Tamanho
do Texto

Elisabeth D’Esperance

Elisabeth D’Esperance

“Nossos entes amados que daqui se alaram,
Por sua perfeição, p’ra as mais altas esferas,
Nos trazem ao coração e aos olhos que os choraram
Palavras de consolo, isentas de quimeras.”
(Longfellow)

A nossa Doutrina, felizmente, tem muita tradição no campo da Seara Mediúnica.
Um nome que sempre chamou minha atenção e que sempre mereceu o meu máximo
respeito foi o da Famosa Médium Inglesa Elisabeth D’Esperance. O seu nome
verdadeiro era Mrs. Hope, mas tornou-se mundialmente conhecida como Elisabeth
D’Esperance. Meus amigos, essa Médium Inglesa nasceu em 1849 e a sua carreira
mediúnica desdobrou-se por mais de trinta anos. As suas maravilhosas atividades
espirituais atravessaram as fronteiras da sua Inglaterra e alcançaram diversos
Países do continente europeu. E. D’Esperance, ainda menina, teve os seus Dons
Mediúnicos Naturais desenvolvidos sob orientação do Eminente Psiquista Mr.
Barkas, na cidade de New Castle. Era, então, uma mocinha, de pouca idade, tímida
e recatada e de excelente formação moral. Entretanto, quando em “semitranse
mediúnico” demonstrava um grau de cultura bem superior aos seus conhecimentos
que eram diminutos. Barkas, nas sessões que realizava com Elisabeth, tinha o
cuidado de preparar uma lista extensa de perguntas que cobriam quase todos os
setores da Ciência e as respostas eram escritas pela Médium, geralmente, em
inglês, mas, por vezes em alemão ou mesmo em latim, línguas estas que não eram
do conhecimento da Médium. Sobre as faculdades mediúnicas de Elisabeth, Barkas
deixou relatório escrito do qual podemos extrair pequeno excerto:

“Além disso, deve admitir-se que ninguém pode ver normalmente e desenhar com
minuciosa precisão em completa obscuridade; que ninguém pode, por meios normais
de visão ler o conteúdo de uma carta fechada no escuro; que ninguém que ignore a
língua alemã possa escrever com rapidez e exatidão longas comunicações em
alemão. Entretanto, todos esses fenômenos foram verificados com essa Médium e
são tão acreditados quanto as ocorrências normais da vida moderna”
. (apud –
Arthur Conan Doyle – “The History of Spiritualism”.)

Com seu trabalho no campo da caridade, com os seus estudos, com o
aprimoramento das suas faculdades, Elisabeth D’Esperance ampliou suas esferas
mediúnicas. Ela via e ouvia os Espíritos, bem como, desdobrava-se, penetrando no
Mundo dos Espíritos. Além do mais, foi uma Excelente Médium de efeitos físicos.
Por seu intermédio, os Espíritos se materializavam, valendo do ectoplasma que se
desprendia do seu conjunto psicossomático. No seu Magnífico Livro – “SHADOW
LAND”, (“Região das Sombras”), Ela mesma relata, com pormenores, os seus Dons
Mediúnicos. Meus amigos, aludido livro, que já lemos diversas vezes, é um
Tratado Científico da Mediunidade, consignando valiosos depoimentos de Eminentes
Cientistas sobre a Veracidade dos Podes Mediúnicos da Médium E. D’Esperance.

Na sessão de 28 de julho de 1890, na presença do Ilustre Pesquisador Russo
Professor Aksakoff e do Professor Butlerof de São Petersburgo, pelas faculdades
mediúnicas desta Médium, materializou-se uma forma feminina, mais alta que a
Médium, que se denominava – Y – AY – Ali -. Sobre esta materialização, porque a
presenciou, assim declarou o Professor Osley:

“Vi muitas formas de Espíritos materializados; mas, a perfeição de simetria
no rosto e a beleza da atitude jamais igualava a deste”. (apud – Arthur Conan
Doyle – “The History of Spiritualism”.)

Meus amigos, Cremos que aludido livro de E. D’Esperance, “No País das
Sombras”, ainda poderá ser encontrado nas livrarias especializadas. Esse
livro é uma fonte eterna de luz, portanto, aconselhamos sua leitura
. O
exemplar que possuo é da segunda edição da FEB, tradução do meu velho e saudoso
Amigo Imbassahy, com dedicatória da minha saudosa Irmã de Ideal Antoninha Perche
S. Campêlo, com data de 4 de maio de 1963. Nesta data, há trinta e sete anos,
fiz uma palestra lá no Centro “Amantes da Pobreza” em Matão e ganhei aludido
livro de presente. Para mim foi o melhor presente que já ganhei em toda minha
vida. Como já lemos alhures: “livro presente de amigo, Livro Espírita presente
de Irmão”.

Meus amigos, Elisabeth D’Esperance, (Mrs. Hope), desencarnou no dia 20 de
julho de 1918, com 69 anos de idade. Passou pela existência terrena, com a
mansidão dos Puros, fez da Bondade o seu título de glória e cumpriu fielmente
sua missão mediúnica. Nunca esmoreceu, apesar, das pedras que lançaram em seu
caminho. Morreu pobre, mas com Educação e Dignidade. Ao encerrar o seu livro –
“SHADOW LAND”, deixa-nos uma mensagem comovedora:

“Agora que afinal encontrei o que buscava durante tão longos anos, anos de
estudos ingratos, misto de raios de sol e tempestades, posso bradar bem alto e
com alegria a todos os que quiserem escutar-me: Encontrei a verdade! Ela será
também a vossa grande recompensa, se a buscardes com perseverança, humildade e
seriedade”
.

(Jornal Verdade e Luz Nº 173 de Junho de 2000)

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior