Tamanho
do Texto

As Quatro Nobres Verdades – Parte 16

“A Arte de Lidar com a Raiva – O Poder da Paciência”, Dalai Lama, Editora
Campus

É a transcrição de um seminário dado pelo Dalai Lama sobre a
Paciência e como desenvolvê-la com base nos conhecimentos Budistas. Os
comentários do Dalai Lama se baseiam na obra do monge Budista Shantideva
(século VIII)”Guia para o modo de vida de do Bodhisattva”. Este livro de
Shantideva é um clássico da escola Mahayana. Para se ter maior proveito na
leitura é interessante ler primeiro outras obras do Dalai Lama, como, por
exemplo, o “Mundo do Budismo Tibetano”.

“A Doutrina de Buda”, Siddhart Gautama, Ed. Martin Claret

Compilação de textos com os ensinamentos de Buda, inclusive sobre as
“Quatro Nobres Verdades”. É uma referência valiosa no estudo da Doutrina
Budista.

“A Força do Budismo”, Sua Santidade o XIV Dalai Lama e Jean-Claude Carrière,
Ed. Mandarim

Entrevista com o Dalai Lama em que são discutidos diversos
aspectos do Budismo, principalmente com relação a importantes questões do
mundo moderno (a entrevista foi feita em 1994);

“Breve História do Budismo”, Nan Huai-Chin, Ed. Gryphus

História do Budismo desde seu surgimento até os dias
atuais. Excelente trabalho, principalmente considerando-se a dificuldade
existente com a história dos primeiros séculos. A própria concepção filosófica
das escolas de pensamento hindu as levaram a dar pouco valor a biografias e
trabalhos históricos acurados, como ao gosto de gregos e romanos.

“Budismo: Psicologia do Autoconhecimento”, Dr. Georges da Silva & Rita
Homenko

Muito bom trabalho sobre o Budismo, enfocando
principalmente sua psicologia.

“Dhammapada – A Senda da Virtude”, trad. Nissim Cohen, ed. Palas Athena

É uma antologia de ditos ou máximas, que se referem aos
ensinamentos morais de Buda. Os Budistas o consideram um compêndio do
ensinamento essencial deste e o tem em grande estima. Desta maneira é uma das
obras mais populares e conhecidas da literatura budista. A tradução da editora
Palas Athena, do texto em páli (uma das linguas antigas da India, muito
utilizada nos primeiros séculos do Budismo) é enriquecida por notas
explicativas e pela tradução poética, em estrofes muito próximas da forma
original. O Dhammapada é uma leitura obrigatória para que se interesse pelo
estudo do Budismo.

“Liberdade no Exílio: Uma autobiografia do Dalai Lama”, Sua Santidade o XIV
Dalai Lama, Ed. Siciliano

Desnecessário dizer que é a melhor fonte a respeito da vida
do Dalai Lama e de sua visão de mundo.

“Meditação Andando”, Thich Nhat Hanh, Ed. Vozes

Um pequeno guia de meditação, especificamente para
ser praticada caminhando. É um trabalho que vale a pena ser lido, pois ilustra
a aplicação prática das técnicas de meditação Budista.

“O Budismo no Brasil”, Frank Usarki (organizador), Editora Lorosae

É um conjunto de trabalhos acadêmicos que enfocam a história da
divulgação do Budismo no Ocidente e especificamente no Brasil. Descreve as
principais seitas Budistas que tem representantes em nosso país.

“O Caminho da Felicidade”, Sua santidade o XIV Dalai Lama, Ed. Agir

Guia prático a meditação, como é vista pelo Budismo
Tibetano. Como todos os livros do Dalai Lama, altamente recomendável.

“O Despertar do Buda Interior – Sabedoria Tibetana para o Ocidente”, Lama
Surya Das, Ed. Rocco

O autor, um Lama de origem americana, apresenta de forma bastante
clara, e adequada para um publico ocidental, os conceitos básicos do Budismo
Tibetano. É um livro bastante interessante e agradável de se ler.

“O Livro de Ouro do Zen”, David Scott & Tony Doubleday, Ed. Ediouro

É um livro que dá uma visão geral do Budismo Zen, tanto de sua
história como de seus ensinamentos.

“O Monge e o Filósofo, O Budismo Hoje”, Jean-François Revel e Matthieu Ricard,
Ed. Mandarim

Este livro apresenta o diálogo entre um importante filósofo
frânces e seu filho, que se converteu ao Budismo e passou vários anos
estudando junto aos monges Tibetanos, inclusive tendo servido de interprete
para o Dalai Lama em suas visitas a frança. É um livro excelente, pois trata
diretamente das principais questões que se apresentam a um Ocidental quando
este estuda o Budismo.

“O Mundo do Budismo Tibetano – Uma visão geral de sua filosofia e prática”,
Dalai Lama, Ed. Nova Fronteira

Como o título indica, é uma apresentação feita pelo Dalai Lama,
sempre no mesmo padrão de simplicidade e clareza que lhe é característico,
dando uma visão geral do Budismo Tibetano. Desnecessário dizer que é obra
obrigatória para quem se interessar em aprofundar os conhecimentos sobre o
Budismo Tibetano.

“Portões da Prática Budista”, Chagdud Tulku Rinpoche, Rigdzin Editora

Um excelente texto sobre o Budismo, seus conceitos filosóficos e os
pensamentos que são as bases de suas práticas de meditação.

“Transformando a Mente”, Sua santidade o XIV Dalai Lama, Ed. Martins Fontes

Comentários do Dalai Lama sobre uma importante obra Budista
– As oito estrofes sobre a transformação da mente – ao longo dos quais explica
com bastante clareza alguns pontos muito dificeis do pensamento Budista, como
por exemplo a questão da reencarnação e da lei de Causa e Efeito. Foi onde
pela primeira vez consegui entender o que significava o ser sem um “espírito”
eterno (o fluxo de consciência que sobrevive a morte e não se extingue jamais,
pois mesmo depois de atingir o Nirvana continua a ser alguma coisa – para o
Budismo Tibetano o Nirvana não é a extinção no nada, como erroneamente
interpretam os Ocidentais).

– Espiritismo

“Allan Kardec”, Zêus Wantuil e Francisco Thiesen, FEB

Um dos melhores trabalhos biográficos espíritas. Estudo
bastante detalhado da vida do Codificador e de sua obra.

“A Reencarnação”, Gabriel Delanne, trad. Carlos
Imbassahy, FEB

Neste livro, Gabriel Delanne apresenta um estudo detalhado
da reencarnação, abrangendo seus aspectos históricos, sua comprovação
científica e suas conseqüências filosóficas e morais.

“As vidas de Chico Xavier”, Marcel Souto Maior, Ed. Rocco

Uma biografica de Chico Xavier preparada por um jornalista.
Apresenta os principais fatos e em termos gerais dá uma boa visão do que
significa este grande médium para o Espiritismo brasileiro.

“Bezerra de Menezes”, Canuto Abreu, Ed. Feesp

Biografia de Bezerra de Menezes, excelente trabalho escrito
com o objetivo de contruir para a compreensão da história do Espiritismo na
virada do século XIX para o XX.

“Chico Xavier – Mandato de Amor”, União Espírita Mineira

Coletânea de textos sobre a vida de Francisco Cândido Xavier,
principalmente depoimentos de pessoas que conviveram diretamente com ele. O
resultado é uma visão geral de sua biografia e de sua personalidade. Os textos
foram muito bem escolhidos e organizados. Inegavelmente, Chico Xavier,
vivenciou a Doutrina Espírita em toda sua plenitude. O mensageiro que foi a
própria mensagem.

“Considerações sobre as idéias de verdade e
controversias em torno dos ensinos dos Espíritos”, Ademir L. Xavier Junior

Artigo publicado no
Boletim GEAE 367
, de outubro de 1999, discutindo os diversos aspectos do “Critério de
Concordância Universal” proposto por Allan Kardec, como mecanismo de validação
das idéias espíritas e resolução de controvérsias nos ensinos transmitidos
pelos espíritos.

“Cronologia Espírita”, Carlos A. I. Bernardo, GEAE

Uma compilação, disponível na página do
GEAE, dos eventos que marcaram a História
do Espiritismo. Seu objetivo é de servir de ponto inicial para pesquisas mais
elaboradas sobre o tema.

“Deus na Natureza”, Camille Flammarion, FEB

“Destina-se esta obra a representar o estado atual dos
nossos conhecimentos precisos, sobre a Natureza e o homem. A exposição dos
últimos resultados a que atingiu a inteligência humana bo estudo da Criacão é,
ao nosso ver, a verdadeira base sobre a qual se há de fundar doravante toda a
convicção filosófica e religiosa”. Camille Flammarion, introdução.

“Dicionário de Filosofia Espírita”, L. Palhano Jr., Edições Celd

Excelente obra de consulta sobre os termos utilizados pela
Doutrina Espírita.

“Espírito, Perispírito e Alma”, Hernani Guimarão Andrade, Ed. Pensamento

Ensaio sobre as relações entre o corpo espiritual e o
material, onde Hernani apresenta suas idéias sobre o “Modelo Organizador
Biológico”.

“História do Espiritismo”, Arthur Connan Doyle, Ed. Pensamento

É ainda hoje um dos melhores documentos sobre o inicio do
Moderno Espiritualismo e do Espiritismo. Naturalmente – devido ao Autor estar
diretamente ligado ao espiritualismo moderno – pouco se estende sobre o
Espiritismo propriamente dito.

“Mediunidade e Sintonia”, Emmanuel, Francisco Cândido Xavier, Ed. Cultura
Espírita União

Um pequeno livro de Emmanuel que traz observações e anotações em
torno da Mediunidade e da Sintonia. Extraordinário em sua simplicidade e
profundidade das observações.

“No Invisivel”, Léon Denis, FEB

Como todas as obras de Léon Denis um trabalho magistral de
apresentação da Doutrina Espírita.

“O Consolador”, Emmanuel, médium Francisco Cândido Xavier, FEB

Ampla discussão de temas doutrinários, por meio de
perguntas, ao espírito Emmanuel. Através das diversas questões, cobre temas
científicos, filosóficos e religiosos, destacando o papel do Espiritismo como
Consolador prometido por Jesus.

“O Espiritismo é uma religião ?”, Allan Kardec,
Boletim GEAE número 277

O texto “O Espiritismo é uma Religião ?” corresponde ao
discurso de abertura da sessão anual comemorativa do “Dia dos Mortos” na
Sociedade de Paris, realizada em 1.o de Novembro de 1868. O discurso foi
transcrito da “Revista Espírita” de dezembro de 1868, tradução de Julio Abreu
Filho, da coleção das obras completas de Allan Kardec publicada pela Editora
Edicel.

Ele nos parece a chave para a compreensão do que Kardec
entendia por “religião”, como encarava o papel desempenhado pelas “religiões”,
a sua visão da doutrina Espirita dentro deste contexto e porque preferia nao
apresentar o Espiritismo como uma religião.

Kardec nao rejeitava a religião, nem o sentimento religioso
– pelo contrario – nao tibutea em aplicar essa designação ao Espiritismo,
inclusive usando para enfatizar sua posição a expressão “e nós nos
glorificamos por isto”, quando entendida no seu sentido filosofico. É
principalmente para evitar equivocos com o uso vulgar – na sua inseparavel
associação a culto e a forma – que ele não utiliza a palavra e se restringe a
designa-lo como doutrina filosofica e moral.

“O Livro dos Espíritos”, Allan Kardec, tradução de Sandra Keppler, Editora
Mundo Maior

Tradução recente, e bem feita, da obra básica da Doutrina
Espírita. Apresenta a vantagem de atualizar a gramática e o vocabulário usado
no texto em português para a tradução das idéias expressas no original
Francês, tornando a leitura mais agradável e acessivel. A atualização do texto
português fugiu da tentação de modificar termos tornados já clássicos na
literatura espírita e onde necessário acrescentou notas explicativas. Uma
única observação, sem maiores implicações, é que no prefácio da obra, a
tradutora optou pela variante “Denisard Hypolite Leon Rivail” para o nome de
Kardec, baseando-se na interpretação do nome grafado no seu registro civil
(certidão de nascimento), enquanto que “Hippolyte Léon Denizard Rivail” é o
que consta da certidão de casamento e era o que Kardec usava nos seus
trabalhos pedagógicos.

“O Problema do Ser, do Destino, e da Dor”, Léon Denis, FEB

Obra prima de Léon Denis em que a Doutrina Espírita é
apresentada e estudada a fundo.

“Obras completas de Allan Kardec”, Allan Kardec, Ed. Edicel

Nas obras de Kardec se encontram as bases da Doutrina
Espírita. Desde os livros básicos até a Revista Espírita, que dirigiu durante
vários anos, são leitura obrigatória para quem queira entender realmente o
Espiritismo.

“Os Animais tem Alma ?”, Ernesto Bozzano, trad. Dr. Francisco Klörs Werneck,
Editora Eco

Neste trabalho, Ernesto Bozzano, análisa os fatos que
comprovam a existência da alma nos animais, sua sobrevivência após a morte e
sua relação com a lei de progresso através da reencarnação.

“Pérolas no Fio”, Yogashririshinam, médium Elzio Ferreira de Souza, Círculo
Espírita da Oração

Este excelente trabalho mediunico é complementado por um
valioso conjunto de notas explicativas. As notas abrangem diversos problemas
da filosofia hindu vistos sob a ótica espírita e são valiosos para o estudioso
que deseje compreender melhor o tema.

“Plenitude”, Joanna de Ângelis, médium Divaldo Pereira Franco, Ed.
LEAL

Extensa análise do problema do sofrimento, sua existência, suas
causas e forma de eliminação, apresentando a proposta Espírita para sua
solução. O livro utiliza a filosofia Budista como ferramenta de apoio na
apresentação e discussão do problema, sendo um excelente exemplo da cooperação
que pode ser atingida pelas duas filosofias.

 

Série de livros de André Luiz (médium Francisco Cândido Xavier, alguns em
parceria com o médium Waldo Vieira) editados pela FEB: Nosso Lar, Os
Mensageiros, Missionários da Luz, Obreiros da Vida Eterna, No Mundo Maior,
Agenda Cristã, Libertação, Entre a Terra e o Céu, Nos Domínios da Mediunidade,
Ação e Reação, Evolução em Dois Mundos, Mecanismos da Mediunidade, Conduta
Espírita, Sexo e Destino, Desobsessão, E a Vida Continua .

Sequência de livros onde André Luiz narra sua experiência como
espírito desencarnado e os estudos que realiza no plano espiritual. É uma
série obrigatória para qualquer estudioso que deseje conhecer a Doutrina
Espírita em todos os seus desdobramentos.

– Outros

“Espiritualidad Hinduista”, Daniel Acharuparambil, série “Biblioteca de
Autores Cristianos”, La Editorial Catolica

Estudo bastante detalhado do pensamento Hindu, de sua
filosofia aplicada aos problemas do espírito. O autor trata do Hinduísmo nas
suas diversas correntes de pensamento, do Hinduismo popular e dedica também um
capítulo a Gandhi. Não chega a tratar do Budismo, mas como este tem suas
raizes na civilização hindu, muitas das questões tratadas ajudam a entender
melhor o fundo sobre o qual esta doutrina nasceu e se desenvolveu.

“Filosofias da India”, Heinrich Zimmer, Ed. Palas Athena

Um dos livros clássicos sobre as filosofias da India.
Permite entender o pano de fundo a partir do qual o Budismo surgiu e o porque
de algumas de suas características.

“India, A History”, John Keay, Ed. Harper Collins

Visão geral da história da India, desde as origens da
civilização do vale do Indu aos nossos dias. Permite ver o panorama geral em
que o Budismo nasceu e os impactos das invasões estrangeiras a partir do Islã.

“La Filosofia de los hindues”, Helmuth von Glasenapp, Ed. Barral

Outro livro clássico a respeito da filosofia hindu. Da
mesma forma que o de Heinrich Zimmer permite entender qual eram as correntes
de pensamento na época de Buda e nos séculos iniciais do Budismo.

“Maomé e Carlos Magno”, Henri Pirenne, Ed. Asa

Um dos melhores trabalhos que já li sobre o início da Idade
Média. Analisa detalhadamente como o mundo ocidental passou do período final
do Império Romano ao quase desaparecimento da civilização no começo do período
medieval. Das invasões barbaras a expansão do Islã, mostra claramente que o
maior impacto foi o fechamento do mediterrâneo ao Ocidente – cortanto a
comunicação com o Oriente – e o isolamento dos povos europeus.

“Milênio, uma história de nossos últimos mil anos”, Felipe Fernández-Armesto,
Ed. Record

Estudo histórico sobre o último milênio. Apresenta uma
visão global da história e das transformações por que passou a humanidade
nestes últimos mil anos. Bastante interessante por mostrar a mudança nas
relações entre o Ocidente e o Oriente neste período, principalmente desfazendo
alguns enganos que ocorrem quando se estuda a história de um ponto de vista
unilateral (como por exemplo, nas histórias da expansão do Ocidente na idade
moderna e contemporânea). Também dá uma boa visão do contexto histórico
recente das regiões Budistas.

“Mohandas K. Gandhi: Autobiografia”, Mohandas K.
Gandhi, Ed. Palas Athena

Nesta obra Gandhi explica o desenvolvimento de suas idéias
a respeito da não-violência e de sua busca pela verdade. Muito mais que uma
autobiografia no sentido clássico, é uma apresentação de seu pensamento e
ideais. É uma obra que não deve se deixar de ler.

“The Origin of Species”, Charles Darwin, The Modern Library (New York)

Obra em que Charles Darwin apresenta a teoria da evolução
das espécies pela seleção natural.

– Artigos sobre Filosofias do Oriente publicados no GEAE

  • Bhagavad Gita, Carlos Iglesia,
    Boletim 103;
  • Lei de Causa e Efeito segundo o ensino Budista, Claude Huss,
    Boletim 116
    ;
  • Sobre Budismo, Claude Huss,
    Boletim 120;
  • Sobre Budismo, Claude Huss,
    Boletim 122;
  • Sobre Budismo, Claude Huss,
    Boletim 124;
  • Sobre o Karma, Claude Huss,
    Boletim 179;
  • Papel de Jesus fora do Ocidente, autores diversos,
    Boletim 355;
  • Filosofia Indiana e Filsofia Espírita, Elzio Ferreira de Souza,
    Boletim 394;
  • A Civilização Hindu e o Espírito de Tolerância, Carlos Iglesia,
    Boletim 398;
  • Budismo (site sobre Budismo), Henrique,
    Boletim 402;
  • Meditação, uma Disciplina Espiritual, XIV Dalai Lama,
    Boletim 409;

(Publicado no Boletim GEAE Número 445 de 30 de outubro de 2002)

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior