Tamanho
do Texto

Jesus e o Evangelho

Andréia Azevedo

Oração Inicial:

<Safiri> Amigos
vamos começar o estudo da noite com a prece de Cáritas

Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a
força àqueles que passam pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade,
ponde no coração do homem a compaixão e a caridade. Deus ! Dai ao viajor a
estrela guia,
ao aflito a consolação,
ao doente o repouso.
Pai ! Dai ao culpado o arrependimento,
ao Espírito a Verdade,
à criança o guia,
ao órfão o pai.
Senhor !
Que vossa bondade se estenda sobre tudo que criastes. Piedade, Senhor,
para aqueles que vos não conhecem,
esperança para aqueles que sofrem.
Que a vossa bondade permita aos Espíritos consoladores derramarem por toda parte
a Paz, a Esperança e a Fé. Deus !
Um raio, uma faísca do vosso amor pode abrasar a terra; deixai-nos beber nas
fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão,
todas as dores se acalmarão.
Um só coração,
um só pensamento subirá até vós,
como um grito de reconhecimento e de amor. Como Moisés sobre a montanha,
nós vos esperamos com os braços abertos, oh! Bondade,
oh! Beleza,
oh! Perfeição,
e queremos de alguma sorte merecer a vossa misericórdia. Deus !
dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até vós; dai-nos a
caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará das
nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Imagem.

Que assim seja !

Exposição:

<Safiri> Queridos amigos, muito boa Noite. Começamos hoje o estudo
sobre Jesus.

O mês de dezembro sempre foi para mim um mês abençoado. Caminhando pelas ruas
podemos observar algo que não vemos o ano todo: A magia do amor. O nascimento de
Jesus nos traz a mente a esperança de que alguém veio até nós para nos ajudar,
para nos ensinar a entrar no reino de Deus. Então como a maioria das pessoas ,
mesmo que seja por minutos voltam seus pensamentos até Ele, elas na verdade
estão enchendo nosso planeta de boas intenções e vibrações. Esse sentimento que
meche conosco nessa época do ano, um sentimento que reúne família, amigos, que
faz dois ou mais seres se reunirem em nome de Jesus numa noite , é um sentimento
de amor, de fé de esperança. Não percebemos como ficamos inundados em uma brisa
de paz. Esse sentimento nos faz refletir. Alguns podem percebê-lo. Outros não ,
mas mesmo esse , recebe o amor do menino Jesus através de seu rostinho iluminado
que põe em nossas mentes quando damos as mãos para um oração na noite de Natal.
Esse menino Jesus , que até hoje nos enche a alma de amor e fé teve uma grande
missão no planeta Terra. Nasceu para que nós pudéssemos ser arrebatados de tanto
sentimento impuro que ainda carregamos mesmo tendo passado 2000 de Sua passagem
pela Terra. Jesus é o mais notável Ser da História da Humanidade. A Sua vida e a
Sua Obra são os mais comentados e discutidos dentro todas as que já passaram
pela cultura e pela civilização através dos tempos. Vivendo numa época em que
predominava a ignorância em forma de sombra individual e coletiva, qual ocorre
também nesses dias, embora em menor escala, Jesus cindiu o lado escuro da
sociedade e das criaturas, iluminando as consciências com a proposta de
libertação pelo conhecimento da verdade e integração nos postulados soberanos do
amor. Incompreendido, assediado pela astúcia e perversidade , perseguido
tenazmente, jamais se deixou atemorizar ou desviar-se do objetivo para qual
viera, conseguindo perturbara astúcia dos adversários inclementes com respostas
sábias e lúcidas calcadas no reino de Deus, cujas fronteiras se ampliavam
albergando todos os seres humanos sedentos de justiça , esfaimados de paz,
carentes de amor.

… E nunca foi ultrapassado.

Superior às conjunturas que defrontavam pelo caminho e incólume às tentações
do correio humano, por havê-las superado anteriormente , apequenou-se sem
diminuir a própria grandeza, misturando-se ao poviléu, e destacando-se dele
pelos grandiosos atributos da Sua Realidade espiritual. Exemplo da perfeita
identificação da anima com o animus , Ele é toda harmonia que cativa e arrebata
as multidões. Mas não se permitiu impedir o holocausto para o qual viera, nem o
padecimento de muitas aflições que se impusera, para ensinar elevação espiritual
e moral, desprendimento e abnegação àqueles que O quisessem seguir. Jamais a
humanidade voltaria a viver dias como aqueles em que Ele esteve com as
criaturas, sofrendo com elas e amando-as , ajudando-as e entendedo-as, o tempo
em que tomava exemplos da Natureza e na sua pauta incomparável cantava a melodia
extraordinária da Boa Nova. E ainda hoje a Sua voz alcança os ouvidos de todos
aqueles que sofrem, ou que aspiram pelos ideais de beleza e de felicidade, ou
que anelam por melhores dias, emulando-os ao prosseguimento da tarefa e à
auto-superação, ambicionando a plenitude. Historicamente são muito escassas as
referências a Jesus. Flávio Josefo, por exemplo, historiador do povo hebreu, ao
terminar o século I, por ocasião do ano de 62, quando foi lapidado o discípulo
Tiago, informou com expressiva síntese: Tiago, o irmão de Jesus, chamado Cristo,
aí encerrando a breve referência. Posteriormente, na Sua Obra Antiguidades
Judaicas, entreteceu mais ampla considerações, que parecem haver sido
melhoradas: Nessa época viveu Jesus, um homem excepcional, porque realiza coisas
prodigiosas. Conquistou mais adeptos entre os judeus a até entre os helenos.
como os divinos profetas o haviam declarado. Nos nossos dias ainda não acabou a
linhagem dos que, por causa dele, se chamam cristãos. como os divinos profetas o
haviam declarado. Nos nossos dias ainda não acabou a linhagem dos que, por causa
dele, se chamam cristãos. No século II, Tácito, famoso historiador romano, nos
seus Anais, retratou as justificações de Nero do incêndio da Cidade, que ficou
devastada no ano de 64 d.C., através das seguintes palavras: Nero procurou os
culpados e infligiu refinados tormentos àqueles que eram detestados pelas suas
abominações e a que a multidão chamava cristãos. Este nome vem de Cristo, que o
Procurador Pôncio Pilatos entregou ao suplício. Mais tarde em memorável carta ao
imperador Trajano, Plínio, o Jovem, comentando os ritus cristãos, detalhou:
Reúnem-se numa data fixa, antes do nascer do Sol, e cantam entre eles um hino ao
Cristo como a um deus. Comprometem-se sob juramento a não cometer roubos,
assaltos ou adultério, e a nunca abdicarem da fé. Não obstante, das inexauríveis
fontes do Mundo Espiritual nunca cessaram as informações sobre a Sua estada
entre os homens e a Sua permanência aguardando que se opere a transformação das
criaturas e da sociedade em consonância com os seus ensinamentos. O legado por
Ele deixado para a Humanidade, porque nada escrevera, experimentou rudes
alterações através dos evos. A princípio pela dificuldade de ser traduzido
corretamente do hebraico, havendo passado para o grego, e posteriormente para o
latim, que facultava muita obscuridade nos textos, foi apresentado em diversos
fragmentos e interpretações que ficaram denominados como itálicos, cabendo ao
papa Damaso solicitar a S.Jerônimo que compreendesse a grande tarefa de revisão
do Novo Testamento e do Saltério, para o latim, o que ocorreu em Roma em 383.
Após a desencarnação do papa, seu protetor S. Jerônimo se refugiou em Belém para
dar prosseguimento à Obra, revendo o texto da tradução latina, comparando-a com
o grego, a fim de aperfeiçoa-la e apresentado-a como definitiva, alongando-se o
mesmo trabalho pelo Velho Testamento. No entanto, esse labor hercúleo, mesmo
enquanto se encontrava no corpo o seu tradutor, foi contestado por S.Agostinho,
para ser adotado por todos os povos cristãos, mis tardem a partir do século
VIII. Sucessivamente os Concílios foram apresentando alterações, correções,
interpolações, que mutilaram muitos conceitos do Mestre e geraram grandes
perturbações, a fim de atenderem a interesses inconfessáveis de indivíduos e
grupos políticos durante o largo período dos imperadores romanos. Permaneceu, no
entanto, a essência dos Seus ensinos, que se encontravam sintetizados no amor a
Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Nosso estudo de Jesus ,
nesses quatro sábados será orientado pelo grande espírito Joanna de Ángelis
intitulado “Jesus e o Evangelho” . no grande trânsito que se opera para a
mudança de provas e expiações , para mundo de regeneração. Nossa maior arma
contra os dissabores da vida que se apresentam através de tantos sentimentos
inferiores , nada mais é do que nosso próprio condicionamento ao amor de Jesus:
Ao Amor Incondicional e a Fé inabalável. Há 2000 anos Ele nos trouxe tantos
ensinamentos e consolo que nos dá bálsamo às nossas vidas nos momentos tão
difíceis de se conciliar e compreender. Seria tão mais fácil se de fato
tivéssemos Seu amor em nosso coração carregando-o conosco no dia a dia , não é
mesmo ? Mas porque isso não acontece ? Porque sempre esquecemos da importância
de uma de Seus grandes ensinamentos: Orai e Vigiai. Sabemos bem que em qualquer
momento de dúvida , dor ou cólera, um minuto de pensamento ao Plano maior , nos
é dado o grande bálsamo às nossas almas. O amparo espiritual está sempre ao
nosso lado, é só pedirmos : Pedi e obtereis! Que Deus nosso amado Pai, nos
permita então relembrar e fazer com que os ensinamentos de nosso amado Jesus
esteja entre nós para todo o sempre. E que possamos nós através de tão nobre
sentimento , levar a paz , amor e felicidade aos que ao nosso lado estão.
Obrigada (t)

Perguntas/Respostas:

01 <ZigDig> Muito ouve-se falar de Jesus… muito exaltada a sua figura,
todavia ainda percebe-se um ranço igrejeiro na forma como adornamos nossas
preces a ele.. Não seria mais coerente com a figura de Jesus orarmos a Deus
diretamente??

<Safiri> Nossas orações na verdade , sempre seguem ao plano espiritual maior.
Que trata os pedidos e atende na medida do possível e merecimento. Quando
elevamos nossos pensamentos a Deus / Jesus / ou a algum “Santo” , na verdade
estamos elevando nosso pensamentos ao plano espiritual. Oramos sempre a uma
inteligência suprema e maior que nossos conhecimentos em busca de paz , consolo
e balsamo as nossas dores e almas. Kardec nos responde em sua primeira pergunta
aos espíritos : O que É Deus ?
E eles nos respondem :
Deus é a inteligência suprema, causa primaria de todas as coisas.

<ZigDig> Desculpe Safiri, mas a pergunta é “Que é Deus?” como você a colou da
a impressão de que Deus é uma coisa..

<Safiri> Não devemos então nos apegar à quem devemos encaminhar através de
nossos pensamentos nossas orações mas sim ao que intencionamos receber e /ou
pedir. Jesus, é nosso mentor espiritual.

Veio até nós para tirar a nevoa que estava a nossa frente através de seus
ensinamentos.

<Safiri> Zig, Foi de propósito que eu coloquei em maiúsculo. Ainda não temos
inteligência suficiente para compreender a grandeza de Deus. Kardec também não
tinha , e querendo questionar sobre Deus, perguntou dessa forma. (t)

02.<ZigDig> mas a pergunta é Que é Deus e não O que é Deus… Podemos
adentrar nos Evangelhos? Há algumas questão que me intrigam muito..! Como por
exemplo, Ninguém vai ao pai se não por mim.. eu sou o caminho a verdade e a
vida..
Acho isso de um completo mau gosto!
o que me diz? (t)

<Safiri> Explique melhor o completo mau gosto

<ZigDig> estas palavras ofendem as doutrina orientais por exemplo, as quais
não tem na figura de Jesus nenhum ponto especial, aliás a maioria do que
supostamente Jesus falou já foi dito há 2.000 anos antes dele..! portanto..
considero questionável todos os pontos do Evangelho…! inclusive no que toca a
personalidade de Jesus..!??

<Safiri> Jesus trouxe até nós , o que necessitávamos conhecer para melhor
nosso padrão vibracional e moral. Você não precisa ter uma religião em seu
coração para chegar a Deus. Mas necessita ter o Amor incondicional, a Fé
inabalável, a Caridade, A paciência … Necessita deter os sentimentos
inferiores como o ódio, a mágoa, a agressividade, a impulsividade, a tristeza, o
desânimo, a preguiça etc Jesus não veio Criar religiões
Jesus veio nos ensinar
A sermos humildes , caridosos, amorosos. O evangelho de Jesus é muito rico
E quando Ele quis dizer que ninguém chega ao Pai senão por Ele, foi no sentido
de estabelecermos todos os fatores edificantes em nosso ser . (t)

03. <ZigDig> Pelo fato de ser muito rico é inquestionável?

<Safiri> Não entendi a pergunta Zig

<ZigDig> Tenho em mãos o Vocabulário Técnico e crítico da Filosofia, nele o
Espiritismo está como “… dogmático” isso porque assim se apresenta a filosofia
espírita.. é porque isso acontece.. justamente pela questão da
inquestionabilidade dos Evangelhos..! Eu posso ser espírita sem essa idéia de
Jesus? Eu posso encarar Jesus como um espírito não tão evoluído assim? Não..
parecerá heresia..!
Jesus além de tudo, no meu ponto de vista, foi um homem.. judeu, viveu
condicionado as leis da sua época..! aprendeu a cultura e isso forjou parte de
sua personalidade..! esse cara doce.. eu não concordo..!
pra mim, ele foi muito enérgico e as vezes violento..! Para condenar a
hipocrisia, ainda mais dos doutores da lei..

<Safiri> Podemos discutir essas questões em outra oportunidades .. hoje
estamos falando sobre Jesus e o Evangelho e gostaria de manter o foco Nele ,
certo ?

<ZigDig> e não é sobre isso que falo?
Estou falando restritamente de Jesus e o Evangelho..!

<Safiri> Zig, você está questionando . E nós estudando.

<ZigDig> Idolatraram Jesus e isso não deve o agradar, pois ele queria
seguidores.. e não adoradores..! estou errado?

<Safiri> Zig… ponho o foco no que disse acima. Não importa o exterior
importa o que temos a aprender com Jesus. Amigos, já está no nosso horário.
Zig, venha estudar conosco nos próximos sábados .. estaremos falando sobre Jesus
também .

Oração Final:

<ZigDig> Vamos voltando aos nossos corações pois lá
está o amor..!
Senhor Deus nosso Pai amantíssimo..
A Vós rogamos as bênçãos e a luz..
da vossa misericórdia..!
Que as nossas mentes se aclarem..
para um melhor entendimento da vossa
justiça sábia, justa e perfeita..!
que os disparates do nosso orgulho se abrandem..! quando convosco sintonizamos..
perdoai nossas faltas e nossos erros
abraçai as nossas virtudes pontecializando-as para melhor vivermos e usufruirmos
da vossa herança;;! Abençoai.. abençoai nossos lares e o de nossos irmãos..!
abençoai nossas mãos que hora digitam esta prece abençoai nossa visão e todos os
nossos sentidos..! ajuda-nos sempre Senhor… para sermos cada vez mais
felizes..! que a Vossa paz esteja sempre conosco..! Que assim seja!
(t)

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior