Tamanho
do Texto

Transfusão Energética

Transfusão Energética

Há momentos inesquecíveis em nossas vidas. O mais recente me aconteceu dia 28
de março, às 23h40, quando tive um misto de felicidade e emoção, ao realizar o
grande sonho de ficar frente à frente com Chico Xavier. Já ouvi falar que era
assim, mas só quem experimenta sabe exatamente como é esta transfusão
energética, além de que há sensações que dele emanam que são indescritíveis.

Atendendo ao convite e empenho da amiga Lisle Lucena, que desfruta da sua
amizade, há mais de quinze anos, eu e quatro amigos seguimos para Uberaba. Tive
um privilégio maior, ao hospedar-me com ela na casa de Chico. Assim pude
acompanhar de perto o dia-a-dia de um homem simples, abnegado, e entender porque
é respeitado acima de credo religioso. É gratificante constatar sua conhecida
humildade e capacidade de dedicar uma vida inteira em amar seu próximo. Tanto
que muitos se deslocam de longas distâncias do país em busca de uma simples
palavra ou toque de mão, daquele avatar considerado o mais energético do planeta
na atualidade.

Bastante dócil, Chico exala carisma constante e tem uma receptividade
especial e um gesto de carinho para com as pessoas que dele se aproximam. Seu
olhar singular e marcante reflete muito bem a energia que transborda de sua
alma. Sempre cercado de carinho pelo seu filho Eurípedes, numa relação mútua de
afeto, dispõe ainda de toda uma equipe a postos, que se reveza no trabalho de
sua assistência pessoal e paralelamente na continuidade das tarefas doutrinárias
e assistenciais aos necessitados.

Chico Xavier faz questão de ser sintonizado com os acontecimentos mundiais.
Previu o atentado dos Estados Unidos, acompanha de perto os fatos, tem opinião
formada sobre a clonagem (já enviada para Glória Perez, atendendo sua
solicitação) e outras novidades que despontam no dia-a-dia. Assiste televisão,
principalmente o noticiário. Tive a oportunidade de assistir com ele o Jornal
Nacional e um capítulo da novela O Clone, ao lado da dupla de músicos
brasilienses, Carlos Maurício e Izaltino Júnior, que foi tocar para ele. Na
ocasião, Chico fez referência ao noticiário, lamentou os conflitos anunciados no
Oriente Médio e elogiou a beleza da atriz Giovanna Antonelli, que faz o papel de
Jade.

A seguir, pediu para se recolher, beijou as nossas mãos e Carlos Maurício
disse-lhe “O senhor é muito importante”. Chico respondeu-lhe: “Eu sou muito
pequenino”, repetindo toda demonstração de humildade, tão peculiar em sua
trajetória. É que nem ele mesmo avalia a dimensão da grandeza que move sua vida.
Enfrentou as adversidades, que não foram poucas, resistindo com fé e esperança e
ainda agradecendo a Deus a oportunidade de ser-lhe um fiel servidor. Cada minuto
dedicado à seara do bem, abdicando de tudo para não apenas mostrar, mas viver
intensamente a mensagem do evangelho e nos oferecer seu inigualável exemplo de
paz e amor.

(publicado na edição do dia 7 de abril, do jornal O NORTE e na revista
Tribuna Espírita  de maio/junho/2002).

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior