Tamanho
do Texto

Capitalismo ou Socialismo? A Doutrina opina?

Capitalismo ou Socialismo? A Doutrina opina?

Palestra Virtual
Promovida pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
Centro Espírita Leon Denis
http://www.celd.org.br

Palestrante: Altivo Pam-phiro
Rio de Janeiro
15/06/2001

Organizadores da palestra:

Moderador: “Cacs” (nick: |moderador|)
“Médium digitador”: “Soutinho” (nick: Altivo_Pamphiro)

Oração Inicial:

<|moderador|> Jesus, neste momento em que iniciamos mais uma noite de estudos, agradecemos desde já a oportunidade de estarmos todos juntos, para mais estes momentos de aprendizado. Abençoe o nosso companheiro, amparando-o nas palavras que irá nos dirigir. Que assim seja!

Apresentação do Palestrante:

<Altivo_Pamphiro> Sou Altivo Pamphiro, Presidente e médium do Centro Espírita Léon Denis, em Bento Ribeiro, Rio de Janeiro – RJ. (t)

Perguntas/Respostas:

<|moderador|> [1] <cacs> – Altivo, como você vê o sistema de governo no plano espiritual ? Tem alguma relação com socialismo ou capitalismo ? Nosso Lar, por exemplo ? Como encarar a idéia do bônus hora?

<Altivo_Pamphiro> O que sabemos pelas revelações mediúnicas é que o sistema de “governo” no plano espiritual, é um misto de sociedade livre com as limitações que o serviço impõe. Aí observamos a validade da resposta que os Espíritos deram a Kardec dizendo que o superior age irresistivelmente sobre aquele que está abaixo dele. Assim, um diretor de uma colônia ou alguma cidade no plano espiritual, terá em seu favor a autoridade moral que acabará se impondo aos seus comandados. Vemos por exemplo em Nosso Lar, segundo nos diz André Luiz, que o Governador é assistido por um colégio de 70 outros Espíritos.

Seja esse número ou não, de colaboradores, André nos mostra que não é um governo autocrático. Também se observa que cada Ministro ou membro deste colégio tem a autonomia ditada pelo serviço de amparo aos homens desencarnados. Aí vemos que não só há um trabalho direcionado como também o trabalhador maior (o Ministro) age no sentido de promover a sociedade e não a ele. O que vemos na nossa realidade de reencarnados? Vemos os homens querendo tirar proveito próprio senão pessoal. O povo fica em segundo plano. No plano espiritual o socorro é dado ao Espírito, o progresso também, e o desencarnado fica feliz por poder participar deste processo evolutivo.

Quanto ao bônus hora, me parece que André nos quis dizer que somente os que trabalham tem direito a alguma coisa. Creio que ele quis tirar de nossa mente qualquer resquício trazido pela Igreja Católica de ganharmos algo sem fazer esforço, oferecendo apenas preces, missas, etc… (t)

<|moderador|> [2] – <Soutinho> – Como seria vista, sob a ótica espírita, a premissa capitalista de acumulação de capital, mesmo sendo realizadas por pessoas sabidamente de moral elevada, mas que mantêm em seu poder mais do que necessita para sua subsistência?

<Altivo_Pamphiro> Toda riqueza para ser multiplicada precisa de um capital inicial. Uma acumulação de capital só se justifica se for para multiplicar outras empresas e criar empregos. Se o espírita tiver capital suficiente para isso, deve aplicá-lo no sentido de criar novas riquezas para outras pessoas. (t)

<|moderador|> [3] – <Dilo-SC> – [Altivo_Pamphiro] , é uma co-locação para o seu comentário: acho que todas as sociedades se tornarão um dia socialistas, mas não por imposição do Estado, mas sim através de um despertar da consciência para os valores cristãos, como a solidariedade, fraternidade e igualdade… assim não é por imposição estatal… o capitalismo vai amadurecer e chegaremos a esse socialismo decorrente a transformação moral dos indivíduos…

<Altivo_Pamphiro> Você está dentro da Doutrina Espírita como se pode depreender. Cabe a todos nós lutarmos por estes ideais na medida das nossas possibilidades e daquilo que estiver ao nosso alcance fazer. Desde o pagamento justo aos nossos empregados até mesmo vibrarmos pela chamada justiça social. (t)

<|moderador|> [4] – <Soutinho> – Uma das maiores dificuldades de implementação do socialismo/ comunismo preconizado por Marx foi a vaidade humana. Atingiremos em algum estágio de evolução o fim de nossas vaidades, ou haverá um equilíbrio entre elas e a justiça social?

<Altivo_Pamphiro> Acredito que haverá um equilíbrio entre as personalidades e a justiça social. A esse respeito eu devo dizer que talvez nos próximos 6 meses iremos publicar um livro em que se mostra que Marx foi um homem que se interes-sou pelo Espiritismo. O próprio Kardec fala sobre Marx no livro “Obras Póstumas”. Ele é citado como “M”. Um dos nossos amigos escritor está coligindo material a esse respeito e o livro ficará interessantíssimo. (t)

<|moderador|> [5] – <cacs> – A panorâmica da política brasileira não nos deixa uma boa opção na hora de votar. Qual o critério para escolher um candidato ?

<Altivo_Pamphiro> Realmente o que estamos vendo é o exercício do oportunismo em quase todos os políticos. Fica para nós a possibilidade de votar naqueles homens que julgarmos os mais moderados, determinados e voltados para o social. Mas, devemos ter em conta o bom senso. Sabemos que existe um verdadeiro rolo compressor de certas classes politizadas. Agora mesmo por esses dias, vimos a CPI do esporte dando no que deu. Cabe a nós, quando votarmos outra vez, votar nos homens certos. Aí, nós temos uma pergunta a fazer ? O espírita pode ou deve ser candidato a algum posto eletivo ? Ficamos assim: vocês crêem que um homem conseguirá superar toda a máquina política que vemos existir no Congresso ? Muitos espíritas falam em Bezerra de Menezes como político.

Só esquecem de falar que Bezerra quando se tornou espírita, deixou a política. Em São Paulo, tivemos o Deputado Federal, Freitas Nobre, já desencarnado e que lutou e lutou e ao que sabemos não conseguiu grandes coisas, salvo nas comissões em que conseguiu trabalhar. Aqui no Rio, tivemos o Deputado Federal Eduardo Mascarenhas que tinha nítidas convicções espiritualistas. Em conversa comigo várias vezes, nos dizia das dificuldades em manter um trabalho de elevação na Câmara. Ele lutou até o fim dos seus dias terrenos. Pergunto: Alguém soube de algum trabalho na Câmara de Deputados feito por ele? Ao que me parece os Deputados ditos Evangélicos formaram uma bancada para conseguirem algo em favor da própria religião, mas o que vemos ainda é o aproveitamento individualista sem real proveito nem mesmo para os religiosos de sua categoria. (t)

<|moderador|> [6] – <Soutinho> – Como o espiritismo encara o comunismo russo e alemão, onde aparentemente a única coisa “socializada” era a pobreza? Esse modelo socialmente linearizante, se implementado de forma correta, seria próximo de um “ideal”?

<Altivo_Pamphiro> Não. Não seria o ideal, justamente porque este tipo de socialismo não previa a riqueza. Eles nivelaram por baixo toda a sociedade russa e a alemã oriental. O que vimos quando caiu o predomínio do partido comunista russo e alemão? Vimos um povo emprobecido que estava “doido” para ter um mínimo de conforto e das pequenas alegrias do mundo ocidental. Todo o povo ficou feliz de início. Agora vemos que eles lutam como nós estamos lutando há mais de 50 anos. Eles estão em uma fase que nós já ultrapassamos. (t)

<|moderador|> [7] – <cacs> – Altivo, você pode nos falar um pouco sobre o livro “Socialismo e Espiritismo”?

<Altivo_Pamphiro> Este é um dos grandes livros escritos por Leon Denis. Na verdade é uma coletânea de artigos que Denis escreveu sobre o assunto na Revista Espírita. A editora “O Clarim” (Matão – São Paulo) fez uma edição muito boa. Em 98 o Centro Espírita Leon Denis fez uma nova tradução dos artigos de Denis com acréscimo de informações que não existem na edição do “Clarim”. Na edição do CELD incluímos artigos como: “Jaurés, Jean” Espiritualista. “Jaurés” é considerado nos dias de hoje como um dos grandes democratas da França. A Câmara dos Deputados Francesa, o considera como um dos maiores contribuidores para a formação da democracia francesa. Em nossa edição publicamos estes artigos, o que enriqueceu bastante o livro. Este livro pode ser encomendado na livraria do CELD. Maiores informações na homepage: http://www.celd.org.br. (t)

<|moderador|> [8] – <Soutinho> – E a questão cubana? Apesar de baseado num modelo arcaico e visivelmente falido, valoriza a cultura, a saúde e a educação como pilares de sustentação do governo. Não podemos esquecer também que esta filosofia é sustentada, atualmente, por uma única pessoa (Fidel). Quanto há de bom neste modelo, sob a ótica espírita?

<Altivo_Pamphiro> Fidel Castro resgatou a dignidade da nação cubana. Por mais que se tenha queixas do homem, não se pode deixar de observar que o líder levantou o moral do país. Suas conquistas totalmente direcionadas para a educação e saúde, visaram atender ao povo naquilo que o povo mais precisa: ter boa saúde e acesso ao estudo. Mas, em parte pelo bloqueio econômico americano e em parte por ser um país pobre sem oferecer grandes recursos para o seu povo, Fidel não pôde dar a nação cubana os meios de uma sobrevivência com um mínimo de conforto, de alegria e daquilo que se chama “objetos de prazer” de uma sociedade moderna. Lembremos que Cuba é um dos países que ainda fazem restrição ao uso da Internet. (t)

<|moderador|> [9] – <Soutinho> – Os modelos capitalistas selvagens, excludentes e centralizadores de riquezas, têm algum sentido expiatório, para aqueles que vivem na linha de pobreza dos países que adotam este sistema?

<Altivo_Pamphiro> Com toda certeza. A dor provocada por esses modelos realmente só tem razão de ser por conta da expiação que alguns povos ainda tem que passar. (t)

Considerações Finais do Palestrante:

<Altivo_Pamphiro> Entendemos que o homem é um “animal” político. Por isso, o espírita deve ter em mente as considerações doutrinárias para usá-las na hora da votação e principalmente para ter uma opinião formada acerca do assunto. Estudemos, meditemos, e cheguemos a uma boa conclusão. (t)

Oração Final:

<cacs> Querido Pai, Mestre Jesus. Agradecemos por mais esta abençoada oportunidade de aqui estarmos para discutir e aprender de um tema que faz parte da nossa vida cotidiana. Que todos nós possamos cada vez mais despertar para o entendimento das leis de Deus, para que possamos contribuir para a realização de um sistema de governo que esteja baseado nos ensinamentos deixado por Jesus. Fortaleçamos a nossa fé, façamos a nossa parte, com a confiança que o Senhor está sempre a nos sustentar. Obrigado por mais esta noite. Graças a Deus. (t)

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior