Tamanho
do Texto

Quando Desencarnam os Animais Voltam a Alma Grupo?

“Há muitas filosofias espiritualistas que ensinam de modo diferente, que as almas dos animais pertencem a um todo, que ao deixar o corpo perde a sua individualidade, penetrando na massa que corresponde ao seu viver. Essa informação é enganosa; o animal não perde a sua individualidade, ele a conserva nos planos que a vida espiritual reserva para todos, sob a guarda de Entidades que trabalham com amor para a evolução de todos, voltando em outros corpos de acordo com as suas necessidades.”Miramez.

1Essa questão da alma grupo é algo muito discutida.

O termo Alma Grupo nunca é claramente definido e não foi utilizado por Kardec, é contudo um termo retirado da Teosofia, ou seja, de um pensamento espiritualista; é estranho dizer que os animais voltariam a ela ao desencarnarem, seria como alegar que são como uma gota de água que quando retorna ao oceano se perde entre tantas outras gotas que o formam.

O que sabemos sobre alma grupo:

Que seriam vários PI (Princípio Inteligente), mas sem Consciência (com C maiúsculo) de si,sem livre arbítrio, sem individualidade, dirigidos por uma outra Inteligência superior à eles, um Mentor, e seria ele quem lhes forneceria os comandos da matéria.Ao desencarnarem retornaria a essa Alma-Grupo, onde perderiam a consciência (com c minúsculo)até nova reencarnação.

Até agora nós conseguimos admitir que a Mônada inicial, ao estagiar nos reinos, comece sua individualização e sua evolução. Ao afirmarmos que determinados animais, já individualizados possuem alma-grupo, estaríamos nos contradizendo e pior, tirando deles sua individualidade , pois a ideia de Alma Grupo não estabelece a Liberdade de ação entre os indivíduos.

Muitos dizem que os peixes possuem alma grupo porque se movem iguais – na mesma direção – mas isso não seria harmonização, instinto de sobrevivência? Assim também não o fazem, muitas vezes, manadas de mamíferos que tentam escapar do predador? Pássaros que parecem bailar no ar?Ou seja, muitos mamíferos que , reconhecidamente, são seres conscientes e sencientes?

Como alegar que peixes são seres inferiores se sabemos através da Ciência que cada indivíduo escolhe (individualmente) o que vai ou não comer. Como e com quem vai ou não acasalar? A Ciência igualmente nos prova que são seres maquiavélicos, ou seja, capazes de planejar um futuro próximo(emboscar, memorizar, etc).Peixes são maquiavélicos

Os animais, mesmos peixes e insetos, possuem cada qual sua individualidade e como seres individuais não podem retornar a um amalgama de almas como é muitas vezes classificada a alma grupo. Alegar que perdem a Consciência (com C maiúsculo)[1] é , por si só, alegar que os animais percam toda uma reencarnação de aprendizado, independente de que espécie for.

Cada espécie que será preparada para uma nova reencarnação fica destinada ao cuidado dos espíritos que por ela irão zelar, são eles que irão preparar seus perispíritos para cada nova espécie onde ocorrerá a reencarnação e os animais necessitarão de suas Consciências e individualidades para colocarem em prática na nova roupagem, tudo o que aprenderam na anterior.

Mesmo os répteis, e eu diria os lacertídios muito citados em artigos e livros por se acreditar serem o início da Glândula Pineal, já são seres individualizados e possuem uma certa Consciência (com C maiúsculo) que interage com o meio ambiente de forma autônoma, do contrário nenhum desses animais necessitaria de instintos .

Não seria então possível colocá-los como seres de alma-grupo (na visão que se possui dela); eles possuem, a grosso modo, uma espécie de livre arbítrio coisa que a alma-grupo não permitiria, afinal se há uma força exterior a eles a guiá-los, estes seriam indivíduos que jamais poderiam “pensar” ou “escolher” sozinhos.

A ciência, e não podemos nos afastar dela jamais, está sempre contrariando algumas colocações que os espíritas fazem sobre os mais diversos temas no que se refira aos animais. Deixamos claro que são os espíritas e não a Doutrina em si.Percebemos que o que falta é mais interpretação e estudo entre o que se aprende sobre o Plano Espiritual e o que se aprende no Plano Material.

Agora, se falarmos em termo de energia, alguns usam o termo Sincício Energético -que é, para alguns considerada a alma grupo das espécies – para a evolução da glândula pineal (a pineal é o órgão por onde o Espírito se expressa na matéria) até poderíamos concordar que há uma alma grupo de forma energética, mas ela igualmente valeria para mamíferos(bandos, matilhas, manadas) pois as energias dessa “Alma-Grupo”, envolveria a todos, minerais, vegetais , animais, hominais.Sim, hominais, nós seres humanos numa mesma energia que seria igualmente coordenada por um Mentor.

Seriam essas energias, energias diferentes que, quando retornassem ao plano astral, retornariam , cada qual, a sua forma de energia – grupo de animais, grupo de insetos, grupo de seres humanos-, ainda assim sem se perderem num amalgama de almas sem individualidade e Consciência (com C maiúsculo).

É lógico determinarmos que a individualização ocorra no momento em que , no reino animal, já haja indivíduos que se organizem sozinhos, mesmo que em bandos, cardumes ou manadas.E sabemos hoje que isso ocorre mesmo entre insetos e peixes.

E estudos científicos deixam claro que mesmo em cardumes, os peixes se reconhecem individualmente: “Pesquisas recentes mostraram que os peixes reconheceram “colegas de cardume” individualmente. Reconhecem, inclusive, prestígio social.”

Ao que prossegue os estudos afirmando:

“Os cientistas também observaram peixes utilizando ferramentas, construindo ninhos complexos e exibindo memórias de longo prazo. […]tiveram “muito tempo” para desenvolver padrões de comportamento complexos, adaptáveis e diversificados tão bons quanto os de outros vertebrados.”

A utilização de ferramentas não é apenas instinto, nem apenas genética,mas é transmissão de uma cultura, algo que não pode ser desperdiçado no desaparecimento de uma individualidade e de uma Consciência (com C maiúsculo).

A edição de Agosto da revista Galileu demonstra que insetos(moscas) são seres individuais com inteligências e determinadas escolhas individuais.esse tipo de individualismo não se encaixa no termo alma grupo nem mesmo depois do desencarne do animal.

Neste link também podemos encontrar mais informações a respeito destes estudos: http://irmaosanimais-conscienciahumana.blogspot.com.br/2012/08/nao-e-mais-possivel-dizer-que-nao.html

Pela parte espiritual, muitos alegam que existam colônias vibratórias para cada espécie animal (que poderiam ser explicada pelo termo Sincício Energético) , mas mesmo assim não poderíamos dizer que a alma-grupo funde todas as almas, pois ainda assim haveria perda de aprendizado.

Alguns estudiosos entre eles Marcel Benedetti e a Dr Irvênia Prada colocam como opção para alma grupo as células do nosso corpo, algumas morrem, outras não, até poderíamos compreender alma grupo deste modo, mas não como geralmente é colocado : INSETOS< PEIXES < RÉPTEIS, etc.;

Estudos recentes mostram que uma mosca, aquela da banana, a Drosophilla, ela possui um determinado grau de Consciência (com C maiúsculo), que lhe propicia um determinado Livre arbítrio, ou seja, se a tomarmos como alma-grupo, ser desprovido de Consciência (com C maiúsculo) individualizada, estaríamos indo contra o progresso científico que nos prova o contrário.

Lembrando sempre que Kardec disse: A Alma é indivisível.

Não é possível compreender a Doutrina de um modo totalmente religioso esquecendo da parte material, pois, se um indivíduo é único, sua alma igualmente já o é. A mosca possui uma alma individualizada e indivisível, assim como os peixes, assim como os cães, assim como os seres humanos, o que muda é apenas o grau de evolução de cada espécie, pois a Lei Divina serve para todos e a alma é indivisível para todos.

Não tentemos dividi-la.

 

Fontes: 

Allan Kardec – Livros dos espíritos
BBC – Peixes são maquiavêlicos : http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2003/09/030901_peixinhog.shtml 
Revista Galileu

Nota; 1- Ao longo do artigo falamos muito em Consciência com C maiúsculo e com c minúsculo, ao leitor que enxerga pode parecer tedioso essa separação constante, no entanto, temos diversos leitores e leitoras que são deficientes visuais e uma entre todas, nos dá suporte para que façamos o Blog do modo mais simples e fácil pra aqueles que utilizam leitores digitais. Aprendemos com ela a nomear as imagens – sabemos que precisamos melhorar, até descrevendo melhor cada uma delas-, a distinguir letras minúsculas de maiúsculas, pois descobrimos que alguns leitores digitais não fazem essa separação, nosso desejo é ser o mais claro possível a todos.

 

Ps.: Os conceitos aqui emitidos não expressam necessariamente a filosofia Feal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus autores.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior