Tamanho
do Texto

Jesus e o Consolador Prometido

Jesus e o Consolador Prometido

Palestra Virtual
Promovida pelo Canal #Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestrante: Nara Coelho
Rio de Janeiro
04/12/1998

Organizadores da Palestra:

Moderador: “Caminheiro” (nick: Moderador) “Médium digitador”: “jaja” (nick: Nara_Coelho)

Oração Inicial:

<_CASTELHANO> Amado Mestre Jesus, mais uma vez aqui nos encontramos para com a assistência de nossos irmãos mais evoluídos do plano espiritual e como eternos pedintes que somos pedir-te, mais uma vez, senhor, para que, nesse instante, nos dispamos de todo sentimento de orgulho, vaidade, egoísmo para recebermos, se assim for de tua vontade, ó Divino Peregrino, mais um dia de ensinamentos que certamente nos servirão para futuras cavalgadas espirituais que se não for na terra certamente será em outras paragens. Te agradecemos, ó Mestre, por mais uma jornada neste canal de amor! Que assim seja!

Apresentação do palestrante:

<Nara_Coelho> Paz para todos. É com muita alegria que estou novamente neste espaço para conversar com vocês sobre o que mais me felicita a alma: o Espiritismo. E que Jesus nos abençoe para que possamos estabelecer um diálogo profícuo e edificante, beneficiando-nos a todos. Tenho 49 anos, sou casada, tenho 3 filhos adultos, espírita de berço, embora tenha me formado em Direito, preferi defender a causa da Doutrina. Faço palestra aqui em Juiz de Fora, na região toda, cidades vizinhas, no Rio de Janeiro, etc. Tenho dois livros infantis publicados e sou articulista espírita, escrevendo, inclusive, no maior jornal de circulação da nossa região, que é “Tribuna de Minas” desde maio de 1992. (t)

Considerações iniciais do palestrante:

<Nara_Coelho> Jesus, quando de sua passagem pela Terra, deixou-nos um código de vida. Entretanto, devido ao nosso atraso moral e intelectual de então, deixou a complementação dos seus ensinos para mais tarde. E nos anunciou: “Se me amais, guardai os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador, para que fique eternamente convosco, o Espírito da Verdade, a quem o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece. Mas vós o conhecereis, porque ele ficará convosco, e estará em vós. Mas o Consolador que é o Espírito Santo, a quem o pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que eu vos tenho dito”. Eis que o Mestre sabia que nós confundiríamos os seus ensinos, deturpando-os. Fazia-se mister que se fizesse entre nós o advento do Cristianismo. É sobre o que conversaremos hoje. (t)

Perguntas/Respostas:

<Moderador> [01].<Caminheiro> Quem foi Jesus e qual a sua importância para o mundo e para o Espiritismo?

<Nara_Coelho> Jesus é o espírito mais iluminado que a Terra conheceu. Veio até nós a mando do Pai para que nos ensinasse a ciência do bem viver, que Ele já conhecia e praticava, desde há muito. É de importância fundamental a sua vinda para o mundo inteiro. Mesmo para quem ainda não o reconhece, porque todos recebemos as influências dos seus ensinos entre nós. (t)

<Moderador> [02].<Dejavu> Um novo “messias” poderia vir à Terra, nos dias atuais, no papel de Consolador Prometido?

<Nara_Coelho> Não haveria necessidade. O retorno de Jesus se fez através da Doutrina Espírita que é justamente o Consolador que Ele prometeu. (t)

<Moderador> [03] <Gilbert> Não é muita pretensão de nossa parte chamarmos o Espiritismo de o “Consolador Prometido” por Jesus?

<Nara_Coelho> Por quê? Se o Espiritismo nos dá todas as respostas capazes de sossegar o nosso coração, de falar ao nosso entendimento, preenchendo as lacunas deixadas pela cultura humana; se o Espiritismo preenche todas as expectativas anunciadas por Jesus por ocasião de sua passagem entre nós; se o Espiritismo nos diz de onde viemos, para onde vamos e o que estamos fazendo na Terra e, mais do que isso, nos ensina como viver Dizer que seria pretensão nossa seria considerar pretensiosas várias afirmativas do Mestre, dentre elas a que Ele se disse o caminho, a verdade e a vida. (t)

<Moderador> [04] <Jo> Tendo a certeza de que Jesus é o messias, como ficam os que não o conhecem ainda?

<Nara_Coelho> Ficam entre aqueles que virão a conhecê-lo. Certamente, são espíritos ainda imaturos no campo do aprendizado espiritual. Mas, de qualquer maneira, já foram beneficiados pelos melhoramentos que o mundo recebeu a partir do advento do Cristianismo. (t)

<Moderador> [05] <Dejavu> O Espiritismo é considerado a Terceira Revelação (após as revelações de Moisés e Jesus). Que dizer das demais revelações surgidas em outros povos, em outras épocas (China, Índia, Tibete, etc)?

<Nara_Coelho> Essas revelações do mundo oriental concentram ensinamentos que também participam das três revelações citadas. A verdade é uma só: está contida em todos os ramos do conhecimento humano, só que nós, os homens, temos o mau hábito de deturpar esses ensinos com os nossos próprios erros. Isto é, materializamos o que é espiritual. Como espíritas sabemos que ninguém está abandonado. Em qualquer parte do mundo somos espíritos em evolução. (t)

<Moderador> [06] <_Mara_> Qual o sentido exato da expressão: “…porque ele ficará convosco e estará em vós”, usada por você na introdução que fez ao tema?

<Nara_Coelho> O Consolador, que é a complementação dos ensinos de Jesus, na ocasião apropriada, ficará entre nós eternamente. Essa mensagem que nos instrui o espírito é fonte inesgotável de aprendizado. (t)

<Moderador> [07].<Caminheiro> O que devemos entender por “No principio era o verbo, e o verbo estava com Deus, e o verbo era Deus… E o verbo se fez carne e habitou entre nós…”(na introdução do Evangelho de João)? Será Jesus Deus, como querem os cristãos em geral, ou será ele o “Filho unigênito de Deus”, como se vê em várias partes do Novo Testamento?

<Nara_Coelho> Não! Com o Espiritismo sabemos que essa idéia de “no princípio era o verbo” é de influência grega responsável pela mitificação de Jesus. Jesus cansou de afirmar que era filho de Deus. Em diversas partes do Evangelho Ele se refere às ordens que recebeu de Deus. Não há dúvida quanto a individualidade do Mestre. Tampouco Ele é unigênito. Eis que existem muitos espíritos do nível de Jesus por esse Universo infinito. (t)

<Moderador> [08] <Jo> Que Jesus nos ama, não resta dúvida, pois nos deu inúmeras demonstrações; entretanto, como nós poderemos, também por nosso turno, darmos o testemunho de amor a Ele?

<Nara_Coelho> Isso é muito importante. Amamos a Jesus quando nos esforçamos para seguir-lhe os ensinos. Amamos a Jesus quando lutando para vencer as nossas más tendências. “Tomamos da nossa cruz e o seguimos” através da exemplificação que pudermos realizar. (t)

<Moderador> Duas questões que me parecem muito próximas: [09]. <Dejavu> Haverá uma Quarta Revelação? [10]. <Caminheiro> Jesus “voltará sobre as nuvens e todos verão o seu esplendor”? (Como nos ensina o livro do Apocalipse?)

<Nara_Coelho> Não haverá uma quarta revelação. Existe até “na praça” quem se auto-intitule de “A Quarta Revelação”, como a LBV e os Roustainguistas. Kardec nos disse que nunca deveríamos abrir mão do bom senso. Diante deste fato, é com bom senso que analisamos essas afirmativas. Nenhuma dessas duas “Quartas Revelações” apresentam fato novo que pudesse justificar essa afirmativa. Ao contrário, até apresentam postulados que significam um retrocesso na evolução do pensamento moderno. (t)

<Moderador> [11] <Jo> Qual o esclarecimento que você pode nos fornecer, para aumentar o nosso esclarecimento sobre Jesus, exemplos: o significado de Messias, Cristo, Jesus Cristo?

<Nara_Coelho> Messias significa o mensageiro de Deus. O que traz um recado de Deus. Cristo é o pensamento grego infiltrado no Cristianismo, mitificando um espírito cuja diferença reside na sua iluminação. É muito importante essa pergunta porque, como espíritas, precisamos trabalhar para restituir a Jesus o valor que lhe cabe. Precisamos, mesmo como espíritas, tirar o cunho igrejeiro que envolve a personalidade de Jesus, muitas vezes anulando-a. Jesus é o nosso irmão mais velho, mais experiente, mais iluminado, que por amor aos seus irmãos mais novos e a Deus. (t)

<Moderador> [12] <Gilbert> Que pensar dos irmãos de outras religiões. Eles continuarão a esperar o “Consolador Prometido por Jesus”?

<Nara_Coelho> A natureza não dá saltos. Eles, gradativamente, irão se dando conta da verdade. Deus nunca nos abandona e o Espiritismo não tem a pretensão de ser o único meio de evolução para o homem. Eles poderão chegar, e chegarão, à verdade, que está resumida em Jesus por caminhos diferentes. Certamente, demorarão um pouco mais. (t)

<Moderador> [13] <Jo> Com os esclarecimentos que você nos está oferecendo, mais sentimos o fortalecimento de nossa convicção. Perguntamos: o que podemos e devemos fazer, considerando que realmente o Espiritismo é o Consolador Prometido por Jesus?

<Nara_Coelho> Exemplificar. Acima de tudo, ter muita coragem para seguir os ensinos de Kardec, porque são eles que nos trazem de volta a lógica e a praticidade dos ensinos libertadores do Mestre. Mas, repito, precisamos ter coragem para não permitir que interferências “externas” influenciem na nossa exemplificação. Como nos disse Emmanuel: Cristianismo significa Cristo em nós. (t)

<Moderador> [14].<Jo> Como conciliar a moral e os ensinos de Jesus (se alguém lhe bater na face…), de mansidão e não violência, com o momento atual? Não estaríamos criando ovelhas para entregá-las aos lobos?

<Nara_Coelho> Não! Tais ensinos dizem respeito a nossa compreensão para com aqueles que ainda atuam na faixa da violência. Cabe-nos, com o conhecimento da Doutrina Espírita, melhorarmos de tal maneira a nossa faixa vibratória que nos coloquemos distantes da violência. E, além disso, trabalhar sempre para contagiar a todos que convivem conosco com a compreensão de quem sabe que é responsável pelo próprio futuro, para que também eles sejam estimulados a não violência. (t)

<Moderador> [15] <Dejavu> Jesus nasceu na Palestina, mas sua Doutrina se espalhou por toda Europa e Américas. O Espiritismo surgiu na Europa, mas hoje está confinado ao Brasil. Quando será que o Consolador chegará a todos os povos do planeta?

<Nara_Coelho> Ele não está confinado ao Brasil, ele é mais desenvolvido aqui, mas já dá os primeiros passos em outros países. Claro que sua caminhada tem sido mais lenta do que a prevista por Kardec. E eu, sinceramente, acredito que tal se dê por culpa do movimento espírita, que tem copiado muitas coisas pouco edificantes das religiões dogmáticas, comprometendo o avanço do Espiritismo. Cabe-nos, portanto, a nós, os espíritas deste final de milênio, a grande responsabilidade de nos manter fiéis ao ensinos de Kardec, única fonte segura de fazer propagar o Espiritismo. (t)

<Moderador> [16] <Biato> O Espiritismo, sendo o CONSOLADOR, no futuro teremos só uma religião ou crença?

<Nara_Coelho> Na verdade, Jesus não veio trazer-nos nenhuma religião. Até a palavra Cristianismo foi invenção dos homens. Jesus veio nos trazer a verdade que um dia será de conhecimento de todos. (t)

<Moderador> [17] <Caminheiro> Teria Jesus passado por muitas encarnações para evoluir e chegar ao grau evolutivo em que se apresentou a nós ou terá ele sido criado diferente dos outros homens, já cheio de conhecimentos e sabedoria?

<Nara_Coelho> Claro que passou por muitas encarnações em outros planetas. Por isso Ele tem moral para nos ensinar. Para nos concitar a segui-lo. Ele sabe, por experiência própria, qual o melhor caminho, qual a melhor forma de agir. Por isso, pode nos ensinar. Além do mais, com o Espiritismo sabemos que não existe privilégios nas Leis de Deus e entendemos porque o Mestre nos disse que poderíamos fazer tudo o que Ele fazia e muito mais ainda. (t)

<Moderador> [18].<Jo> Que conclusão devemos chegar sobre o pretenso “ecumenismo” das religiões, tendo em vista o Consolador Prometido?

<Nara_Coelho> Você disse bem: “pretenso”, porque, na realidade, o Espiritismo nunca faz parte desse ecumenismo, que só diz respeito às religiões dogmáticas. O que precisamos ter em mente é que não podemos engrossar as fileiras do sectarismo religioso, pois o Espiritismo não é uma religião salvacionista. Precisamos estar atentos para não nos sentirmos superiores aos nossos irmãos de outras religiões, fazendo a nossa parte para que o Espiritismo possa realmente transformar para melhor o Homem Moderno. (t)

<Moderador> [19].<Caminheiro> Ecumenismo, em seu fundo mais filosófico e moral, não significaria “união no que há de comum”, e, portanto, não seria uma bandeira a se abraçar nas fileiras espíritas?

<Nara_Coelho> O ideal é que fosse. Só que existe muito Centro Espírita que se permite misturar conceitos outros que não os preconizados pelo Espiritismo. Precisamos estar atentos a isso para que não ocorra com o Espiritismo, em nome da tolerância, o mesmo que aconteceu com o Cristianismo; ou seja, a sua deturpação. (t)

Considerações finais do palestrante:

<Nara_Coelho> Foi muito bom estar aqui mais uma vez. O Espiritismo realmente nos desperta a mente para a profundidade dos ensinos de Jesus. É importante que nunca nos cansemos de estudá-lo. E mais ainda, que estudemos tudo o que estiver ao nosso alcance para fortalecer a nossa convicção espírita. O Espiritismo não pode ser contaminado pelo misticismo, nem pelo fanatismo, o que é sempre mais fácil quando não estudamos. Estar sempre em dia com os preceitos de Kardec para que recusemos informações que fujam da codificação. Graças a ela é que entendemos Jesus. É que sentimos sua presença ativa, constante e capaz de nos conduzir a uma vida mais feliz, longe da tristeza do Cristianismo oficial e perto das esperanças e certezas do Cristianismo de Jesus. Com o Espiritismo, Jesus desceu da cruz, matou a morte e nos proporciona um destino de responsabilidade, mas de liberdade. Somos artífices do nosso futuro. Não precisamos ser “santos” para segui-lo, mas precisamos ter determinação e vontade de atuar no bem. Jesus apresentando-nos o Espiritismo através do Espírito da Verdade, cortou-nos os grilhões com o passado, permitindo-nos desvendar um horizonte cheio de luz e paz que já podemos vislumbrar nas pequenas alegrias que conseguimos atingir através do esforço no bem. Meu abraço amigo a todos e a minha gratidão pelo carinho com que me receberam, pedindo a Jesus que nos abençoe nessa caminhada evolutiva, quando, certamente, estamos decididos a segui-lo, apesar da nossa pequenez. Um grande abraço e até a próxima, se Deus quiser! (t)

Oração Final:

<Dejavu> Pai nosso, agradecemos pelas elucidações obtidas aqui nesta noite, as quais, certamente, serão motivo de reflexões e tocarão as mentes dos muitos espectadores encarnados e desencarnados que acompanharam a palestra, e também daqueles que terão acesso a ela, posteriormente. Que a tua luz e a tua paz atinjam todos nossos corações e abram os horizontes que nos conduzirão rumo à elevação. Perdoa-nos e ampara-nos sempre! Amém!

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior