Tamanho
do Texto

População do Globo. Sucessão e aperfeiçoamento das raças. Obstáculos à reprodução.

População do Globo. Sucessão e aperfeiçoamento das raças. Obstáculos à reprodução.

“O Livro dos Espíritos”
Questões 686 a 694

Estudo Espírita
Promovido pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
Centro Espírita Léon Denis
http://www.celd.org.br

Expositor: Flávio Mendonça
Rio de Janeiro
12/01/2002

Dirigente do Estudo:

Rosângela Pertile

Oração Inicial:

LuFrancis > Vamos asserenar nossos corações, para nossa prece inicial.Amigo Jesus, Amigos Espirituais, mentores desse trabalho, que possamos nos ver envolvidos em paz, em harmonia, a fim de podermos hoje tirar as melhores lições para nosso aprendizado através do estudo da noite. Que nosso expositor se veja envolto em serenidade e em luz e que todos nós possamos agradecer pela Dádiva de podermos estar aprendendo pelos braços do amor. Assim, com os corações agradecidos , iremos iniciar nosso estudo da noite, dando graças a Deus(t)

Mensagem Introdutória:

LIMITAÇÃO DE FILHOS

O problema da planificação familiar, antes de maiores cogitações, deve merecer dos cônjuges, mais profundas análises e reflexões. Pela forma simplista como alguns o apresentam, a desordenada utilização de métodos anticonceptivos interfere negativamente, na economia moral da própria família. Na situação atual, os pais dotados de recursos econômicos, menos procriam, em considerando as disponibilidades que possuem, enquanto os destituídos de posses aumentam a prole, tornando muito mais complexas e difíceis as engrenagens do mecanismo social. Os filhos são programados na esfera extra-física da vida, tendo-se em vista as injunções crédito-débito, defluentes das reencarnações passadas.

Normalmente, antes do mergulho no corpo carnal, o espírito reencarnante estabelece intercâmbio com os futuros genitores, de cujo concurso necessitam para o cometimento a empreender. Os filhos não chegados pela via normal, não obstante, alcançarão a casa dos sentimentos negados, utilizando-se dos sutis recursos da vida, que reaproximam os afins pelo amor ou pela rebeldia quando separados, para as justas reparações. Chegarão a outros tetos, mas dali sairão atraídos pelas necessidades propelentes ao encontro da família que lhe é própria, nem sempre forrados em objetivos relevantes… Alguém que te chega, perturbando a paz… Outrem que te rouba pertences e sossego… O ser que te sobrecarrega de dissabores… Aquele que de fora desarmoniza a tua família… O vadio que te adentra o lar…

O viciado que corrompe quem te é caro… O aliciador que chega de longe e infelicita o filho ou a filha que amas… Todos eles estão vinculados a ti.

Quiçá houvessem renascido sob o teu teto e as circunstâncias impediriam dramas maiores… O Senhor dispõe de recursos inimagináveis. Confia a ele as tuas dificuldades e entrega-te consciente, devotadamente. Seja qual for a opção que escolhas – ter mais ou menos filhos – os que se encontram na pauta das tuas necessidades chegar-te-ão, hoje ou mais tarde. Sendo possível, acolhe-os da melhor maneira, porquanto, conforme os receberes, ser-te-ão amigos generosos ou rudes adversários dos quais não te libertarás facilmente.

Joanna de Ângelis

Do Livro: Leis Morais da Vida
Psicografia: Divaldo Pereira Franco
Editora: LEAL

Exposição:

<Flávio Mendonça> Queridos amigos, estudantes da Doutrina renovadora, muita Paz ! É com imenso prazer que divido com vocês este momento bonito de aprendizado rumo ao progresso moral e intelectual. Iniciemos os estudos pelo CAPÍTULO IV do Livro dos Espíritos:

DA LEI DE REPRODUÇÃO

POPULAÇÃO DO GLOBO

“NASCER, MORRER, RENASCER, AINDA, E PROGREDIR SEMPRE, TAL É A LEI.”

A Natureza impõe a reprodução aos seres vivos para que os mesmos não se extingam. Trata-se da Lei Da Reprodução. Embora observemos o crescimento constante da população, há na Natureza outra lei para regular o excesso, esta lei trata de equilibrar o sistema de forma a mante-lo constantemente em harmonia. Nós que não temos noção do Todo, imaginamos que pelo aumento populacional, o sistema sofrerá, porém, sendo Deus a perfeição, suas leis também as são.

As diversas raças existentes não perdurarão pela eternidade, mas sim evoluirão, dando lugar a outras. É por isso que extinguindo-se uma, outra lhe toma o lugar. Assim foi com os nossos antepassados, e assim será com a nossa. A raça humana atual, cederá vez a uma outra mais aperfeiçoada que lhe tomara o lugar, da mesma forma que a atual tomou lugar das mais primitivas.

Nos dizem os Espíritos Superiores, respondendo a questão 690 em o Livro dos Espíritos, que a origem da raças “se perde na noite dos tempos”, mas que sendo elas de uma mesma origem, puderam aliar-se e produzir novas raças. Isso sugere que a diversidade de raças encontrou na sua origem a mesma fonte, demonstrando que a raça humana, embora diversificada, é a mesma.

Nos primórdios do desenvolvimento das raças, algumas se sobrepunham a outras pela força bruta em detrimento da força intelectual, atributos das raças primitivas. Porém, pelo desenvolvimento do intelecto, pode o homem sobrepor-se a força bruta de forma que atualmente a inteligência domina a força física. Isso nos faz observar que da época primitiva até aqui, o homem desenvolveu atributos intelectuais, ao mesmo tempo que notamos o seu desenvolvimento psíquico.

Numa rápida análise da história humana ( Presume-se 100 mil anos ), ele desenvolveu, através da experiência vivida, uma grande capacidade intelectiva e psíquica. Tanto que nos primórdios suas ações baseavam-se apenas na força bruta, deixando a capacidade intelectual quase à mingua. No entanto, vemos o progresso que alcançou com a tecnologia dos tempos modernos. Prova que, historicamente, o homem que antes era quase tão primitivo quanto o animal selvagem, evoluiu no sentido de adquirir uma consciência inteligente. O que está completamente coerente com a teoria evolucionista defendida pelo Espiritismo.

Bem, a tirar por amostra, a experiência histórica do desenvolvimento da humanidade, não seria ilógico concluir que os próximos passos estarão diretamente relacionados ao desenvolvimento dos atributos psíquicos. O que estaria mais uma vez coerente com a assertiva doutrinária quando diz que do átomo primitivo ao arcanjo, tudo se encadeia na Natureza.

Na questão 692 do Livro dos Espíritos, nos sugerem os Espíritos que toda ação humana em favor do aperfeiçoamento das raças animais e vegetais está completamente aliado aos propósitos divinos, pois a Natureza tende a perfeição, e favorece-la é servir a Deus. E assim, mesmo que o homem objetive seu próprio benefício, ainda assim contribui com os da Natureza, e seu mérito valerá pelas intenções.

OBSTÁCULOS À REPRODUÇÃO

Todo obstáculo que embaraça a Natureza é contrário à lei geral. Esta afirmativa dos Espíritos na questão 693, nos faz refletir sobre os métodos anticoncepcionais utilizados pela sociedade. Observando bem, veremos o que realmente embaraça a Natureza são as medidas extravagantes, aquelas que se colocam a serviço do egoísmo, do prazer material em detrimento do espiritual. Ou seja, aqueles que se opõem a reprodução apenas pelas paixões. Toda ação com base no equilíbrio, no amor ao próximo encontra na Natureza aceitação, e pode e deve ser praticada. Toda ação humana que constrange o fluxo natural da vida, apenas evidencia a predominância de sua materialidade sobre a seu estado mais espiritualizado.

Desta forma, podemos entender porque nosso mundo ainda expia as tribulações existenciais de forma tão dolorosa. É que não encontrou o homem ainda, a sua expressão maior de espiritualidade. Na medida que ele erra, sofre, e assim aprende pelos caminhos mais longos e mais penosos, a evolução consciencial. Deus na sua infinita misericórdia e justiça permite ao homem os tormentos decorrentes de sua ação contrária a Natureza, a fim de remove-lo ao estado consciente, e também lhe oferece a reencarnação como forma nova de aprendizado, dando-lhe eternas oportunidades de atingir a perfeição moral, cujo o intento lhe proporcionará o plena felicidade.

Nas minhas reflexões pessoais uma intuição me sobressaltou, como um insight, e dele pude concluir este pensamento que passei a tentar por em meu cotidiano. Ei-lo : “A maior ilusão é tentar conter o fluxo, represando seu recursos em cativeiros do egoísmo. A Natureza sempre acha um meio de libertá-los. Viva a Natureza ! “ (t)

Perguntas/Respostas:

[01] <Dourado> “A maior ilusão é tentar conter o fluxo, represando seu recursos em cativeiros do egoísmo. A Natureza sempre acha um meio de libertá-los. Viva a Natureza ! ” Explique para nós. (t)

<Flávio Mendonça> Bem, este pensamento me levou a entender que a existência é uma fluxo, o qual estamos submetidos. É como se toda a lei nos impusesse o progresso. Toda idéia que se tem de erro, pecado, nesta perspectiva, nada mais é do que a ilusão que nosso ego nos impõe devido ao nosso estágio ainda limitado. Por isso, pelo ego, tentamos aprisionar o fluxo, e este, seguindo as leis imperativas do progresso, liberta-os de forma incondicional. (t)

[02]< Rosângela Pertile> Mei, meu querido amigo, o que você acha da ciência interferindo cada vez mais ostensivamente nas leis de reprodução, como clonagem, contracepção, inseminação artificial, entre outros? (t)

<Flávio Mendonça> Tudo que estimula o progresso, seja pelas leis Naturais, seja pela ação inteligente do homem, está completamente associada as leis divinas, pois sendo Deus a perfeição, tudo que se conduz nesse caminho encontra-se a Nele projetado. Na realidade o que está em jogo não é o progresso da Ciência, mas sim a ética utilizada nos meios por ela empregada. Com base no Evangelho de Jesus, tudo que ao próximo fizermos com intuito na Lei do Amor, encontrará na consciência Paz ( t )

[03] (Bito): A pílula do dia seguinte é abortiva???(t)

<Flávio Mendonça> Tudo que impede a vida, constrangendo-a, não encontra respaldo na lei moral propagada pela Doutrina Espírita, e nem nos ensinos do Cristo. Nós espíritas, defendemos o direito a vida. Sendo este método admitido pela Ciência como abortivo, claro que como base em nossos postulados, não o estimulamos. Contudo, não posso lhe assegurar em que estágio ele age na mulher, ou seja, se ele se opõe a reprodução de forma a interrompe-la. (t)

[04] <Dourado> Sabe-se que o aborto mata mais que o “Transito” e a “guerra “juntos”. Logo, precisamos refletir. Mas, quanto aos métodos anticonceptivos, sabe-se também que arrasa com a vida das mulheres, causando males irreparáveis. Que orientação deve ser dada aos espíritas quanto ao uso destas drogas e qual a melhor orientação aos lares espíritas?(t)

<Flávio Mendonça> Bem, aos espíritas e a qualquer pessoa não espírita, mostraria que é fundamental a compreensão de que vivemos em sociedade, e todo ato destrutivo a vida, interfere diretamente no comportamento social. De forma que, a melhor coisa é seguir são as orientações do Cristo no que se refere a amar ao próximo. Somos todos có-responsáveis pelas conseqüências do que fizermos a Mãe Natureza, seja agindo no ser humano, quer seja agindo em todo resto. Todos os males existentes resume-se ao nosso estado ainda materializado, onde o espiritualismo ainda se encontra engatinhando. Sejamos, pois, mais holísticos e mais fraternos ! ( t)

[05] <valuc> Como deve ser encarado o uso da camisinha, já que ela impede a reprodução, mas também evita doenças venerias, principalmente o HIV? (t)

<Flávio Mendonça> Bem, cremos que o uso da camisinha é saudável, além do que, dá ao homem o direito de decidir e planejar sua vida. Tudo isso encontra-se respaldado nos postulados Espíritas. Como disse na minha exposição: O que constrange a Natureza são os excessos, onde a vida não é respeitada. Sempre que algum método se opor ao desenvolvimento da vida, impedindo-a, encontra nas leis morais incoerência. Mas isso só ocorre em função do estado ainda materializado que se encontra a humanidade. Assim que a materialidade não mais predominar, todas as dores nos deixarão. Rumemos a regeneração planetária ! (t)

Oração Final:

<Rosângela Pertile> Senhor Jesus, bom e amado mestre, te agradecemos a oportunidade de estudos desta noite agradecemos à espiritualidade amiga que nos acompanha sempre, agradecemos aos nossos mentores espirituais que nos auxiliaram o entendimento da noite que nós possamos estar aqui na semana que vem, certos do seu apoio e amparo constante e assim, certos da sua presença amiga, da presença de Cairbar Schutel, Gabriel Dellane, patronos deste trabalho, mas sobretudo a presença de Deus, nosso Pai de infinita bondade, que possamos dar por encerrado o estudo da noite de hoje (t)

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior