pensamentos deus

Tamanho
do Texto

OS PENSAMENTOS DE DEUS NÃO SÃO OS DOS HOMENS

Geralmente, os seres humanos de todas as épocas e regiões do Globo sempre gostaram de definir Deus. Mas Deus é indefinível. O espiritismo diz simplesmente que Deus é a Inteligência Suprema, pois a diferença entre espírito e matéria é que ele tem inteligência e ela não. E a inteligência do Espírito de Deus é infinita.

  Sim, pois, seus atributos são infinitos ou ilimitados, enquanto que nós somos seres finitos e, pois, de inteligência finita. E a inteligência de Deus é mesmo grandiosa demais, e é, pois, capaz de imaginar e criar coisas que nós seres humanos jamais poderemos imaginar e criar. A criação do Universo é um exemplo disso e lembra o título desta matéria, que é de Isaias com outras palavras, mas de sentido idêntico: “Os meus pensamentos não são os vossos pensamentos” (Isaias 55: 8). 

 O que mais fizeram os teólogos do cristianismo primitivo, os quais pouco ainda entendiam do verdadeiro ensino do excelso Mestre, foi também tentar definir Deus. E é claro que nisso erraram. Valeu a boa fé deles, pelo que os admiramos e elogiamos. Mas seus ensinamentos vingaram porque viraram dogmas que todos os cristãos tinham que aceitar. Entre esses admirados homens de fé, destacamos: são Basílio, são Gregório de Nanzianzo e são Gregório de Nissa, irmão mais novo de são Basílio, todos do Século IV. Destacamos esses, mas há vários outros. Por eles foi criada a complicada Santíssima Trindade que respeitamos. Ela é entendida, mas pouco convincente, pois, Jesus não ensinou o que eles ensinaram. Um indivíduo com máscara apresenta a pessoa da qual é a máscara, mas é uma falsidade. Então, os teólogos concluíram que as três pessoas trinitárias deveriam ser tidas não como máscaras, mas como hipóstases, ou seja, três pessoas de manifestações diferentes. E ensinaram também que Jesus Cristo é da mesma essência ou substância (“homoousios” em grego) do Deus Pai, como prescreve o Concílio de Niceia de 325, e não apenas de natureza ou essência semelhante à de Deus Pai (homoiousios em grego). Já o Espírito Santo ficou mais complicado. Mas houve certo consenso para que ele fosse o Espírito de Deus Pai. São ensinos dos teólogos e não da Bíblia.

 A Trindade Hindu (Trimurte) parece mais razoável, pois compõe-se de Brama (Criador), Visnu (Conservador) e Xiva (Destruidor, mas para renovar). São três deuses, porém, nenhum é o Brâman, o Deus único propriamente dito, que lembra o Pai da Trindade Cristã.

 Dos três pensamentos teológicos que vimos sobre Deus: o espírita, o cristão e o Hindu não são frutos dos pensamentos de Deus. Mas qual estaria mais próximo ou mais distante da verdade sobre o que é mesmo Deus? O leitor é que vai responder, pelo que agradecemos!

 

Autor: Jose Reis Chaves

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior