Tamanho
do Texto

Em Harmonia com o Planeta

A sustentabilidade e os cuidados com o meio ambiente tem sido um tema bastante recorrente na atualidade. Questões que muitas vezes podem parecer uma preocupação de ordem governamental e mais distante de nós, quando na realidade se trata de uma responsabilidade comum, que deve envolver governantes e governados em um mesmo interesse: Viver em harmonia com o planeta.

Preservar os recursos naturais que o planeta oferece é um dever, porque diz respeito à vida na Terra e às gerações atuais e futuras. E este futuro a partir de uma percepção espiritual, ganha um conceito mais abrangente. Explica a Doutrina Espírita que podemos retornar para o mesmo planeta diversas vezes de acordo com as necessidades evolutivas de cada um, como esclarece a questão 172 de O Livro dos Espíritos: “Nossas diferentes existências corpóreas se passam todas na Terra?— Não, mas nos diferentes mundos. As deste globo não são as primeiras nem as últimas, mas as mais materiais e distanciadas da perfeição”. E complementa na questão seguinte: “Pode reviver muitas vezes num mesmo globo, se não estiver bastante adiantada para passar a um mundo superior.”

 

A partir do princípio da imortalidade, a visão sobre a relação com o planeta se amplia, sendo a Terra a grande morada evolutiva dos espíritos por diversas encarnações e como cidadãos desta Casa que acolhe e oferece oportunidades de crescimento, se estabelece uma relação de gratidão com o Planeta e consequentemente de colaboração.

Os simples gestos podem fazer a diferença, beneficiando diretamente a natureza. Neste caminho, a conscientização é o primeiro passo. Atitudes como procurar consumir menos materiais descartáveis, não imprimir arquivos sem necessidade, economizar água e luz no dia a dia, ensinar as crianças sobre a importância desses cuidados, procurar separar o lixo orgânico do reciclado, repensar as necessidades de compra, entre tantos outros hábitos, podem ajudar a preservar os recursos naturais, garantindo a nossa sobrevivência no planeta.

O mundo cada vez mais materialista movido pelo consumo excessivo nos convida o tempo todo a fazer parte deste ciclo, mas se desejamos um planeta melhor hoje e amanhã sem nos sentirmos escravizados ou oprimidos pelo sistema é tempo de repensar necessidades, procurando mudar atitudes de consumo, embora não seja tão simples, significa um caminho necessário para uma  relação de equilíbrio com o planeta.

Erika Silveira

Comentários

logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_uniespirito logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior