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior