Tamanho
do Texto

O meu filho dormiu como um Anjo

O dia era normal como tantos outros.

Estava escalado nesse dia fazer-se o atendimento ao público. Estamos a falar
das actividades na Associação Cultural Espírita, nas Caldas da Rainha. As
pessoas chegam e têm ao seu dispor um espaço, em privado, onde podem conversar,
trocar ideias, colocar questões sobre espiritismo e inclusive partilhar os seus
problemas pedindo ajuda espiritual para os mesmos.

A jovem senhora vinha com cara sofrida.

Aquando da conversa com ela, pudemos verificar o seu drama ou pelo menos o
seu desespero. Não dormia há vários dias, já tinha perdido a conta. O seu filho,
com meses de idade, gritava quase constantemente, não dormia, provocando um
autêntico pesadelo à vida dos seus pais. Médicos e mais médicos vão consultá-lo
sem que atinem com alguma patologia. O miúdo faz febre sem que haja uma causa
conhecida para a mesma.

A jovem mãe chorava imersa no seu sofrimento, o que era perfeitamente
natural. A situação arrastava-se há já algum tempo.

 

O estudo do espiritismo pode ser uma mais valia para os clínicos, no auxílio
aos seus doentes

 

Naturalmente fizemos uma ficha de pedido de ajuda espiritual, que levaríamos
para a reunião de intercâmbio com o mundo espiritual. Nessas reuniões, privadas,
os médiuns concentram-se dando passividade para que as pessoas necessitadas, já
no mundo espiritual (os chamados espíritos), e que estejam porventura a
perturbar a pessoa necessitada, na Terra, possam ser esclarecidas e auxiliadas.
Acabando o foco de perturbação, restabelece-se a calma junto daquele que sofria
esse tipo de perturbação.

O curioso é que ao fim de duas semanas de tratamento espiritual para o caso,
a distância, sem a presença do necessitado, a jovem mãe veio feliz da vida
comunicar-nos que nessa mesma 4ª feira o seu filho tinha dormido até bem tarde,
dando o ensejo aos pais para que fizessem o mesmo.

É claro que existem outras considerações, de ordem pessoal e privada que não
nos compete expor neste caso em pauta, no entanto ele, vem à semelhança de
muitos outros, que acontecem diariamente, demonstrar a acção do mundo espiritual
junto do plano carnal, para o bem e para o mal, conforme nos ensinam os
espíritos no fantástico manual de filosofia espírita «O Livro dos Espíritos»
de Alan Kardec.

Curiosamente, neste caso em pauta, não poderemos considerar o efeito de
placebo ou a sugestão, já que estamos a lidar com um bebé que nem sabe o que se
passa com ele e muito menos que a sua mãe teria pedido auxílio numa associação
espírita em seu benefício.

 

Os espíritas têm os seus empregos e dedicam-se ao estudo e prática do
espiritismo gratuitamente, nas suas horas livres, não cobrando nem aceitando
donativos em troca.

 

O custo do tratamento? Zeros escudos, já que os espíritas têm os seus
empregos e dedicam-se ao estudo e prática do espiritismo gratuitamente, nas suas
horas livres, não cobrando nem aceitando donativos em troca.

Referimos este assunto, apenas por uma questão de pedagogia, pois é cada vez
mais premente que os médicos da nossa praça comecem a tomar conhecimento com a
doutrina espírita, nas suas vertentes científica, filosófica e ético/moral, para
assim poderem melhor entender o ser humano de um ponto de vista holístico,
entendendo-o como um ser espiritual temporariamente num corpo carnal.

O estudo do espiritismo pode ser uma mais valia para os clínicos, no auxílio
aos seus doentes, numa altura em que a doutrina espírita já é estudada em
universidades, a par de outros filósofos, e num mundo onde já existem
associações de médicos espíritas, das mais variadas especialidades médicas, onde
por exemplo no Brasil congrega cerca de mil médicos espíritas e onde os
hospitais psiquiátricos espíritas conseguem melhores performances do que os
hospitais não espíritas.

Um caso a ponderar na busca eterna pelo saber que nos faz mover em busca da
felicidade.

Para mais informações acerca do espiritismo consultar a página da Associação
de Divulgadores de Espiritismo de Portugal (ADEP) em
www.terravista.pt/bilene/3095
ou a página da Associação Cultural Espírita em
www.terravista.pt/nazare/110

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior