Sobre esportes

Tamanho
do Texto

Sobre Esportes

Por Amarílis de Oliveira

 

Você já ouviu falar em Pressão Evolutiva? O quê? Está pensando que é mais uma conversa de espírita?

Xii! Não é não. Você quem faltou nesta aula de biologia. Que azar o seu.

Essa Pressão Evolutiva  anda por aí, desde que o mundo é mundo, vive nos nossos calcanhares, mordendo quando nos desviamos do caminho certo, você só não sabia o nome dela.

É, meu amigo, veja só este exemplo:

Você bebe a famosa cervejinha , passa da conta, aparece a Pressão Evolutiva, que grita: Por aí! Não! Dor de cabeça nele.

Se você insiste, vira alcoólatra, com todas as conseqüências péssimas que isso traz, nem preciso mencionar.

Insiste mais um pouco, você é teimoso, e a Pressão Evolutiva não tem dó. Coitadinho do seu fígado, olha a cirrose aí!

Se o restante do seu corpo não estiver muito estragado, pode ter a chance de um transplante, você vai sofrer  um bocado, e a Pressão Evolutiva não tem dó.

Mas, se acontecer de você morrer, é morte precoce, passa para o lado de lá, e ela fica pior.

E o que isso tem a ver com esportes?

A citação acima foi só um exemplo para você entender como age essa tal de Pressão Evolutiva.

Agora vamos ao assunto do tema: Pense: Esqueleto, aquele famoso conjunto de ossos que sustenta nosso corpo, acaso está colado com cola tudo?

Não! Grita você rindo.

Pois é! Imagine, por exemplo,  a coluna vertebral,  espinhaço, no popular.

Como não sei se você faltou também nesta aula, vamos lá. É constituída de 33 peças ósseas, empoleiradas umas em cima das outras, mas para não bater osso com osso em cada movimento, há entre elas o disco intervertebral, que é fibrocartilaginoso, um maciozinho.

E como não tem cola tudo, o que segura são os músculos.

E adivinhe só o que acontece se você não se movimenta, não faz exercício físico e tudo começa a ficar flácido?

Agora você está esperto. É isso aí!

A Pressão Evolutiva já aparece, aliás, ela nunca se afasta muito de nós. Bobeou, paulada.

E ela começa a gritar: Mexa-se. Mexa-se!  O corpo é uma máquina, e se não se mexer, trava, no caso da coluna vertebral, desmonta.

Você finge que não ouve. E ai começa,  uma dorzinha aqui, outra acolá. Você toma um remedinho para a dor. Mas a flacidez aumenta, não tem remedinho para flacidez, só movimento, movimento.

E essa tal de Pressão Evolutiva, não vai te perdoar, se você não se mexer, olha você todo tortinho, reclamando dia e noite de dores. E isso que você quer? Creio que não.

Meu amigo, ela não aceita desculpas,  presta atenção no que todo mundo está dizendo, mexa-se, mexa-se, mexa-se.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior