Tamanho
do Texto

Cleópatra e a Beleza

No nosso cotidiano observamos que a maioria das pessoas, principalmente mulheres, utiliza maquiagem com cremes, óleos, pinturas, aplicando tatuagens, modelando e colorindo cabelos, isto é, tudo em nome de uma aparência mais delicada e também no sentido de cuidar da pele contra os efeitos ambientais que possam prejudicar a saúde. Isto é milenar e faz parte da historia da nossa origem.

                Estudo mais aprofundado nos dá conta de que a maquiagem pesada usada por egípcios na antiguidade, como a famosa rainha Cleópatra, pode ter tido uma finalidade medicinal, e não apenas estética, de acordo com um estudo do Centro Nacional para Pesquisa Científica da França (CNRS). Os pesquisadores analisaram amostras de cosméticos encontrados em tumbas egípcias e seguiram receitas antigas contidas em relatos de autores greco-romanos e descobriram que eram usados sais que levavam à produção de óxido nítrico – uma substância que estimula o sistema imunológico para combater infecções oculares.

                Os sais incluíam chumbo, que faz mal à saúde, mas os cientistas do CNRS e do Museu do Louvre descobriram que em doses muito baixas ele pode ter um efeito benéfico. O chefe da equipe de pesquisa, Philippe Walter, disse: “nós sabíamos que os antigos gregos e romanos também tinham percebido que a maquiagem tinha propriedades medicinais, mas queríamos determinar exatamente como funcionava”.

               Os pesquisadores usaram um minúsculo eletrodo, mais fino do que um fio de cabelo, para examinar os efeitos do sal de cloreto de chumbo sintetizado pelos egípcios – laurionita – em uma única célula. Em artigo na revista “Analytical Chemistry”, cientistas escreveram: “ao estimular defesas imunológicas não específicas, pode-se argumentar que estes compostos de chumbo eram manufaturados deliberadamente e usados em fórmulas egípcias antigas para prevenir e tratar de males dos olhos, promovendo a ação das células imunológicas”.

               Temos então que deste os mais remotos tempos existe uma preocupação em tornarmos o corpo mais apresentável e preservar a vitalidade. Parece que temos receio de envelhecer e mostrar que nosso corpo se debilita com o passar dos anos. É perfeitamente admissível que cuidemos do corpo material, pois que moramos nele, já que somos espírito, ou alma como queiram dizer, mas o principal é que essa necessidade que sentimos de torná-lo mais agradável aos nossos olhos e alheios não vire paranoia, pois que todo pensamento que se aglutinar em nosso psiquismo de maneira irreversível afetará o corpo somático, ou corpo perispiritual, e certamente acarretará problemas em vidas futuras, pois somos da crença que o corpo perispiritual serve de base para modelagem do futuro corpo material, e se o agredirmos nesta vida sofreremos consequências futura. Portanto que nos embelezemos nos tatuemos isto sem modificar nosso caráter e sem mutilações, pois poderemos gerar sérios transtornos.

              Não esqueçamos: O corpo material é para esta vida, mas o perispiritual que é cópia seguirá com o Espirito.

Comentários

logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_uniespirito logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior