Tamanho
do Texto

Lembrança da Existência Corpórea

Lembrança da Existência Corpórea

“O Livro dos Espíritos” – Questões 304 a 319

Estudo Espírita
Promovido pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
Centro Espírita Léon Denis
http://www.celd.org.br

Expositor: Andréia Azevedo – Safiri
Osasco
27/01/2001

Dirigente do Estudo da Noite:

Mauro Bueno

Oração Inicial:

<Wania> Boa noite, amigos! Unamos nossos pensamentos em torno do Mestre, e roguemos assim. Senhor da Vida, aqui estamos, diante de Ti, rogando ao Teu coração generoso e amigo que nos ampare neste momento. Envolva-nos em vibrações de Paz, de Amor, de Luz. Faça deste ambiente, mais um ponto de Luz para todos que por aqui passarem. Que possamos sempre levar aos amigos, a palavra que esclarece, e que consola. Que nunca nos falte a vontade de Te servir. Ampara a nossa amiga Safiri, que conduzirá o estudo da noite. Que ela seja envolvida pelos espíritos amigos durante a tarefa da noite. E, que de nossa parte, possamos te dizer: Obrigada, Senhor, pela oportunidade que nos concede. Que seja em Teu nome, em nome dos espíritos coordenadores deste trabalho, mas sobretudo em nome de Deus, a realização de mais um momento de estudo, prece e meditação. Que assim seja!

Mensagem Introdutória:

POR NÓS MESMOS

Quando a morte do corpo terrestre nos conduz à sociedade dos espíritos, muitas vezes somos cercados pelo amor puro, a mergulhar-nos em divino clarão.

Antigos afetos, que o tempo não nos riscou da memória, ressurgem, de improviso, envolvendo-nos na melodia da ventura ideal; amigos, a quem supúnhamos haver servido com algum pequenino gesto beneficente, repontam do dia novo, descerrando-nos os braços; sorrisos espontâneos, por flores de carinho, desabrocham em semblantes nimbados de esplendor.

Quase sempre, contudo, ai de nós!… Reconhecemo-nos no festival da alegria perfeita, à feição de lodo movente, injuriando o carro solar. Quanto mais a bondade fulgura em torno, mais nos oprime o peso da frustração.

Temos o peito, qual violino de barro, que não consegue responder ao arco de estrelas que nos tange as cordas desafinadas, e, do coração, semelhante a címbalo morto, a penas arrancamos lágrimas de profundo arrependimento para chorar.

Lamentamos então as lutas recusadas e as oportunidades perdidas! Deploramos a passada rebeldia, ante os apelos do bem que nos teriam conquistado merecimento, e a fuga deliberada aos testemunhos de humildade que nos haveriam propiciado renovação. Sentimo-nos amparados por indizíveis exaltações de claridade e ternura; no entanto, por dentro, carregamos ainda remorso e necessidade.

É assim que nos excluímos, por nós mesmos, da assembléia gloriosa, suplicando o retorno às arenas do mundo, até que a reencarnação nos purifique, nas aquisições de experiência e valor.

Alma que choras na teia física, louva o tronco de sofrimento a que te encontras temporariamente agrilhoada na Terra! Abençoa os espinhos que te laceram.

Abençoa o pranto que te lava os escaninhos do ser. Executa com paciência o trabalho que a vida te pede, porque, um dia, os companheiros amados que te precederam na vanguarda de luz estarão contigo, em preces de triunfo, a desatarem-te as últimas algemas, de modo a que lhes partilhes os cânticos de vitória, na grande libertação.

Emmanuel

Do Livro: Justiça Divina
Psicografia: Francisco Cândido Xavier
Editora: FEB

Exposição:

<Safiri> Boa noite, queridos amigos.

Vamos hoje falar um pouco sobre a Lembrança da Existência Corpórea. Que Deus, nosso amado Pai, possa nos guiar nesta noite de estudos. Acalentar nossas almas, brandar nossos corações para que esta sementinha, a sementinha da busca do conhecimento, o estudo disciplinado da doutrina, entre em nós, cresça e frutifique. Que Deus nos abençoe.

É muito comum, procurarmos saber o que acontece com nossas lembranças , uma vez desencados. O espírito, na verdade, se lembra de sua existência terrena, na medida que necessita da informação. Não há portanto, uma necessidade intrínseca das informações como um todo , obtidas durante sua encarnação. Ele, pode-se lembrar de detalhes minunciosos , inclusive pensamentos se isso lhe for de alguma utilidade, mas comumentemente, o espírito busca lembranças que o façam sentir bem ou que o ajude em sua atual condição a entender suas necessidades e razões por estar na situação atual que se encontra. Ele vê e percebe a necessidade de purificação para sua evolução , por isso compreende que evoluí a cada existência.

As vidas passadas do espírito podem se apresentar de duas formas: – Através de um quadro diante de sua memória como se fosse na verdade filmes a serem trasnmitidos à sua mente – ou através de sua imaginação.
Essas lembranças são trazidas de acordo com o grau de importância para esse espírito. Quanto mais evoluído estiver, menos se lembrará das coisas materias.

Ele somente trará para si, lembranças que o farão progredir e continuar na escala evolutória. As demais caem no esquecimento. Suas lembranças, vêm de todas as suas vidas, não somente a última deixada . As primeiras , as quais podem ser lembradas como a infância do espírito, perdem-se no vazio e desaparecem na noite do esquecimento. O espírito sente-se feliz por encontrar-se na nova situação. Pois a veste que nós encarnados aqui usamos , é na verdade uma veste que nos embaraça e nos aprisiona. Uma vez, seu corpo em decomposição, o espírito percebe-o como uma coisa normal e isso não agride seus olhos. Mesmo após um certo lapso de tempo(1).Com relação as boas lembranças da vida, como os prazeres terrenos, somente os espíritos inferiores a cultivam e sentem falta. Os espíritos mais evoluídos valorizam a felicidade eterna . Pois já conseguem compreender mais o amor verdadeiro. Ele é mais desprendido das coisas terrenas, bens materiais e prazeres.

Normalmente, o espírito quando deixa a terra, não sente falta das tarefas que vinha executando, incluindo tarefas edificantes relacionadas a humanidade. Este, sabe que suas obras continuarão, e que pode continuar influenciando de certa forma para a boa continuidade. Os espíritos , dependendendo de seu grau evolutório e de sua missão é simpático aos trabalhos na terra relacionados as ciências e artes. O amor a sua pátria segue o mesmo principio, sabendo que a pátria é o universo.

” As condições dos Espíritos e as maneiras por que vêem as coisas variam ao infinito, de conformidade com os graus de desenvolvimento moral e intelectual em que se achem. Geralmente, os Espíritos de ordem elevada só por breve tempo se aproximam da Terra. Tudo o que aí se faz é tão mesquinho em comparação com as grandezas do infinito, tão pueris são, aos olhos deles, as coisas a que os homens mais importância ligam, que quase nenhum atrativo lhes oferece o nosso mundo, a menos que para aí os leve o propósito de concorrerem para o progresso da Humanidade. Os Espíritos de ordem intermédia são os que mais freqüentemente baixam a este planeta, se bem considerem as coisas de um ponto de vista mais alto do que quando encarnados. Os Espíritos vulgares, esses são os que aí mais comprazem e constituem a massa da população invisível do globo terráqueo. Conservam quase que as mesmas idéias, os mesmos gostos e as mesmas inclinações que tinham quando revestidos do invólucro corpóreo.

Metem-se em nossas reuniões, negócios, divertimentos, nos quais tomam parte mais ou menos ativa, segundo seus caracteres. Não podendo satisfazer às suas paixões, gozam na companhia dos que a eles se entregam e os excitam a cultivá-las. Entre eles, no entanto, muitos há, sérios, que vêem e observam para se instruírem e aperfeiçoarem. ”

Quando o espírito se encontra em sua nova situação, suas ideias tambem sofrem modificações a medida que o espirito se desmaterializa. Numa vida espiritualizada, ele aos poucos abandona os sentimentos ligado a matéria e evolui. Quando ele reentra no mundo dos espíritos, ele se espanta, mas isso ocorre somente no momento de perturbação. Aos poucos ele entende seu novo estado e continua na busca de sua evolução.

Como diz Emmanuel em O Consolador…

” Desencarnar é mudar de plano, como alguém que se transfere de uma cidade para outra sem que o fato lhe altere as infermidades ou as virtudes com a simples modificação dos aspectos exteriores. Importa observar apenas a ampliação desses aspectos, comparando-se o plano terrestre com a esfera de ação dos desencarnados. Imaginai um homem que passa de sua aldeia para uma metrópole morderna. Como se haverá na hipótese de não se encontar devidamente preparado em face dos imperativos de sua nova vida ? A comparação é pobre , mas serve para esclarecer que a morte não é um salto dentro da Natureza. A alma prosseguirá na sua carreira evolutiva, sem milagres prodigiosos. Os dois planos, visível e invisível, se interpenetram no mundo, e, se a criatura humana é incapaz de perceber o plano da vida imaterial, é que o seu sensório está habilitado somente a certas percepções, sem que lhe seja possível, por enquanto, ultrapassar a janela estreita, dos cinco sentidos. ”

  • O Consolador – Emmanuel.
  • Livro dos Espíritos – Perguntas 304 a 319 Faça Download em http://www.febrasil.org.br/lesp_br.htm

Obrigada amigos (t)

(1) A boa percepção do corpo em decomposição ocorre em casos de desencarne natural, somente.

Perguntas/Respostas:

[01] <Opio-DF> O que os doutores acham da ignorância (t)

<Safiri> Opio, não entendi muito bem a questão, mas a ignorância é tão somente a falta de oportunidade de conhecimento, ligado a esclarecimento de alguem mais lúcido em si, ou de uma entidade que se façam presentes à pessoas que necessitam de informação. O ignorante pode não saber e pode também não querer saber. (t)

[02] <Flor_AmorEterno> Boa Noite a todos, Safiri quais seriam os cinco sentidos da nossa estreita janela? (t)

<Safiri> Ola Flor.
Seriam os nossos conhecidos … visão, audição, olfato, tato, e paladar. Os demais sentidos , muitos de nós ainda não os conhecemos ou estamos tão presos ao mundo que vivemos que não nos deixamos perceber que há mais do que nossas condições lógicas nos permite enxergar. (t)

[03] <Fofa_> Boa noite irmaos!
Safiri, de que forma podemos ajudar uma pessoa que tem grande conhecimento, estudos, mas o Espirito ainda é muito fraco, a pessoa é insegura, medrosa, tem uma vida em que tem estudos, trabalho, conhecimento, mas o Espirito não evolui. O que fazer? (t)

<Safiri> Boa noite amiga Fofa_
Eu entendo muito bem o q vc quer dizer. Não basta apenas o conhecimento, o estudo. Temos q ser fortes e disciplinados dentro da doutrina. O medo, nada mais é do que a falta de fé. A fé inabalável, é a fé almejada por todos nos. Muitos de nos ainda nao acreditamos que podemos. Isso me lembra uma frase de Cristo: ” Vós sois Deuses. Podeis fazer tudo o que faço e muito mais ” Por que não acreditamos nisso ? Porque nos falta ainda fé. Não culpo esta pessoa. E o estado atual dela é muito provavelmente um estado de transição entre o mundo material e o mundo que começa a vislumbrar mediante aos estudos. O que eu orientaria é termos muita paciência e fé . Pois um dia o sol irá brilhar com todo seu resplendor para ela. Seja sempre sua amiga, dando apoio e tentando mostar que ao lado de Jesus, somos FORTES. (t)

[04] <{reinaldo}> boa noite e paz a todos! É possível e, em caso afirmativo, qual seriam os meios de alargar esta nossa janela estreita? (t)

<Safiri> Boa noite Reinaldo.
Sim. É possível alargar essa nossa janela estreita. Não vejo outro caminho para isso, senão através da oração. Que é o caminho que nos liga ao plano maior. A oração abre um canal vibracional que permite perceber com mais atenuância as instruções e inspirações dos bons espíritos. Dessa forma também, nos desligamos das más vibrações do plano inferior e podemos “sentir” mais o amor de Deus e nos ligar ao plano maior. (t)

[05] <Flor_AmorEterno> Acho que compliquei o texto colado, pois achei que quanto os sentidos fossem no plano mental, após o nosso desencarne, mas minha pergunta é ” Em sonho ja vivi experiências de vidas passadas mais de 1 (uma), e algumas de forma clara, que nome poderiamos dar a um mesmo sonho mas em relação ao “futuro”, quero dizer é como se fosse um pequeno filme no qual me via ja num “futuro” próximo ? (t)

<Safiri> Ola flor
Você fala sobre sensação de Deja vu ?
Se for, o espírito tem o “dom” de antever o seu futuro. De forma análoga ao seu passado (t)

[06] <Loirinh> Safiri, aqui no Brasil é muito grande o que chamam de “baixo espiritismo” ou macumba. E existem pessoas que são influenciáveis e outras não. Por que isso acontece e como podemos ajudar uma pessoa que é fraca e se deixa levar? (t)

<Safiri> Oi Loirinh…
Hummmm…. vamos lah.
Quando você fala de macumba você deve estar falando sobre umbanda ou outra religião ligada. Eu não chamaria de “baixo espiritismo”. Eu diria que as pessoas ligadas à essa religião , precisam nesse momento estar ligadas a ela e isso funciona como um ponto de transição apenas. As vezes , nossos amigos da espiritualidade maior não conseguem chegar até as pessoas porque nelas faltam o dom de conhecer o que hoje já conhecemos. Muitas pessoas ainda são ligadas a ritus. O que ocorre nessas religiões. No espiritismo baseado nas obras de Alan Kardec, há toda a explicação de que necessitamos. Porém, não causa interesse em muitas pessoas que necessitam “ver”. Compreende ? Por isso tudo há um tempo. A macumba, uma pergunta até presente no livro dos espiritos, não nos atinge. Deus não permitiria, a não ser q o “alvo” esteja no mesmo campo vibracional. Quanto a pessoa em questão, creio que podemos trocar informações. Mas deixemos que o livre arbítrio haja. E oremos, para que a luz chegue com mais intensidade, fazendo com que ela comece a se interessar mais pelos estudos do que pelos ritus em si. (t)

[07] <Loirinh> mas isso faz mal a outras pessoas ?

<Safiri> 551 LE: Pode um homem mau, com o auxílio de um mau Espírito que lhe seja dedicado, fazer mal ao seu próximo?

Não; Deus não o permitiria.

Dê uma olhada para mais detalhes, no Livro dos Espiritos 🙂 (t)

[08] <Fofa_> As visitas noturnas acontecem para nos dizer algo, mostrar algo, mas como vamos saber o que é, se nao lembramos? O que fazer pra lembrar? (t)

<Safiri> Visitas noturnas… Elas muitas vezes podem acontecer para nos dizer algo . Podem muitas vezes acontecer para matarmos saudades de entes queridos. Lembrarmos dessas visitas , ou desses avisos , irá depender da necessidade. Nós podemos realmente nao nos lembrar, mas nossos espíritos sentem. Temos a sensação de como agir numa determinada situação no dia posterior ao sonho. Eu costumo fazer uma oração, que tem no Evangelho , todas as noites que diz :

No Momento de Dormir

“Meu espirito vai encontrar-se agora com os demais. Que venham os bons ajudar-me com seus conselhos. Meu anjo guardião, fazei com que eu ao acordar , possa conservar uma impressão durável e benéfica desse encontro ” Sempre dá resultado 🙂 (t)

[09] <Fofa_> Uma pessoa que é super dotada em música, se realiza hiper bem na carreia de música, mas como fazer com que o espirito desta pessoa que anda muito pertubado, se encontre, com que esta pessoa não sofra mais em outros lados, como emocional.? A Música é o mais nobre dom que Deus nos deu, como fazer com que a pessoa realmente se encontre, ela ama música de paixaão, faz tudo pela música, mas nao consegue se achar no lado emocional ?

<Safiri> Eu toco tambem. E vou te dar meu exemplo. Muitas vezes , ou sempre, quando tocamos, nos ligamos diretamente ao plano maior. Eles , usam nossas músicas para leva-las a outros espíritos que necessitam, que acabam de desencarnar , enfim, a música é um dom de Deus sim. E quando eu toco , fico serena, mas sinto falta de algo que não sei explicar. Ou não sabia. Na verdade nosso espírito sente a presença dos bons amigos e por vezes desejamos interiormente estar junto deles. A busca de um amor, de algo que não compreendemos bem e q nao encontramos na terra , nos faz sentir assim. Se você percebe isso nessa pessoa, procure conversar com ela e faze-la entender de que tudo há um tempo. E que um dia encontraremos a tão desejada felicidade, a qual, não se resume ao amor terreno que conhecemos. Foi dificil para mim. Mas compreendi (t)

[10] <Flor_AmorEterno> Após desencarnarmos por quantos estágios passamos, e em que momento sentimos a necessidade do retorno? :).(t)

<Safiri> Difícil dizer Flor.
Isso vai depender muito da evolução do espírito. E da dedicação em sua jornada evolutiva. Você me fez lembrar do Livro Fernão Capelo Gaivota, quando numa passagem um espírito de luz diz a ele :

“Você não imagina quantos mundos você não precisou passar para chegar aqui”.

Quanto ao retorno, o espírito sempre sente quando é chegada a hora Isso se ele tiver condições para isso. O que não acontece no caso de um suícida (t)

Oração Final:

<MBueno> Senhor, ensina-nos:
a orar sem esquecer o trabalho;
a dar sem olhar a quem;
a servir sem perguntar até quando;
a sofrer sem magoar seja a quem for;
a progredir sem perder a simplicidade;
a semear o bem sem pensar nos resultados; a desculpar sem condições;
a marchar para frente sem contar os obstáculos; a ver sem malícia;
a escutar sem corromper os assuntos;
a falar sem ferir;
a compreender o próximo sem exigir entendimento; a respeitar os semelhantes, sem reclamar consideração; a dar o melhor de nós, além da execução do próprio dever, sem cobrar taxa de reconhecimento. Senhor, fortalece em nós a paciência para com as dificuldades dos outros, assim como precisamos da paciência dos outros para com as nossas dificuldades. Ajuda-nos, sobretudo, a reconhecer que a nossa felicidade mais alta será invariavelmente, aquela de cumprir-te os desígnios onde e como queiras, hoje agora e sempre.

Emmanuel

Assim Seja!

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior