Tamanho
do Texto

Nem Céu, Nem Inferno – Fotos do exemplar da quarta edição de OCI na BnF

Este exemplar da quarta edição de O Céu e o Inferno, constante do acervo da Biblioteca Nacional da França (BnF), teve seu depósito legal realizado em 19 de julho de 1869, quase quatro meses após a morte do autor Allan Kardec, e contém significativas alterações realizadas no conteúdo sem sua autorização.

Nessa edição, foi removido o importante Prefácio em que  Kardec explica a forma criteriosa de construção da obra no contexto da codificação espírita através do método da universalidade e da concordância.

Foram também substituídos nesta adulteração os conceitos originais da teoria moral espírita, baseada na psicologia espiritualista e na moral da liberdade, por preceitos dogmáticos do fanatismo religioso, como as ideias de culpa e da queda para que os espíritos sofram o castigo divino.

Em se tratando de uma adulteração, que torna anulável o depósito legal, este exemplar deve ser conservado pela BnF apenas em razão de seu valor histórico, a fim de demonstrar para as gerações futuras o primeiro e mais grave desvio já sofrido pelo Espiritismo desde a desencarnação do codificador.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior