Tamanho
do Texto

O Programa do Senhor

O Programa do Senhor

Palestra Virtual
Promovida pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
Centro Espírita Léon Denis
http://www.celd.org.br

Palestrante: Oswaldo Cruz
Rio de Janeiro
22/12/2000

Organizadores da palestra:

Moderador: “[HELENA]” (nick: [Moderador]) “Médium digitador”: “jaja” (nick: Oswaldo_Cruz)

Oração Inicial:

<[Moderador]> Obrigada, Senhor, por mais essa oportunidade que nos concede, a chance a estarmos aqui reunidos para, mais uma vez, aprendermos um pouco mais sobre os teus ensinamentos. Que os bons espíritos aqui presentes orientem o nosso amigo Oswaldo em sua tarefa. Fica conosco, Pai, agora e sempre. Que assim seja!

Considerações Iniciais do Palestrante:

<Oswaldo_Cruz> Queridos companheiros, boa noite a todos. Que a paz de Jesus esteja em todos os corações!

Falar sobre o “Programa do Senhor” é falar sobre os maiores objetivos que devemos perseguir em nossas vidas. Pensar sobre o “Programa do Senhor” é refletir sobre a meta maior estabelecida pelo Deus de Amor para nossas vidas, lembrando-nos sempre que os desafios que surgem a cada momento são convites para que paremos e avaliemos nossas trajetórias, são chamados constantes para que busquemos no Evangelho de Jesus as respostas aos nossos anseios maiores como espíritos imortais em busca incessante pela vida plena: o ser integral!

Mas ainda temos muito a fazer e temos a Eternidade. Só que o tempo reclama uma ação e Jesus nos mostra o caminho a seguir. Vamos aproveitar esta noite para refletirmos um pouco mais sobre os rumos de nossas vidas, em consonância com “o chamado” do Cristo. (t)

Perguntas/Respostas:

<[Moderador]> [01] <moz> O que o Oswaldo entende por Programa do Senhor?

<Oswaldo_Cruz> Quando folheamos o Evangelho e encontramos convites como “Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos perseguem e caluniam”, por exemplo, temos a noção clara do que seja um “Programa do Senhor”. Recomendações lastreadas no exemplo pessoal de Jesus que devem servir de diretrizes para nossas vidas. Já se vão dois mil anos de recomendações e o espírito ainda não consegue entender a mensagem do Cristo.

Jesus em nossas vidas representa o renascimento da semente do Reino em nós. Seu “Programa” é a diretriz segura. (t)

<[Moderador]> [02] <moz> Este “Programa” não interfere no livre arbítrio?

<Oswaldo_Cruz> Absolutamente! Na questão 843 de “O Livro dos Espíritos”, vemos que “Pois que tem a liberdade de pensar, tem igualmente a de obrar. Sem o livre-arbítrio, o homem seria máquina”. Se Jesus nos convida ao processo de renovação e confia a cada um de nós a iniciativa do progresso, está respeitado o livre-arbítrio de cada um. (t)

<[Moderador]> [03] <moz> O progresso de um ser se daria fora desse programa?

<Oswaldo_Cruz> Não há outra forma. O ser humano pode até mesmo não conhecer Jesus, mas sem a prática da caridade, da lei de amor em sua mais pura expressão, terá sua caminhada comprometida. (t)

<[Moderador]> [04] <Suplicante> O livre-arbítrio é igual em todas as criaturas?

<Oswaldo_Cruz> Na questão 844 de “O Livro dos Espíritos”, fica claro que “Há vontade de agir, desde que haja vontade de fazê-lo”.

Prossegue Kardec, afirmando que “a liberdade se desenvolve e muda de objeto com o desenvolvimento das faculdades”. (t)

<[Moderador]> [05] <moz> O que vem a ser a caridade?

<Oswaldo_Cruz> “O verdadeiro sentido da palavra caridade, como a entendia Jesus, é a benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas” (“O Livro dos Espíritos, questão 886). Em resumo, a caridade é a prática da lei de amor em sua maior expressão. (t)

<[Moderador]> [06] <Caminheiro> A palavra “Caritas”, em grego – Caridade em português -, significa Amor. Qual a diferença para nós entre se utilizar a palavra Amor e a palavra Caridade? Qual o sentido de uma e outra do ponto de vista da Doutrina dos Espíritos?

<Oswaldo_Cruz> Do ponto de vista da Doutrina Espírita, tem o mesmo significado, já que, segundo Jesus, a caridade não se restringe à esmola, abrange todas as relações em que nos achamos com os nossos semelhantes. ” (…) Amar o próximo é fazer-lhe todo o bem que nos seja possível e que desejáramos nos fosse feito” – O Livro dos Espíritos questão 886. (t)

<[Moderador]> [07] <[HELENA]> Sabemos que o programa proposto por Jesus nos leva a prática do amor incondicional, só que ainda engatinhamos quanto a isso. Quais “ferramentas” poderiam nos auxiliar nesse Programa?

<Oswaldo_Cruz> Uma das grandes formas de alcançarmos essa prática do “amor incondicional”, tão recomendado por Jesus, é o auto-conhecimento. Na questão 919 de “O Livro dos Espíritos”, vemos o “Conhece-te a ti mesmo” como sendo o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal. (t)

<[Moderador]> [08] <[HELENA]> A reforma intima e o “Vigiai e orai” nos auxiliariam nesse processo?

<Oswaldo_Cruz> Sem dúvida, mas observe que, anteriormente à reforma íntima, você precisa conhecer-se. Conhecendo suas limitações, o processo de crescimento do espírito ficará facilitado e mesmo o “Orai e Vigiai” encontrarão melhor ressonância em nossos espíritos. (t)

<[Moderador]> [09] <Caminheiro> O “Programa do Senhor” para todos os espíritos é sempre igual ou há espíritos de alguma forma privilegiados. Por exemplo, espíritos com possibilidades de evolução de forma mais direta e reta que outros?

<Oswaldo_Cruz> As oportunidades são as mesmas para todos. Não existem privilegiados quando falamos de evolução espiritual. Uma vez que as oportunidades são as mesmas para todos os espíritos, as diferenças existirão em função do aproveitamento individual que cada um faça de cada momento de sua vida. (t)

<[Moderador]> [10] <Caminheiro> Os espíritos nos ensinam em “O Livro dos Espíritos” que Jesus é o espírito mais perfeito que já houve reencarnado em nosso mundo. O que dizer de outros espíritos tão evoluídos que por aqui já estiveram, como Buda, Confúcio, Maomé, dentre outros? Eram também Espíritos a serviço do Programa do Senhor para os homens?

<Oswaldo_Cruz> Na questão 625 de “O Livro dos Espíritos”, Jesus é classificado como o “tipo mais perfeito” que Deus tem oferecido ao homem. Kardec prossegue afirmando que “Jesus constitui o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra.” Sem dúvida, outros grandes espíritos trouxeram suas contribuições, reconhecidamente positivas. Mas Jesus é o modelo. (t)

<[Moderador]> [11] <Caminheiro> Como se pode vislumbrar o Programa do Senhor para os homens, ao se deparar com os flagelos por que passa a humanidade, como: guerras no continente africano, perseguições aos Curdos, guerras locais entre judeus e palestinos, perseguições étnicas e tantos problemas sociais?

<Oswaldo_Cruz> Amigo, ainda há muito a fazer. Ao olharmos os problemas humanos, entendemos que o campo de ação para o cumprimento do “Programa do Senhor” é o mundo. O mundo que exige de nós, a cada dia, um sacrifício pessoal para a melhoria da coletividade.

Esse mesmo mundo, se nos mostra guerras e flagelos, também nos apresenta grandes exemplos de dedicação e de amor, de trabalho e fraternidade, de desprendimento e doação pessoal, que renovam em nós a chama do amor do Cristo.

É esse mundo que a cada dia nos mostra o solo a ser trabalhado, que nos oferece o fruto da sementeira e nos possibilita aproveitá-lo. “Nunca o homem precisou tanto de Jesus e o mundo de Evangelho”, afirma Estevão no livro “Isto Vos Mando”. Reflitamos sobre isso e coloquemo-nos em ação no bem. (t)

<[Moderador]> [12] <Caminheiro> Estamos na época do Advento dos cristãos, ou seja, nas vésperas da comemoração do Natal de Jesus. Percebemos muitas vibrações positivas, benevolentes em todos os lugares. Como essas emanações de amor podem ser positivas em nossa prática espiritista do dia-a-dia? Qual a importância do Natal para os Espíritas?

<Oswaldo_Cruz> Natal, renascimento, nascimento, surgimento da chama da vida. O renascer de Jesus em nossos corações deve acontecer a cada momento. Mas o Natal tem ainda o mérito de lembrar-nos de Cristo a cada instante, quando nos dispomos a encontrá-lo. Não deve ser uma data apenas para troca de presentes, mas um momento de encontro de cada um consigo, de avaliação e de olhar para a frente. De caminhar, de renascer.

O Natal deve lembrar-nos o nascimento de Jesus e seus exemplos de vida. Seu Evangelho e sua presença em nossas existências. Mais do que isso, o amor de Deus por nós. (t)

<[Moderador]> [13] <[HELENA]> Para nós, espíritas, essa seria uma prática diária, mas, mesmo assim, tropeçamos muitas vezes nessa caminho. Por isso a nossa necessidade constante de estarmos reunido nas Casas Espíritas. Mas e aquelas que se afastam? Como ajudá-los?

<Oswaldo_Cruz> Orando por eles, estando a seu lado em momentos difíceis, prontos para darmos o abraço amigo na hora certa, exemplificando o que já conseguimos conquistar em nossos espíritos. O tempo propiciará a cada um o amadurecimento e, na hora certa, o companheiro estará de volta ao nosso lado. (t)

Considerações Finais do Palestrante:

<Oswaldo_Cruz> Em qualquer parte do Evangelho, encontramos O Programa do Senhor. “Sede Perfeitos como perfeito é o vosso Pai celestial”, “Amai-vos uns aos outros”, “Ninguém poderá ver o Reino de Deus se não nascer de novo”.

Encontramos ainda, para facilitar nossas vidas, os exemplos, as parábolas: o grão de mostarda, o semeador, etc.

Jesus sobe ao monte: “Bem aventurados os que choram…”, “Bem aventurados os mansos…”, “Bem aventurados os misericordiosos…” “Vós sois o sal da Terra, a luz do mundo…”

Jesus nos convida a um profundo processo de transformação social, começando por nós próprios. Reforma íntima, auto-conhecimento, vivência evangélica… um programa de vida.

“Eu vim para que todos tenham vida!” É Jesus que nos convida: “Segue-me!”

Boa noite a todos e que a paz de Jesus esteja em todos os corações. (t)

Oração Final:

<[Moderador]> Te agradeço, Mestre, pela noite de hoje, pela presença do irmão e amigo Oswaldo entre nós a nos falar do Programa Divino. Que possamos ter absorvido suas palavras e que, além de absorver, que possamos e saibamos pôr em prática no nosso dia-a-dia.

Agradecemos, Mestre, por TUDO que nos oferece: nossos amigos, nossa família, nossa casa. Obrigada pelo sol que nos toca a pele, pelo nosso corpo, pela nossa saúde.

Sabemos que existem muitos que não se encontram tão privilegiados quanto nós. Nos ensina, Senhor, a olhar esses irmãos e ir ao seu encontro.

Mais uma vez, Pai, fica conosco, agora e sempre. Que assim seja!

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior