Tamanho
do Texto

O poder infinito da prece

O poder infinito da prece

A palavra prece vem do latim precari e significa rogar, pedir com seriedade,
suplicar, implorar. Por definição, a prece implica rogativa de cunho elevado.
Não poderíamos, portanto, utilizá-la visando ao malefício de alguém, visto que
isso já deixaria de ser uma prece. Os espíritos elevados realizam a prece com
muita eficiência. Jesus era visto orando seguidamente, momento em que Ele se
nimbava de luzes fulgurantes…

O dr. Larry Dossey foi chefe da equipe médica do Human Medical City Dallas
(EUA) e autor das obras As Palavras Curam e Reencontro com a Alma. Ele fez um
estudo sobre a prece e chegou a interessantes observações a respeito desse tema.
E concluiu o seguinte:

1 – A prece é não-local – significa que ela não está confinada a um local
específico no espaço e nem a um momento específico no tempo. A prece atinge
distâncias incomensuráveis dentro e fora da nossa realidade existencial (é
interdimensional)…

2 – A prece tem raízes no inconsciente – as energias do inconsciente são
poderosas e quando conseguimos acessá-las em nosso benefício, elas produzirão
efeitos extraordinários. Um espírito educado irá produzir um inconsciente
equilibrado, e este agirá em nosso proveito.

3 – Doença – é o meio pelo qual o organismo se liberta de matéria estranha.
Isso significa que a doença está querendo dizer alguma coisa, trazendo
significados e mensagens do interior para nós. Curam-se os que não exigem a
cura, porque eles oram com confiança e serenidade.

4 – Atitudes – no ato da prece deveremos estar em estado de aceitação
espiritual, gratidão, postura aberta diante da vida, sentimento de amor, perdão,
confiança. Deve-se evitar fazer a prece agressiva e de vigorosa súplica para a
erradicação de doenças, porque isso carreia emoções negativas (ansiedade, etc).
Deve ser serena cheia de paz e fé.

5 – Estado de prece permanente – Isaque, o sírio, dizia que se pode orar
mesmo dormindo: são as preces mais eficientes, porque as coisas do consciente
diário não atrapalham. Ampliando-se a prece para várias vezes ao dia, iremos
transportando-a para o nosso inconsciente até que ela faça parte dele.

O sujeito que tem o hábito de realizar a prece de vez em quando, uma vez por
semana ou então não realizá-la, procure modificar esse hábito. A prece deve ser
cultivada sempre, com naturalidade, várias vezes ao dia. Isso irá orvalhando o
inconsciente de pensamentos saudáveis todos os dias, até que ele suavize, reduza
as suas cargas emocionais negativas e se reestruture sob novas bases, mais
firmes e saudáveis”.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior