Tamanho
do Texto

Como o Espiritismo Vê as Outras Religiões

Como o Espiritismo Vê as Outras Religiões

Aqui em Belém por exemplo, existe um padre simplesmente fantástico, um
verdadeiro e autêntico Ministro de Deus que é o Padre Bruno Sechi. Claro que nos
outros Estados também existem padres maravilhosos.

Quem lança dúvidas sobre o trabalho de um Dom Hélder Câmara, um homem de amor
e de muitos outros padres que se dedicam integralmente à evangelização das
pessoas?

Será coerente que continuemos a condenar todos os trabalhadores do
catolicismo só porque há alguns séculos alguns imbecis praticaram atrocidades em
nome do Cristo, representando esta religião na inquisição?

É um absurdo!

Baseados em que Jesus estariam os Espíritas se julgassem condenados todos os
protestantes, só porque ainda não admitem a reencarnação, deixando de reconhecer
a importância para a humanidade de um Pastor Martin Luther King, um Albert
Schweitzer e vários outros que deram e continuam dando ao mundo exemplos de
verdadeira coerência com Jesus?

Aqui em Belém também, como não poderia deixar de ser, existem pastores
protestantes maravilhosos que vivem realmente sintonizados com Jesus:

O Pastor Jerônimo Filho, um líder presbiteriano de Belém, é um homem da mais
alta dignidade, possuidor de uma família equilibrada, que vive em paz com todo
mundo e não é de agredir ninguém.

Existe também aqui no Pará o Pastor Firmino da Anunciação Gouveia, um dos
líderes a Assembléia de Deus a nível Nacional, e vários outros pastores, como um
Hermes Falcão, o Antonio Siqueira e muitos outros que fizeram e continuam
construindo a Assembléia de Deus, com total amor à causa, para falar de Jesus
para tanta gente?

Eles mantém muitos serviços assistenciais de amor ao próximo e precisam ser
respeitados.

O trabalho dos Batistas, em Belém e em várias cidade brasileiras, e de outros
protestantes adventistas, presbiterianos e outros também merecem reconhecimento
de quem tem o mínimo de capacidade de raciocinar.

Apesar de cidades gigantescas, como São Paulo e outras, encontrar-se
proliferadas por mercenários da fé, existe também na capital Paulista e nas
outras cidades, pastores brilhantes que não vêem no dízimo a única razão das
suas existências, como muitos fazem camufladamente.

Seria coerente que o Espiritismo reduzisse a zero todos os méritos deles.

Será que teríamos que condenar esses brilhantes homens só porque não
acreditam na reencarnação, não aceitam a comunicação do mundo encarnado com o
mundo espiritual, acreditam na existência de Satanás e em castigo de Deus?

Em absoluto. Não teria o menor sentido.

Fiquemos com os pontos comuns, que são absoluta maioria, e deixemos os pontos
conflitantes de lado.

Em verdade, esta é a postura do Espiritismo, totalmente coerente com os
Ensinamentos de Jesus: “Não julgueis…”.

Quanto à suposta condenação do Espiritismo pela Bíblia, leia o nosso próximo
boletim.

(Alamar Régis Carvalho – Av. Gentil Bittencourt, 563, Bairro de Nazaré,
Belém, Pará. 66035.340. Fones: (091) 212-5033. FAX 241-7359. BBS 242-2000).

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior