Tamanho
do Texto

Os Textos Originais na Bíblia

Os Textos Originais na Bíblia

1 Sm 28, 3.7.8: … Quanto a Saul, tinha removido do país
os médiuns espíritas
e os prognosticadores
profissionais de eventos… “Procurai-me uma mulher que
seja dona de mediunidade espírita
, e eu irei
ter com ela e a consultarei….” “Por favor, use de adivinhação para mim por meio
da mediunidade espírita e faze-me subir aquele que eu te indicar”.

Essa tradução é a pior de todas, pois em todos os textos há termos claros contra
o Espiritismo, provando claramente a intenção de se fazer isso.

Tanto esta última tradução quanto a anterior são provenientes do protestantismo,
daí se justifica porque eles, mais que os católicos, são contrários às práticas
espíritas. Inclusive é onde o radicalismo impera com maior vigor.

Pastoral

Lv 19,31: Não se dirijam aos necromantes,
nem consultem adivinhos,…

Lv 20,6: Quem recorrer aos necromantes
e adivinhos, para se prostituir com eles,…

Lv 20,27: O homem ou mulher que pratica a necromancia
ou adivinhação, é réu de morte…

Dt 18, 10-11: Não haja em teu meio alguém que queime seu filho ou filha, nem
que faça presságio, pratique astrologia, adivinhação ou magia, nem que pratique
encantamentos, consulte espíritos ou adivinhos,
ou também que invoque os mortos.

Is 8,19: Quando disserem a vocês: “Consultem os
espíritos
e adivinhos, que sussurram e murmuram fórmulas; por acaso,
um povo não deve consultar seus deuses e consultar os mortos em favor dos vivos?”

1 Sm 28, 3.7.8: … De outro lado, Saul tinha expulsado do país os necromantes
e adivinhos. Então Saul disse a seus servos: “Procurem
uma necromante
, para que eu faça uma consulta”.
… “Quero que você me adivinhe o futuro, evocando os mortos. Faça aparecer a
pessoa que eu lhe disser”.

A não ser o “consultar os espíritos” nada de mais grave é colocado, apesar, de
que, como em outras traduções, demonstram ter conhecimento do termo correto que
verdadeiramente deveria ser o empregado.

Paulinas

Lv 19,31: Não vos dirijais aos magos
nem interrogueis os adivinhos,…

Lv 20,6: A pessoa que se dirigir a magos
e adivinhos e fornicar com eles,…

Lv 20,27: O homem ou mulher em que houver espírito
pitônico
ou de adivinho, sejam punidos de morte…

Dt 18, 10-11: Não se ache entre vós quem purifique seu filho ou sua filha,
fazendo-os passar pelo fogo, nem quem consulte adivinhos ou observe sonhos e agouros,
nem quem use malefícios, nem quem seja encantador, nem quem
consulte aos nigromantes
, ou adivinhos, ou
indague dos mortos a verdade.

Is 8,19: E, quando vos disserem: Consultai os magos
e os adivinhos, que murmuram em segredo nos seus encantamentos, (respondei):
Porventura o povo não há de consultar o seu Deus? Há de ir falar com os mortos
acerca dos vivos?

1 Sm 28, 3.7.8: …Saul tinha lançado fora do país
os magos
e adivinhos…. “Buscai-me uma mulher
necromante, e eu irei ter com ela e a consultarei…”
“Adivinha-me pelo espírito de necromante e faze-me aparecer quem eu te disser”.

Essa é a única que não traz nada contra o Espiritismo. A ressalva que fazemos
é apenas em relação à expressão “indague dos mortos a verdade”, pois é totalmente
divergente em relação às outras traduções.

Santuário

Lv 19,31: Não recorrais às evocações
e aos sortilégios:..

Lv 20,6: Se alguém recorrer às invocações
e aos sortilégios, entregando-se a essas
práticas,…

Lv 20,27: O homem ou a mulher que se entregar a
evocação
ou sortilégio será condenado à morte;…

Dt 18, 10-11: Não haja ninguém no meio de ti que faça passar pelo fogo o seu
filho ou a sua filha; ou se dê à pratica de encantamento, ou se entregue à augúrios,
à adivinhação ou à magia, ao feiticismo, ao espiritismo,
aos sortilégios ou à evocação dos mortos.

Is 8,19: Hão de dizer-vos: consultai os espíritos
e os adivinhos que murmuram e segredam. Porventura o povo não deve consultar
os seus deuses e consultar os mortos acerca dos vivos para obter uma revelação
e um testemunho?

1 Sm 28, 3.7.8: … Saul tinha expulsado do país
os feiticeiros
e os adivinhos…. “Buscai-me
uma necromante para que eu a consulte…”
“Predize-me o futuro, evocando um morto, e faze-me aparecer quem eu te designar”.

A correlação ao que presumem ser o Espiritismo é clara, já que, como a maioria
das pessoas, são ignorantes em relação a seus fundamentos e práticas, pressupõem
que seja algo relacionado a evocação dos mortos, daí ser essa a característica predominante
nessa tradução, que também não deixa de citar nominalmente o Espiritismo.

SBB

Lv 19,31: Não vos virareis para os adivinhos
e encantadores; …

Lv 20,6: Quando uma alma se virar para os adivinhadores
e encantadores, para se prostituir após deles, ….

Lv 20,27: Quando pois algum homem ou mulher em si
tiver um espírito de adivinho
, ou for encantador,
certamente morrerão:…

Dt 18, 10-11: Entre ti não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou
a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
nem encantador de encantamentos, nem quem consulte
um espírito adivinhante
, nem mágico, nem
quem consulte os mortos
;

Is 8,19: Quando vos disserem: Consultai os que têm
espíritos familiares
e os adivinhos, que chilreiam e murmuram entre
dentes; – não recorrerá um povo ao seu Deus? a favor dos vivos interrogar-se-ão
os mortos?

1 Sm 28, 3.7.8: … e Saul tinha desterrado os adivinhos
e encantadores… “Buscai-me uma mulher que tenha o
espírito de feiticeira
, para que vá a ela e
a consulte…” “Peço-te que me adivinhes pelo espírito de feiticeira, e me faças
subir a quem eu te disser”.

Poderia passar despercebido se não tivesse o “consulte os mortos”, entretanto,
está, como se diz popularmente, menos pior do que outras. Mais uma tradução protestante,
disso poderá acertadamente concluir, caro leitor, que todas as outras são de origem
católica, exceto a que já dissemos que a tradução foi feita por tradutores dessas
duas correntes religiosas.

Vozes

Lv 19,31: Não recorrais aos médiuns,
nem consulteis os espíritos…

Lv 20,6: Se alguém recorrer aos médiuns
e adivinhos, prostituindo-se com eles,…

Lv 20,27: O homem ou a mulher que se tornar médium
ou adivinho, serão mortos por apedrejamento…

Dt 18, 10-11: Não haja em teu meio quem faça passar pelo fogo o filho ou a
filha, nem quem se dê à adivinhação, nem haja astrólogo nem macumbeiro nem feiticeiro;
nem quem se dê à magia, consulte médiuns,
interrogue espíritos ou evoque os mortos.

Is 8,19: Se vos disserem: “Consultai os necromantes
e os adivinhos que sussurram e murmuram”; acaso não consultará um povo os
seus deuses, os mortos em favor dos vivos?

1 Sm 28, 3.7.8: …Saul tinha eliminado do país
os necromantes
e os adivinhos… “Procurai-me uma mulher
entendida em evocar os mortos
, pois quero ir
a ela e consultá-la”… “Por favor, adivinha para mim por meio da necromancia
e evoca-me aquele que eu te disser!”.

Mais uma tradução direcionada que usa termo próprio dos espíritas, numa evidente
tentativa de relacioná-lo a algo condenável por Deus.

Para que você, caro leitor, possa fazer uma comparação é importante transcrevermos
esses textos citados numa tradução feita diretamente dos textos hebraicos pelo escritor
Severino Celestino. Vejamos:

Livro: Analisando as Traduções Bíblicas

Lv 19,31: Não ireis diante dos
necromantes

nem dos adivinhos. Não procureis vos contaminar com eles…

Lv 20, 6: O ser que vai diante dos necromantes
e dos adivinhos para se prostituir atrás deles eu dou as minas faces
contra esse ser, eu o corto do seio de seu povo.

Lv 20, 27: E o homem ou mulher em que está um necromante
ou um adivinho, será condenado à morte;…

Dt 18,9-11: Não se achará em ti quem faça passar seu filho ou sua filha pelo
fogo, nem adivinhador, nem feiticeiro, nem agoureiro, nem cartomante, nem bruxo,
nem mago, nem quem
consulte o necromante

e o adivinho,
nem quem exija a presença dos “mortos”.

Is 8,19: E se vos disserem consulte ou exija a presença dos antepassados
ou dos patriarcas
e dos adivinhos, cochichadores e balbuciadores. Por acaso
o povo não poderá exigir a presença dos seus deuses? Consultar os mortos a em
favor dos vivos?

Embora todos os tradutores digam que seus textos guardam fidelidade aos textos
originais, percebemos claramente que só se for naquilo que lhes interessam, pois,
como provamos acima, existem passagens que contêm termos que são colocados propositalmente
para atingir uma outra corrente filosófico-religiosa, qual seja o Espiritismo, que,
por questão de ética, não segue o mesmo comportamento utilizado por eles.

Quem sabe que se esses tradutores se esqueceram que os termos médium, espirita,
espiritista e Espiritismo
foram neologismos criados por Kardec em 18 de abril
de 1857, quando da publicação de “O Livro dos Espíritos”, conforme ele mesmo diz
na introdução desse livro. Ora, se encontramos tais termos em trechos bíblicos só
há uma explicação para esse fato: vergonhosa adulteração para combater o Espiritismo,
qualquer pessoa sensata verá isso, comportamento que não esperamos dos fundamentalistas.

Observar que, a bem da verdade, qualquer palavra que fosse usada deveriam estar
relacionada à necromancia, que é a evocação dos mortos para fins de adivinhação,
coisa que nada tem a ver com o Espiritismo, sabem muito bem disso, entretanto no
combate usam de armas sutis, já que dificilmente o crente deixará de acreditar no
que “está escrito” ou na palavra deles, para perceber que a verdade é bem diversa
daquilo que colocam.

Nov/2004.

Referências bibliográficas:

  • SILVA, S.C, Analisando as Traduções Bíblicas. João Pessoa-PB: Idéia, 2001.
  • A Bíblia Anotada. São Paulo: Mundo Cristão, 1994.
  • Bíblia Sagrada. 68ª ed. São Paulo: Ave Maria, 1989.
  • Bíblia Sagrada, Edição Barsa. Rio de Janeiro: Catholic Press, 1965.
  • Bíblia Sagrada, Edição Pastoral. 43ª imp. São Paulo: Paulus, 2001.
  • Bíblia Sagrada, 37a. ed. São Paulo: Paulinas, 1980.
  • Bíblia Sagrada, 5ª ed. Aparecida-SP: Santuário, 1984.
  • Bíblia Sagrada, 8ª ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 1989.
  • Bíblia de Jerusalém, nova edição. São Paulo: Paulus, 2002.
  • Bíblia do Peregrino. São Paulo: Paulus, 2002.
  • Bíblia Sagrada, Sociedade Bíblica do Brasil, Brasília, DF, 1969.
  • Escrituras Sagradas, Tradução do Novo Mundo das. Cesário Lange, SP: STVBT,
    1986.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior