Tamanho
do Texto

Nuances da evolução… Jesus… presente e futuro

Sabemos que a evolução não é linear e que leva um tempo pra se fixar. No entanto, sendo lei universal, está inserida na estrutura íntima de cada Espírito e funciona de forma ininterrupta, o que implica em sempre haver algo no início de um processo transformador, outro ponto estar já mais adiantado e um terceiro já finalizado e abrindo  para novo processo aprimorador.

Essas etapas podem ser observadas nos recursos que cada Espírito possui, no uso de instrumentos e, quando na fase humana, também no modo de pensar, escolher e conviver.

Por não ser linear, contradições sempre existem. Por exemplo, aferrar-se as ideias que sempre teve, é o mais comum nos humanos, embora digam-se modernos e renovados, porque ainda predomina a ilusão de estabilidade e do controle.

Forçar, empurrar, impor, amedrontar pessoas para que pensem e ajam desta ou daquela forma é inócuo, porque quando puderem voltam ao pensamento anterior, seja qual for.  

Assim, todos os passos dados no caminho da igualdade de direitos e deveres, no caminho do respeito às diferenças, às espécies, às culturas, bem como todos os passos no caminho da liberdade de ideias, justiça social, abertura de oportunidades aos que não as tem, sofreram forte oponência. Tanto mais forte quanto maior foi a amplitude e a profundidade da mudança de padrões proposta, ou até mesmo, só vislumbrada. Por quê? Porque no avançar do tempo histórico, a evolução pessoal se adianta nuns pontos e fica atada ao passado em outros. Às vezes, a um passado até cruel.

Quando, por exemplo, privilégios, poder de mando, prestígio pessoal e vantagens pecuniárias,  permanecem na alma de muitos indivíduos, apesar da reencarnação, isso estabelece uma força oculta aos olhos, que empreende uma espécie de alavanca energética, visando arrancar e retirar pessoas e leis novas, para o retorno ao status quo anterior.

Assim,  os primeiros cristãos foram alimento dos leões, no circo romano; a inquisição queimou centenas de médiuns como sendo representantes do demônio; projetos e regimes políticos foram perseguidos  como indígnos, embora defendessem os menos favorecidos; árabes foram mortos, suas esposas e filhas estupradas e bens saqueados, por não serem cristãos; as sufragistas eram anunciadas como mulheres sem dignidade; e uma longa fila de abusos, condenações, sacrifícios e malignidade estiveram e ainda são defendidos, por parte considerável da população da Terra.

Compreender o retorno ao poder, dessas idéias retrógradas? Sim! Mas calar e ser conivente? Afrouxar pelo medo? Achar que Deus quer isso? Defender mérito sem dar oportunidades? Aceitar falsas razões? Pense e analise bem, se lhe convem!

——————————————————–

Jesus deu atenção, conversou e conviveu  com pessoas consideradas ralé social. Ensinou-lhes as magnas lições, parte das quais chegou até nós. Mas quando teve oportunidade de conviver com a elite judaíca, não se furtou e levou-lhes reflexões e as “verdades” que diria a qualquer outro tipo de pessoas. Ou seja, tratava a todos fraternal  e igualitariamente, apontando ser  esse o futuro de nosso planeta!

Mas toda vez que se começa a aproximar, um mínimo, desse objetivo, armam-se as forças contrárias a evolução e vão criando dificuldades e obstáculos, plantando o fel e dando um jeito pra que tudo volte átras. E muitas vezes volta, como está ocorrendo agora, em muitos locais da Terra, inclusive em nosso país.

Para grande parte da humanidade que considera Jesus como um exemplo superior, suas lições de vida são pra serem seguidas. Ou não? Ou são só pra coisas pessoais, excluindo o coletivo?

Jesus mostrou em seus ensinos e parábolas, as consequências naturais das escolhas de cada um, e só condenou com vigor, a hipocrisia.  Por isso, ao menos por cautela, fujamos dela; seja no uso pessoal ou daqueles que a ela tem amor filial…

Evoluir é nosso presente e futuro.

O igualitarismo de Jesus jamais disse que este tem e outro não tem méritos, porque estamos todos em perene evolução. E nunca se isentou de dar apoio, ensinar e amar a quem quer que o aceitou como amigo. Isso é ainda um futuro!

Abra seus olhos, sua sensibilidade e toma firme atitude, pra não cair nos desafios e desvios, no presente! Se quiser, é claro!

Em busca de um ponto de harmonia, equilíbrio e paz

Wil Oliveira

É chegado o momento que necessitamos observar melhor nossa vida, pra ver o que é possível melhorar, utilizando do conhecimento e da lucidez que já adquirimos, durante nossa trajetória evolutiva.

Porém é necessário, em qualquer transformação, que novos pensamentos expandam a nossa percepção, para que consigamos o que estamos querendo ou precisando.

Somos Espíritos em evolução, limitados na inteligência e na experiência, sendo assim, a atitude que tomamos para nós mesmos, é tremendamente poderosa, pois define, constantemente, o nosso amanhã.

Neste tomada de atitude, que nada mais é do que uma mobilização interior com exteriorização de pensamentos e sentimentos, estamos assumindo uma posição diante de determinada situação, de maneira tal que, ou reforçamos o antigo ou o revemos e abrimos para o novo.

Havendo um processo transformador, tão necessário na caminhada evolutiva dos Espíritos, ficam algumas indagações: Como iremos lidar com as emoções e sentimentos, antigos e novos? Criaremos ondas de qual teor fluídico? E os efeitos para o corpo, serão positivos ou não?

A tomada de decisão acontece diante de momentos ou situações analisadas e amadurecidas, que aceitamos como certo ou válido para nós. Nesse momento, não podemos nos deixar ser confundidos sobre o que é o certo e o errado, nem esquecer de observar a sensação, o que a alma está “dizendo”. Pergunte-se: essa sensação é a alma “dizendo” sim ou a alma “dizendo” não? As repostas sempre virão, e você descobrirá que elas estão dentro de você mesmo.

Nesse processo, cada um encontrará um acúmulo, uma série de posturas interiores: a raiva quer fazer isso, a paz quer fazer aquilo, a ignorância te diz isso, a inteligência te diz aquilo, o medo fala para não fazer nada, a coragem, aponta outro caminho…

E qual é a verdadeira sensação interior? O que a alma está mostrando, apesar das ideias na mente?

A tomada de decisão correta para cada um é sentida interiormente, pois é a alma em busca de equilíbrio e harmonia.

Muitas vezes agimos no impulso e não somos corretos conosco mesmos. Nesse momento não damos um passo atrás e não olhamos se naquela situação, aquele pensamento exteriorizado em uma atitude, é o correto para nós…

Nos sentimos bem quando estamos pensando em consonância com o sentimento interior e exteriorizando isso em atitudes; o que proporciona uma série de efeitos bons, dentro de nós, como o estado de harmonia e cura.

A vida nos trás uma única responsabilidade: a tomada de atitudes. Essas atitudes, quando responsáveis e conscientes, trazem uma série de efeitos benéficos para a criatura; parece que algo encaixa dentro de nós e traz um sentimento de paz. Caso contrário, leva a uma série de períodos dolorosos, que ocasionam sofrimento.

O que eu seleciono para mim?  Vou usar esse pensamento e vou tomar essa atitude porque está na moda? Mas eles servem para mim?

O sentimento de bem estar não depende do que temos ou que deixamos de ter, pois depende somente de você estar correto com você.

Para a pessoa que se coloca corretamente (para si mesma) com seu Espírito, não importa nenhuma força negativa, nem que a sociedade queira isso ou aquilo, que pessoas achem certo ou não; pois o ponto interior dela, quando está exato com ela mesma, faz com que todas as coisas funcionam positivamente a seu favor; e assim, consegue realizar o que quer, porque está na postura certa.

É importante lembrar que muitas vezes não fazemos mais porque não sabemos, e não somos culpados por isso, pois ainda temos um tanto de  ignorância, que aos poucos vai se transformar em conhecimentos e experiências.

E por mais que nossa mente se assuste e nos amedronte, mesmo que ela queira puxar para outros caminhos, o convite dessa reflexão é para que você examine e sinta-se. E quando sentir que o pensamento, o sentimento e a atitude estão corretos para você, siga em frente, pois você é um Espírito lúcido e pode buscar esse ponto de harmonia, equilíbrio e paz, quando quiser!

——————————————————————————————————————————-

Que a mudança de calendário, para 2017, acompanhe sua postura firme, em favor de seu equilíbrio e da divulgação de ideias libertadoras, igualitárias e de ajustamento com as leis universais, aprendidas no Espiritismo e nos ensinos de Jesus!

=======================================================

Autora: Cristina Sarraf

Núcleo de Estudos e Iniciativas EspíritasNEIE/CEM

Cristina Sarraf-(011)2092-8137 www.jornaldoneiecem.com.br  jornalcem@yahoo.com.br

logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior