Tamanho
do Texto

Nem Céu, Nem Inferno – Comunicação do espírito Sanson

Em 31 de janeiro de 1865, Rivail teve uma doença grave que quase o levou à desencarnação. A causa da doença era o excesso de trabalho e a falta de exercício físico. Ele trabalhava cerca de 18 horas por dia e parava apenas rapidamente para comer. Diante disso, as ordens médicas eram para que ele evitasse preocupações, suspendesse os trabalhos assíduos e até para evitar de falar.

Passados alguns meses sem melhora efetiva com os tratamentos médicos, Rivail decidiu fazer um retiro na cidade de Zimmerwald, na Suíça, onde seu amigo, o Sr. Indermühle, possuía uma propriedade.

Nesse período de seis semanas entre os meses de agosto e setembro de 1865, Rivail alternou momentos de descanso e trabalho moderado, como, por exemplo, na visita que fez ao vidente da floresta de Zimmerwald (vide Revista Espírita de outubro e novembro de 1865).

Também durante essa viagem, no dia 4 de setembro, Kardec recebeu uma comunicação assinada pelo espírito Sanson, antigo membro da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas que falecera três anos antes.

Nessa comunicação, Sanson alerta Kardec sobre “um movimento de divisão que claramente está ocorrendo entre os adeptos”, uma “trama que está sendo urdida, aproveitando sua ausência (…) para criar precedentes que sirvam de ponto de partida para uma clara demarcação”. Ainda segundo o espírito, “Alguns intrigantes, outros ambiciosos, formam um grupo unido de encarnados e desencarnados, e reúnem ao seu redor pessoas sinceras, mas cegas por uma hábil exploração de suas pequenas fraquezas que as pessoas gostam de elogiar!”

Essa – diz o espírito Sanson – era a “primeira divisão, primeira luta, primeira purificação dos partidários da doutrina: separação dos espíritas de fato (…) dos espíritas de nome”, sendo necessário alertar “que os falsos irmãos e os hipócritas não são [não seriam] todos afastados para sempre, longe disso!”. Ainda seria necessário “derrubar todas as obras da hipocrisia, cuja imensa rede cerca a verdade e pretende escondê-la completamente”.

Após ler essa mensagem, Kardec escreve no cabeçalho, para sua organização: “Comunicação enviada durante minha estada em Zimmerwald – sobre a Sociedade de Paris e as intrigas que nela estão tramando”. E retorna a Paris algumas semanas depois, para pôr fim à tentativa de golpe e prosseguir seus trabalhos.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior