Tamanho
do Texto

Nem Céu, Nem Inferno – Modelo de declaração de impressor por Kardec

A publicação dos livros e das revistas espíritas foi fundamental para a divulgação do Espiritismo para o público, e o professor Rivail conhecia os meandros da produção gráfica em seus detalhes, fosse no meio gráfico, editorial ou livreiro. Os dois tipos de documentos legais relativos à publicação de livros na época, a declaração do impressor e o depósito legal, tinham funções diferentes.

A declaração de impressão era entregue ao órgão competente do governo. O funcionário avisava quando o recibo seria entregue, dando autorização à impressão. Depois disso, a gráfica imprimia a obra. Precisava então depositar alguns exemplares da obra ou do periódico, para só depois entregar os exemplares aos editores.

Como demonstra este manuscrito, Kardec conhecia muito bem todo esse processo e orientava os espíritas que estavam criando jornais, revistas e livros espíritas, por meio de modelos e instruções detalhadas.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3
logo_feal radio boa nova logo_mundo_maior_editora tv logo_mundo_maior_filmes logo_amigos logo mundo maior logo Mercalivros logo_maior