suicídio

Tamanho
do Texto

Suicídio: o que dizem os espíritos?

O que leva milhões pessoas no mundo, de diferentes faixas etárias e condição social a cometerem o suicídio ou ainda a tentativa de tirar a própria vida?

E do ponto de vista espiritual o que dizem os espíritos? Como o espiritismo explica essa tragédia e suas consequências para vidas que se perdem e os impactos em suas famílias e amigos?

Cada 40 segundos uma pessoa se suicida no mundo de acordo com relatório da Organização Mundial da Saúde. Dados preocupantes também mostram que o suicídio representa a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, perdendo apenas para acidentes de trânsito.

Provavelmente todos nós conhecemos um caso ou mais de suicidio, seja na família, grupo de amigos ou nos noticiários. Realidade que atinge não apenas os anônimos, mas personalidades famosas rodeadas de fama, dinheiro e poder, que aparentemente não teriam motivos para cometer tal ato.

Para entendermos com mais profundidade esse sentimento de desesperança que envolve tantas pessoas e como prevenir esse tipo de morte, buscamos respostas esclarecedoras sob a visão abrangente do Espiritismo.

 

O que acontece com o suicida na visão espiritual

 

A luz do conhecimento espírita encontramos respostas que podem ajudar muito no esclarecimento de muitos que se encontram em momentos de dor e desespero.

Como explica a questão 944 de O Livro dos Espíritos, o suicídio não é o final do sofrimento para quem está na terra e está longe de ser uma forma de libertação. Engana-se o suicida que imagina que a autodestruição acabará com a dor e a angústia: “Tem o homem o direito de dispor da sua vida? Não, só a Deus assiste esse direito. O suicídio voluntário transforma-se numa transgressão desta lei”.

A Doutrina Espírita esclarece que para todos os nossos atos existe uma consequência dentro dos princípios da Lei de Causa e Efeito. Sendo o suicídio uma transgreção a Lei do Criador.

Nos ensinamentos consoladores do Espiritismo também encontramos o entendimento sobre a imortalidade do espírito e a compreensão sobre o poder de nossas escolhas ao longo do caminho, capaz de dar novos rumos à existência.

Enquanto a incredulidade e as ideias materialistas não trazem esperança para a vida, a fé em Deus como Pai misericordioso e na vida futura traça novos horizontes e permite enxergar a vida em sua plenitude.

 

 “ A calma e a resignação hauridas da maneira de encarar a vida terrestre e da fé no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” (Evangelho Segundo o Espiritismo- Capítulo V – Bem-aventurados os aflitos » O suicídio e a loucura)

 

A proposta espírita nos convida a mudarmos nossos passos inspirados pelo amor e a fé como grandes antídotos contra atos impensados e caminhos equivocados.

 

Deseja saber mais? Acompanhe na programação do 1ª Mês Espírita Mundial um vídeo especial e esclarecedor sobre Suicídio: o que dizem os espíritos?

Confira também na  programação outros temas interessantes do Espiritismo!

Faça a sua inscrição pelo site do evento para receber todas as informações, curiosidades e a programação completa do  1ª Mês Espírita Mundial que será realizado durante todo o mês de abril

Para acompanhar feal.com.br/mes-espirita-mundial

Sugestão de leitura para compreender melhor o tema

Viver é a Melhor Opção – André Trigueiro

https://mundomaior.com.br/viver-e-a-melhor-opcao-andre-trigueiro.html


Acompanhe a palestra da Austrália sobre Suicídio:

 

Unidades Feal

FUNDAÇÃO ESPÍRITA ANDRÉ LUIZ |||

Feal

Você gostou deste conteúdo?

Há décadas a FEAL - Fundação Espírita André Luiz assumiu o compromisso de divulgar conteúdos edificantes voltados ao bem estar dos seres humanos gratuitamente e, com a sua ajuda, sempre será.

Podemos contar com você?
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior