Tamanho
do Texto

Relações de Simpatia e Antipatia entre os Espíritos. Metades Eternas

Relações de Simpatia e Antipatia entre os Espíritos. Metades Eternas

“O Livro dos Espíritos” – Questões 291 a 303

Estudo Espírita
Promovido pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
Centro Espírita Léon Denis
http://www.celd.org.br

Expositor: Mauro Bueno
São Paulo
03/02/2001

Dirigente do Estudo:

Andréia Azevedo

Oração Inicial:

<Safiri> Tranqüilizando nossos corações, para que possamos receber os ensinamentos da noite com alegria, que possamos aprender mais um pouco nesta noite com a permissão de Deus nosso amado Pai, iniciemos com a Prece. Deus , nosso amado Pai, dai-nos a luz de Seu amor. Faça-nos fortes para juntos abraçarmos com dedicação, amor e paciência, os ensinamentos que nosso Irmão nos trouxe ha 2000 anos. Que possamos ter olhos para ver e ouvidos para ouvir. Faça-nos o instrumento de vossa paz. Permita-nos sempre compartilhar o que há de melhor em nós. Que nossas imperfeições sejam deixadas aos poucos no passado onde apenas nos servirá de lembrança de uma lição antiga. Abraça, nesta noite , todos os presentes, e, em especial nosso querido amigo Mauro Bueno que fará para nós, o estudo dessa noite. Que assim seja!

Exposição:

<MBueno> Queridos amigos, boa noite! Que a Paz do Mestre Jesus esteja em vossos corações. Falaremos hoje sobre as questões de 291 a 303 do Livro dos Espíritos. O que são afeições?
Que coisa é esta que nos faz gostar ou não de alguém, sem sequer trocar uma única palavra? Que coisa é esta que nos faz devotar uma vida inteira de amizade? Que laços são estes?
Que força é esta?

Curiosamente, não sabemos ao certo e não entendemos nem um, nem outro. Mal podemos falar de Deus ou de amor. Sabemos que Deus é a suprema inteligência, mas não encontramos as palavras “Deus é amor” em lugar nenhum do Livro dos Espíritos. Deus, dirão alguns! Amor dirão outros! Mas, sobretudo, a legitimidade dos laços afetivos no plano espiritual é o que mais gostaria de tratar neste instante. Quando despojados de nossos corpos, a comunicação se processa limpa de máscaras. Não podemos esconder sequer nossos pensamentos de espíritos que nos são superiores.

Não escondemos nossas emoções de nenhum outro espírito. Se temos afeição por este ou aquele espírito, ele saberá tão claramente como se vê o semáforo vermelho ou verde em uma rua. Ser sincero é condição perene no plano espiritual. Perene e INESCAPÁVEL Nenhum segredo persiste. Nada de oculto pode restar em sua consciência, que não venha à tona. Se tiver sincera afeição, ela aparecerá como luzes, como fios, como brilho, como algo tangível, visível para os espíritos. Nossos sentimentos estão extremamente à mostra.

Quantos de nós estariam preparados para demonstrar exatamente o que sente por todos ao nosso redor? O que você sente pelo seu chefe, pelo seu vizinho, pelo guarda que te multou, e assim por diante? Como reagimos àquelas pessoas que nos dizem de frente: Não gosto de você? Como reagimos as pessoas que são cruamente sinceras? As respostas destas três últimas perguntas nos levam a uma profunda reflexão: Como nos encontraríamos no mundo espiritual hoje? Muitos de nós, praticamente todos, não está preparado para tanta sinceridade, ela chega a ser sobretudo assustadora.

Quantas vezes reprimimos no interior uma palavra mais brusca, uma demonstração de desafeto? Em espírito ela viria à tona, sem nenhum controle. Como viver sob tão intensa clareza de sentimentos? É, por outro lado, este o motivo de muitas inimizades se desfazerem em espírito. A sinceridade ajuda a aparar definitivamente as arestas existentes. E também não há a comutação dos sentimentos, haja vista não ser possível trair, mentir, ocultar. No plano espiritual somos SIM, SIM, NÃO, NÃO. Somos quentes ou frios. Lá nunca conseguimos salvar as aparências. Estamos prontos?

Reflitam agora, respondam para si mesmos? Estamos prontos para ser absolutamente sinceros e inevitavelmente sinceros? Isto nos remete a outra coisa, mais séria ainda: Reforma Intima com Letras Maiúsculas: Termos de ser absolutamente sinceros conosco mesmo antes, estar preparado para a morte é isto também. É estar pronto para ser um espelho de emoções, boas e más. Estejam prontos. E que seja logo!
Que a Paz do Mestre Jesus esteja em vossos corações

Perguntas/Respostas

[01]<humana> Como uma pessoa sabe se está sendo inútil ou não, se muitas vezes acorda às 5:00h e volta para casa, à 1:00h do dia seguinte, vegetando a favor do capitalismo? Se falamos o que pensamos, “apanhamos” por isso? Só crescemos quando vencemos o orgulho?

<MBueno> Bem humana, temos diversos ângulos a avaliar em sua questão. Esta pessoa ou qualquer pessoa nunca é inútil. Somos todos forçados a crescer. A Lei do Progresso é inescapável. Quanto aos sistemas de governo, ou econômicos, creia-me, todos deverão prestar contas de suas posses, sejam materiais, intelectuais ou morais. Daremos conta de cada ceitil, cada centavo.

[02]<Guest0422273531> Por que as pessoas mentem?

<MBueno> Basicamente para se proteger, proteger alguém, levar vantagem em algo ou ainda, por questões de doença. Mentir, entretanto, é uma coisa a ser evitada ao máximo, pois haverá o momento em que este recurso nos será arrancado.

[03]<Tagore> Quando poderemos saber se as emissões de pensamento ou sentimento de alguém é dela realmente e não de um espírito obsessor?

<MBueno> Bem, podemos separar a sua pergunta como apenas para encarnados, haja vista que não é possível acontecer obsessão no plano espiritual. Não temos como saber se a vibração, ou ainda, se a psicosfera que nos desagrada parte da pessoa ou de suas companhias espirituais. Mas, como diz o ditado popular: Dize-me com quem andas, que te direi se vou junto :c) De uma forma ou de outra, estamos presos aos efeitos que a psicosfera da pessoa causa em nós, e não temos como evitar isto. Eis também o sábio motivo de nosso amado Mestre declarar: Amai os vossos inimigos!

Se pudermos nos desprender desta impressão inicial, o que é difícil, e empenharmos sinceros esforços na intenção de bem querer as pessoas, mesmo estas que nos são desagradáveis, pisaremos em “solo” espiritual bastante desembaraçados de ligações desagradáveis. Mesmo que nosso desafeto nos queira bem, se temos um ranço, uma cisma contra ele, ao chegarmos na pátria do espírito, estaremos completamente à mostra. Em tempo, psicosfera é o conjunto de impressões mentais e emocionais que circundam os seres humanos, bem como os locais que eles freqüentam.

[04]<{reinaldo}> Referente à questão 291, quais seriam os motivos para existirem afeições particulares entre os Espíritos? Estado evolutivo? Conhecimento prévio?

<MBueno> Caro Reinaldo, você mesmo propôs a resposta perfeitamente. Ambas as coisas são exatamente os que geram os laços de afeição e de desagrado. Analisemos separadamente em primeiro lugar: O que você procura em um amigo? Que ele te entenda? Que seja companheiro nas coisas que gosta de fazer? Que perceba como você se sente naquela dada hora e diga as palavras certas para te ajudar? Como classificamos aqueles amigos que contamos nos dedos sem encher uma mão? Que características tem esta pessoa? Eis a maneira como se forma uma amizade nova. As afinidades são tantas, as coincidências são tantas, a legítima vontade de fazer com que o outro esteja bem e assim por diante.

Da mesma forma, porém , infinitamente mais forte, é o sentimento que advém de uma sincera amizade que atravessou vidas a fio. Esta se torna inquebrantável, inseparável, indissolúvel. Estes são sempre da lista de amigos que contamos nos dedos. São sempre os mais preciosos amigos. Do seguinte modo hás de reconhecer se é um ou outro: Empatia imediata, sem dúvidas e convívio onde encontram-se afinidades crescentes. Uma nova amizade, em geral, encontra, cedo ou tarde, diferenças irreconciliáveis, que se debelarão em vidas futuras.

[05]<humana> Por que amamos pessoas impossíveis de estar ao nosso lado?

<MBueno> Eis aí uma clara expressão de prova! Infelizmente, este é um dos assuntos onde a Programação Reencarnatória está atuando frontalmente É muito possível, sem que isto feche todas as possibilidades, que um ou outro tenha causado forte sofrimento no parceiro. A separação serve para demonstrar que tal sofrimento deveria ser evitado. Serve para ensinar a maneira correta de tratarmo-nos uns aos outros. Cada lágrima que fazemos rolar, há de rolar em nossos rostos, a menos que as enxuguemos com a força infinita do amor em tempo. Na próxima vida em conjunto, saldados os débitos mútuos, tais espíritos se encontrarão em condições de expressar mutuamente seu amor.

[06]<humana> Não acredito nisso Sr. Bueno. Acho que Deus nos coloca frente a frente para não haver barreiras no amor, já que ele é eterno. Se nascemos perto de alguém que amamos muito, evita-lo por causa da sociedade é crime.

<MBueno> Infelizmente, confunde-se amor com paixão. Atração sexual é só atração sexual. Amor é algo que não precisa da carne para ser concretizado. Podemos amar um amigo sem ter sexo com ele. Podemos ter sexo com uma pessoa que não amamos. Amor é algo que não precisa da carne para ser concretizado. Podemos amar um amigo sem ter sexo com ele. Podemos ter sexo com uma pessoa que não amamos.

Oração Final:

<Edelweiss> Pensemos em Jesus, ligando nossos pensamentos ao Pai. Pai justo, Pai bom! Te agradecemos a oportunidade que nos concede, de estudarmos a Doutrina Espírita, neste ambiente, que carinhosamente preparas para todos nós. Fortaleça nossos espíritos, ampara-nos o propósito de Te servir. Que a cada dia, possamos nos tornar mais confiantes no Teu amparo. Que o Teu Amor nos indique o caminho a seguir, e que a Tua luz se faça presente em nossos corações. Que seja em Teu nome, em nome dos espíritos amigos que coordenam este trabalho, mas sobretudo em nome de Deus, que possamos finalizar mais esta tarefa do Canal Espiritismo. Que seja assim agora e sempre, Graças a Deus!

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior