Tamanho
do Texto

A Elegância Faz Parte

Da janela assisto à paisagem e às suas belezas naturais, com o leve transitar da brisa por entre as árvores, movimentando-as num elegante balouçar dançante (num dois pra lá, dois pra cá), transbordando a elegância das folhas sussurrando lindos ritmos musicais.

Na passarela, namorados passam elegantemente abraçados, a passos lentos, sorrisos ao vento.

Na praça, crianças brincando, correndo e ensinando, a nós outros, a elegância da pureza de coração.

Idosos caminhando e contando causos e experiências de outrora, passos elegantemente cadenciados, ensinando-nos sempre sobre a vida.

Diante desses fatos, chega-se à conclusão de que o Brasil tem jeito (e, também, o resto do mundo) e que tudo acontece e caminha para melhor.

É preciso agir com elegância nos momentos de situações de leveza e naqueles que exigem de nós um pouco mais de esforço de compreensão.

É preciso resolver, com elegância, as crises que nos pegam pelo caminho. Pois a elegância faz parte.

A elegância faz parte da maneira como resolvemos os problemas, como transpomos as barreiras e vencemos desafios;

a elegância faz parte de como nos comportamos diante da derrota, no reconhecer e no aplaudir o vencedor, no seguir em frente tirando proveito positivo dos erros;

a elegância faz parte da forma como manifestamos as nossas ideias e reivindicamos os nossos direitos e nos colocamos no cumprimento dos nossos deveres;

a elegância faz parte do exercício da cidadania, não apenas de como votar nas urnas, mas na consciência cidadã das nossas escolhas e do nosso compromisso com a coletividade.

Enfim! Agindo com elegância nas mais diversas situações da vida, estaremos abrindo janelas para um mundo melhor, com paisagem de amor e de paz.

Lembremos do jeito elegante como o mestre Jesus resolvia e pacificava os conflitos:

a maneira como ele se posicionou na resposta em relação aos tributos devidos a César;

a forma como conduziu e resolveu o caso da mulher que lhe apresentaram sob a acusação de adultério;

a libertação de Lázaro para a vida;

a elegância como se comportou perante o sinédrio;

no carregar da cruz;

no pedido de perdão em favor da humanidade que o crucificava pela ignorância que nela ainda imperava;

dentre tantos e tantos exemplos do divino Mestre.

Pensemos nisso!

Pois, a elegância faz parte.

Autor: Yé Gonçalves

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior