Tamanho
do Texto

Uma Preciosa Lição

Uma Preciosa Lição

Numa terça-feira de manhã, ele estava no hospital, para doar sangue. Disse
que faz isso habitualmente, apenas para colaborar. É moço ainda, saudável e a
doação de sangue até lhe faz bem.

Conversamos enquanto eu o acompanhava ao banco de sangue. Dei-lhe o braço
porque ele nada enxerga: é cego de nascimento. Nossa conversa foi mais ou menos
esta:

“— Já tentou alguma cirurgia para corrigir a visão?”

“— Várias”.

“— Enxerga alguma coisa?

“— Nada, nem vultos”.

Ao responder às perguntas da moça que preenchia a ficha de doador, declarou
sua idade (33 anos) e profissão (advogado). Quis saber como ele se formara.
Disse que havia estudado na Universidade Mackenzie, em São Paulo. Fiquei
imaginando o esforço desse moço: numa universidade muito concorrida, deve ter
enfrentado um vestibular duríssimo, com vários candidatos que enxergavam e
poderiam se preparar bem melhor que ele.

Não sei se teve algum tratamento diferenciado, nesse vestibular, por sua
condição especial.

Mas só o fato de ter chegado até o ensino superior já demonstra a sua
perseverança e força de vontade.

Na Faculdade, sempre estudando pelo método braille, concluiu com
aproveitamento todas as disciplinas, terminou o curso superior, ao final ainda
submeteu-se ao rigorosíssimo exame da OAB e hoje está advogando em Curitiba.

Perguntei-lhe como iria do hospital para casa. Disse que iria caminhando,
sozinho, como sempre faz, com o auxílio de sua bengala (monitor).

A cidade, movimentada, violenta, de trânsito caótico, não o amedronta. Nada
impedia o jovem doutor de locomover-se por aí, pleno de energia.

Pensei quantos desafios ele superou para chegar onde está. Privado da visão,
que é o principal sentido da vida de relação, nem assim ele se sentiu um
desvalido. Foi à luta e tem vencido muitos obstáculos. E, naquele dia, ainda
encontrava tempo e disposição para doar sangue, em favor de um conhecido, que
estava internado no hospital.

Nem guardei o seu nome. Não importa. Logo estava ele na rua, misturado com
diversas pessoas, cada uma cuidando das suas preocupações.

Lembrei da mensagem de Vianney, Cura de Ars:

“O olho aberto está sempre pronto a fazer com que a alma caia; o olho
fechado, pelo contrário, está sempre pronto a fazê-la se elevar a Deus.
Acreditai em mim, meus bons e caros amigos, a cegueira dos olhos é, muitas
vezes, a verdadeira luz do coração, enquanto a visão é, freqüentemente, o anjo
tenebroso que conduz à morte”. (O Evangelho segundo o Espiritismo, cap.8, 20).

A lição evangélica esclarece a mensagem de Jesus: Se teu olho é motivo de
escândalo, arranca-o.

Muitos há que, pelo arrependimento, escolhem a dura expiação da cegueira,
quando o seu olho foi motivo de queda.

O arrancar não é, de modo algum, físico, mas sim moral. Jesus ensinou
que é preciso arrancar a raiz do mal, o vício que nos fez cair. Em seu lugar,
ver brotar a virtude que está em potencial dentro de nós.

Arrependimento, expiação, reparação. Eis um dos caminhos para nos limparmos
de mazelas graves do Espírito.

Enquanto via o jovem cego distanciar-se na multidão, percebi, deslumbrado,
que eu podia enxergar: sem dúvida, o dia estava muito bonito, tudo parecia ter
mais cores. Comecei a observar os detalhes das árvores, dos carros, olhar melhor
quem passava. Poxa, fazia um bom tempo que eu olhava mas não prestava atenção!

Refleti sobre a bênção dos órgãos materiais perfeitos. Que maravilha poder
ler, escrever, decifrar o mundo! Pelo menos naquele dia, e diante do exemplo de
um irmão que realmente tem vencido desafios importantes, deixei de
lamentar tantas coisas fúteis. Foi uma preciosa lição.

(Jornal Mundo Espírita de Julho de 2001)

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior